domingo, 30 de janeiro de 2011

Ela vai dar conta?

Algumas das muitas obras prometidas por Dilma para 2011, em sua campanha:
O choque de realidade está transformando o governo Dilma numa tartaruga gaga. Tendo preferido equilibrar as contas que desequilibrou e já sofrendo críticas do mercado financeiro porque não consegue dizer claramente, Dilma Rousseff terá que manter em dia o cronograma de realizações de:
Saneamento básico de 25% das cidades brasileiras (Araripina entre elas);
3.288 quadras esportivas em escolas;
1.695 creches;
723 postos de policiamento comunitário;
2.174 Unidades Básicas de Saúde;
125 Unidades de Pronto Atendimento;
Centenas de milhares de moradias;
Entregar pronta parte da Transposição do S. Francisco;
Entregar prontos trechos da transnordestina;
Perguntar não arranca pedaço? Ela vai dar conta?

Sem rumo: Do enrolation para o embromation.

Mas aguarde as manchetes cretinas compradas com o nosso dinheiro: "Primeiro mês de Dilma tem a aprovação de 82% dos brasileiros"

A imprensa não resiste e fecha o primeiro mês do novo governo comparando os estilos da atual governanta com o antecessor. A tentativa é de mostrar o máximo possível de diferenças. O problema é outro: a comparação expõe, muito mais do que a força, a fraqueza da atual presidente. Apelando para as metáforas futebolísticas, o centroavante antigo é logo esquecido se o novo enfia uma penca de gols, já nas primeiras partidas. Dilma Rousseff é muito fraca, em todos os sentidos. Foi orientada pelo marqueteiro João Santana a ficar calada para parecer uma rainha e para ser o oposto de seu criador, na tentativa de moldar uma imagem. A explicação não convence: o silêncio é porque o discurso é chato, confuso na forma e no conteúdo. A verdade é que os primeiros trinta dias passaram e nada de relevante foi feito pela governanta. Saimos do governo do enrolation para o governo do embromation. Até agora esta é a única diferença.

Lei impede Lula de ter carteira assinada no PT e pode nos livrar de pagar mais essa mordomia

A anunciada contratação de Lula para presidente de honra do PT por R$13 mil, com carteira assinada, esbarra no artigo 42 da lei federal 8213/91: aposentado por invalidez que voltar voluntariamente ao trabalho perderá o benefício. Lula ganha R$ 5 mil do INSS por ter perdido o dedo mínimo em suposto acidente de trabalho, aos 39 anos. À letra da lei, deveria ter renunciado à grana ao ser eleito presidente.
De Cláudio Humberto

sábado, 29 de janeiro de 2011

PSDB, por meio de “Neves” e “Estelita”, a caminho de se vender ao PT mais uma vez


Sérgio Estelita Guerra, ou simplesmente Estelita, está na fase de preparativos finais para entregar em bandeja cor de rosa a cabeça da oposição no congresso nacional.
Em Pernambuco, todos sabem, ele sempre fez esse tipo de trambique político. A última vítima foi Jarbas Vasconcelos. Agora poderemos passar a viver a situação mais humilhante da vida política nacional: um governo fraco e umaItálico oposição nula. Tudo em nome do “vamos assaltar a pátria” que o PT protege a gente.
Sérgio Guerra, apoiado pelo traidor de Minas, o novo Silvério dos Reis, Aécio Neves, trama contra a oposição e acelera o processo de venda de deputados e senadores tucanos. O plano é isolar e silenciar José Serra, a única voz nacionalmente respeitada e que pode, a qualquer momento, se posicionar e mudar o curso da história.
O plano de Aécio Neves é eleger Sérgio Guerra mais uma vez presidente do PSDB, para repetirem juntos o que acabaram de fazer em 2010: trair os eleitores que votaram contra o PT e tirar as chances de vitória da oposição.
O PSDB é um partido estranho mesmo. Quando acaba de construir uma liderança inconteste nacionalmente, como fez agora com os 44 milhões de votos obtidos por Serra, trata de destruir esta liderança. Esquecem que o PT só chegou ao poder construindo o nome de Lula em quatro eleições seguidas. Mas Estelita não quer que Serra vença. Ele quer negócio.

Governo pratica uma gigantesca fraude contábil para inflar o superavit primário.

Um grande escândalo. O governo federal que segue nas mãos do PT fraudou as contas públicas para criar um superavit fiscal fantasma, apenas contábil, usando todos os tipos de truques e maquiagem, com a cumplicidade de estatais.

O governo contabilizou como receita uma diferença de R$ 32 bilhões da operação de repasse de reservas do Pré-Sal para a Petrobras e mais R$ 4 bilhões de um depósito judicial da Caixa Econômica Federal. Além disso, o governo também usou artifícios contáveis para aumentar o resultado fiscal que somaram pelo menos outros R$ 17,7 bilhões. Desse total, R$ 8,9 bilhões vieram do recebimento de depósitos judiciais feitos antes de 1998 e R$ 4,7 bilhões foram obtidos com a renegociação das dívidas de contribuintes com a União.

Assim sendo, do superavit anunciado de R$ 78,9 bilhões, o número cai para pouco mais de R$ 20 bilhões, configurando uma gigantesca fraude contábil, que mereceu um alerta oficial do Fundo Monetário Internacional.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Novo 'dilúvio' coloca em risco até os macacos de Petrópolis


Olhe para qualquer lado. De qualquer ângulo. Nada mais anunciado do que um novo 'dilúvio' com qualquer chuva em Petrópolis, RJ. Casa para tudo quanto é morro. Total irresponsabilidade de quem constrói, de quem mora e de quem fecha os olhos estando com o poder de decisão.
Percebe-se que este não é um lugar seguro para certas árvores nascerem nem para qualquer espécie de macaco habitar. Verdade: até para macaco esse morro é perigoso.
Mas quem está morando aí é gente decente. A dúvida é se quem constrói e investe num lugar íngreme desse tem juízo de macaco.

Lei municipal transforma Araripina em município inimigo do desenvolvimento e a favor da falência e do desemprego


Alguns administradores desenvolvem ações, aprovam leis e lutam no Sebrae para conferir à terra governada o título de Município Empreendedor. Em decorrência, o prefeito também recebe o honroso título de "Prefeito Empreendedor".

Para que isto ocorra, invariavelmente são levados a apoiar o surgimento de novas empresas e o crescimento das que já existem. Obrigatoriamente, reduzem taxas e impostos, concedem benefícios, oferecem suporte técnico, colocam o poder público como parceiro, buscam parcerias em outras esferas de governo e no setor de crédito. Assim se cria um ambiente de negócios propício ao desenvolvimento econômico e a geração de empregos e oportunidades.


Araripina rema contra a maré e ataca com Lei burra aqueles que produzem e geram emprego
Esqueça o que foi narrado na abertura da reportagem. Estamos em Araripina. Aqui, o prefeito Lula Sampaio decidiu dar um tiro de misericórdia na sua carreira política e seus aliados (ou adversários camuflados) na câmara nada fizeram para impedir o suicídio político do gestor. Ao que tudo indica, indicaram o caminho da sepultura com sorriso escancarado. Em alguma data a descobrir do último bimestre de 2010, a câmara aprovou Projeto do executivo, e em 29 de dezembro do fatídico ano o prefeito sancionou a Lei "Expulsa Empresário de Araripina", a de número 2.577. Os vereadores, aliados ou adversários, têm todo direito de minar a carreira política de Lula a 'seu próprio pedido', mas têm o dever e a obrigação moral de defender o ambiente de negócios saudáveis que existe em Araripina deste que o município se chamava São Gonçalo. Transformar a capital do gesso em terra arrasada é um crime coletivo que se comete com a aprovação dessa lei absurda. Resta saber se tal projeto foi encaminhado ao poder legislativo sob o manto de uma Convocação Extraordinária. Pela data que o prefeito sancionou, há indicativos neste sentido. Neste caso, teria o prefeito realizado gastos adicionais com a câmara para se reunir extraordinariamente em troca de um presente de grego dessa envergadura em pleno período de natal? Com a palavra, cada um dos vereadores. Tamanho silêncio sobre o caso não se justifica.

Leia a tabela contida na foto acima. Ela retrata a falta de cuidado na elaboração de uma lei e a falta de leitura de quem aprova e de quem assina. É um absurdo jurídico, uma aberração aritmética e uma estupidez política.

O aumento verificado no valor das taxas relativas a Alvará de Funcionamento, conforme tabela , penaliza aqueles que têm negócio de até 1.000 metros quadrados. Os preços parecem ter sido feito por encomenda para agradar e proteger três grandes empresários de Araripina e para arrancar o coro da maioria dos comerciantes e pequenos industriais.

Falta ver a tabela do IPTU para saber ao certo qual o tamanho do coice que virá atrás do tombo.
Somente um tributarista com experiência poderá informar melhor sobre a inconstitucionalidade de uma Lei que estabelece aumento superior a inflação do ano anterior. A CDL, se estiver ao lado dos comerciantes e desatrelada de questões políticas poderá consultar o seu setor jurídico para se contrapor ao abuso cometido em Araripina. Provavelmente encontrará remédio na justiça para combater o mal gerado na política.


EXEMPLO DA ESTUPIDEZ ARITMÉTICA DA TABELA DO ALVARÁ DE FUNCIONAMENTO


Considere que dois estabelecimentos comerciais (um que vende jóias de ouro e outro que vende ração para bode - não importa o produto, segundo a Lei) tenham as seguintes medidas:
a) Loja de Jóias de Ouro - 601 m2
b) Loja de Ração para bode - 600 m2

Valores do Alvará devidos a prefeitura:
a) Loja de jóias de ouro: 396,66 + 60,00 = R$ 456,66
b) Loja de Ração para bode: 540,00 + 60,00 = R$ 600,00

Observem que a Loja de Ouro mede 1 metro quadrado a mais em relação a Loja de Ração para bode e paga R$ 143,34 a menos de Taxa para obter o Alvará de Funcionamento. Pela média aritmética, pagará R$ 0,76 pelo metro quadrado de alvará.
Já o batalhador que vende ração para bode pagará pelo mesmo metro quadrado exatamente 1 Real. Ou seja, 24% a mais pelo metro quadrado se comparado ao milionário que vende jóias.
Diga-se de passagem que ambos estão pagando um absurdo para implantar seus negócios em Araripina. Quanto pagarão de IPTU? Qual o tamanho da injustiça cometida contra o vendedor de rações para bode? Só vendo a tabela do IPTU desta mesma Lei. Pelo visto, a facada será tão grande que o comerciante que trabalha com Bode vai desistir do negócio e passará a viver de agiotagem. A ganância da prefeitura está planejando bater à porta de 21 mil imóveis com uma nova e assombrosa conta de IPTU. Não estamos aqui tratando de outras taxas cobradas pelo município, estado e união. Para não espantar empreendedores, ficamos a dever a lista salgada.
São exemplos hipotéticos, mas que ocorrerão na prática a todos os comerciantes e industriais da nossa cidade, sítios e sede de distritos.
A lei é inconstitucional? Só o jurídico da CDL pode afirmar. (não contem com a câmara de vereadores pois ela foi quem aprovou)
A lei é injusta? totalmente.
A lei é inadequada para a geração de emprego e renda? Completamente.
A lei é pouco inteligente? É não. É burra mesmo.


Uma aberração muito maior, para proteger os milionários da indústria que pegam dinheiro no Banco do Nordeste e penalizar os empreendedores locais que investem do próprio bolso.
Tome-se por exemplo uma Indústria de Tecidos especiais para exportação e um Armazém de couro de Bode.

a) Indústria de Tecidos especiais para exportação: 1.001 m2
b) Armazém de couro de bode: 1.000 m2
Neste caso, a Indústria de tecidos mede 1 metro quadrado a mais se comparada ao armazém de couro de bode.

Preços cobrados pela prefeitura
a) Indústria de Tecidos especiais para exportação: 150,15 + 60,00 = R$ 210,15
b) Armazém de couro de bode: 660,00 + 60,00 = R$ 720,00

Neste caso, a Indústria de tecidos finos para exportação pagará apenas 20 centavos pelo metro quadrado para obter seu alvará de funcionamento. Já o dono do armazém de couro de bode pagará 72 centavos pelo mesmo metro quadrado, na mesma rua da mesma cidade, do mesmo prefeito, do mesmo vereador que gostou e aprovou o valor, para comprar e vender tão somente o fedorento, trabalhoso e pouco lucrativo couro de bode.

Resta uma alternativa ao prefeito, se é que ele não já abriu mão até mesmo de uma UTI política: revogar esta Lei urgentemente e demitir o notável secretário que lhe sugeriu e elaborou essa burrice jurídica e estupidez aritmética. E, se preferir, deve torcer para que Deus lhe aponte algum aliado que leia suas leis e chame-o num canto isolado para dar bons conselhos antes de votar e aprovar qualquer coisa copiada de cidade à beira mar. Pois certamente foi isto o que ocorreu em Araripina. Alguém, sentado numa cadeira de praia, acessou o site de alguma prefeitura do litoral, copiou Lei de lá, mudou o número, o nome da cidade e do prefeito e mandou chumbo no costado dos homens de negócio e seus empregados, colaboradores e fornecedores de Araripina. A câmara de vereadores daqui aprovou, provavelmente sem ler o conteúdo e as tabelas, apenas ouvindo a belíssima mensagem encaminhada pelo executivo, que nada tem a ver com a sua aplicação na prática.

Não se trata aqui de reportagem ofensiva ou desrespeitosa elaborada por quem não votou e por cima combateu o atual prefeito em suas duas últimas tentativas de chagar a prefeitura. Se trata de um alerta bem intencionado de um araripinense que prefere ver sendo aplicada a Lei que criou a Araripart visando estimular o surgimento de negócios empresariais em nossa terra. E, que por cima, já tomou conhecimento de que está proibido de usar sem pagar o próprio muro da sua residência para fazer propaganda de seu negócio. Advertir não é ser adversário simplesmente por ser. Advertir é tentar evitar o pior para o município. Aliás, este deveria ser o papel dos aliados e dos opositores que receberam voto dos eleitores para fiscalizar as ações do poder executivo. Se não o fazem para o bem da coletividade, alguém tem que fazer. Do contrário, Araripina fecha os negócios, fecha as portas e volta a ser São Gonçalo.
Até onde sei, não é esse o desejo de nenhum bom araripinense, seja ele aqui nascido ou aqui chegado.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

DENGUE assusta Araripina. Estamos entre as 24 cidades de maior risco do Brasil.

Araripina entra para um mapa desagradável. Estamos, ao lado de Ouricuri e mais oito cidades pernambucanas entre as 24 cidades do País que mais correm risco de epidemia de dengue. A situação de Pernambuco é alarmante. Das 24 cidades brasileiras com elevado risco de surto da doença, 10 são do nosso Estado. Praticamente 50% do total. Isto demonstra a irresponsabilidade com que o Estado e os municípios vêm tratando a questão. Chegamos a uma situação de quase Deus nos acuda. É provável que as autoridades não saibam o que deve ser feito, ou o que estão fazendo.
O mapa da dengue está no site da Globo. Clique aqui para ver.

Prefeitura cobra taxa por pinturas em parede. Vai conseguir mais junto aos políticos aliados.

A prefeitura de Araripina resolveu arrecadar a qualquer custo. Ofício Circular chegou a ponto comercial da cidade notificando de uma suposta dívida em função de propaganda em muro. Coisa módica.

A ENORME DÍVIDA DE ANA ARRAES
Considerando-se que não estamos em ano eleitoral; considerando-se que é crime não apagar ou retirar propaganda política depois de passado o pleito eleitoral; considerando-se ainda que a Constituição Federal veda tratamento desigual; etc.... Presume-se que, além de comerciantes que não votaram no atual prefeito, estejam sendo devidamente notificados para pagar taxa à prefeitura por propaganda em paredes os políticos aliados do atual gestor, a exemplo de Ana Arraes e Raimundo Pimentel. A soma seria significativa e os custos decorrentes da cobrança administrativa seriam irrisórios, em função do elevado "acumulado' de cada um dos "devedores'.
Com a palavra, a administração municipal, que teve a brilhante ideia. Aliás, é obrigação das autoridades municipais fiscalizar o cumprimento da Lei Eleitoral, tendo em vista que a paisagem preservada é direito de todos e propaganda política causa danos, devendo ser retirada conforme determina a Lei. Com as devidas cobranças de taxas pelo uso de vias públicas. O bom exemplo deve começar pelos de casa.

Me engana que eu gosto

O jogo de cena do aumento do salário mínimo continua. Os pelegos das centrais sindicais estão jogando para a platéia e, sob as ordens de Gilberto Carvalho, executam a estratégia com perfeição. Paulinho do BNDES Sindical e a turma de companheiros sairá da derradeira reunião com ar entristecido e afirmando, para delírio da imprensa amestrada: " tentamos de todas as formas, mas ela é durona demais". A manchete do outro dia será: " Dilma endurece e vence batalha contra as centrais sindicais" .Ainda falta uma mandato inteiro para a próxima eleição. E o eleitor tem a memória tão mínima quanto o seu salário.

Dilma defende a turma do PMDB que trambicou em Furnas

A presidente Dilma Rousseff acertou com o PMDB que o partido indicará o novo presidente de Furnas, empresa do sistema Eletrobras. Além disso, Dilma determinou ao PT que pare de disparar acusações contra peemedebistas por conta de supostas irregularidades na estatal, que no governo Lula teve presidentes do PMDB.

Confissão de petista : ninguém no PT tem moral para impedir volta de Delúbio. Pura verdade.

"Delúbio Soares era o principal interlocutor junto aos demais núcleos da quadrilha. Ele era o homem operacional do esquema, aquele que indicava quem deveria receber o repasse, qual o valor e em que momento." -Sustentação oral de Antônio Fernando de Souza, Procurador Geral da República

Delúbio Soares é o responsável pela eleição, à base de caixa dois, de grande parte do PT. Inclusive do próprio Lula. Depois organizou, junto com José Dirceu e com José Genoino, o mensalão que, também com dinheiro desviado dos cofres públicos, comprava apoios de deputados corruptos. Foi assim que o PT se transformou em uma sofisticada organização criminosa, segundo o Procurador Geral da República grafou no processo que rola, rola e rola no STF. O secretário de Comunicação do PT, André Vargas, declarou para a Folha de São Paulo:

"Como é que nós vamos dizer que ele não pode se filiar? Nenhum de nós(do diretório) tem condição moral ou política de dizer que ele não pode militar no PT."

Nunca alguém do PT fez a avaliação mais correta sobre o mensalão e sobre Delúbio Soares. Ninguém lá dentro tem moral para impedir que um companheiro que tantos serviços prestou ao partido, com provas testemunhais e documentais de formação de quadrilha, corrupção ativa, entre outros crimes, retorne ao seu posto de destaque. Sem dúvida, Delúbio honra o seu partido.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Esse jogo é só um a um?

Eduardo Campos impõe perda de prestígio ao povo e a Araripina

Jarbas ouvia o povo, no Programa Governo nos Municípios, para decidir como investir o dinheiro do Estado. Araripina era uma das sedes do Governo.
Agora leia essa reportagem publicada na imprensa da capital:

"Quando se elegeu governador em 2006, Eduardo Campos dividiu o Estado de Pernambuco em 12 regiões administrativas e em cada uma delas realizou um seminário para ouvir reivindicações e reclamos da população.

O negócio funcionou da seguinte forma: o vice João Lyra Neto abria os encontros e o governador os encerrava. Ao final, o governo tinha em mãos uma radiografia precisa e atualizada do que os líderes políticos desejavam para suas respectivas regiões.

O modelo deu tão certo que será reprisado neste segundo governo a partir do mês de fevereiro.

Em 2007, os seminários se realizaram nas cidades de Floresta, Ouricuri, Salgueiro, Afogados da Ingazeira, Arcoverde e Petrolina (Sertão); Caruaru, Garanhuns e Limoeiro (Agreste), Palmares (Mata Sul), Timbaúba (Mata Norte) e Recife".


Alguém leu aí a palavra Araripina?
Fala grosso, Lula!
Se explica, Raimundo Pimentel!
Usa o parentesco, Ricardo Arraes!

Araripina: 2012 troca alianças com 2014.

Só um breve comentário
Muito se especula sobre a sucessão do prefeito Lula Sampaio. Muitas pedras são atiradas sem direção. Muitos comentários são feitos, extraídos de 'bilhetes' perdidos ou de 'cartas' mal intencionadas. Quase nada levando em cinsideração a conjuntura real.
Vou contar um pequeno e breve exemplo para pontuar:
Atolado em cobranças insistentes e às vezes descabidas de aliados gulosos, Valdeir Batista certa vez se cansou e, no curso do segundo ano de mandato, tentou se livrar do suplício diário começando a dizer para membros do grupo que não fazia questão de ser candidato em 2008. Era prefeito e tinha o direito de ser candidato à reeleição, mas deixava uma porta aberta para outros postulantes. Foi alertado por amigos mais fiéis dos riscos embutidos na 'jogada'. Mas o empresário insistiu em dizer diferente do que pensava e queria. Era o que bastava: o primeiro que pegou pela palavra foi Bringel, que nunca mais parou de sonhar com a volta. Seus seguidores mais fanáticos, então, começaram a comer Valdeir durante o dia e arrotar Bringel durante a noite, vendendo-o como candidato imbatível, enquanto emendavam que Valdeir estava morto na disputa sucessória.
Deu no que deu. Todos lembram, embora poucos saibam os detalhes "mais detalhados".

Agora, o agora
Lula Sampaio antecipou sua sucessão em quase três anos. Primeiro, rachando o grupo (com o vice) ou vendo o grupo rachar - fica valendo a versão de cada um. Em seguida, repetindo Valdeir Batista, ao afirmar para alguns aliados, autorizados a vazar que ele não mais seria candidato, também na tentativa de se livrar de pressões internas e externas.
Por último, Lula Sampaio fez uma jogada de atacante 'português' na eleição da mesa da câmara. Talvez pensando como um pessimista: "eu vou pro buraco mas levo ele (Bringel) junto. Mais uma vez queria se livrar da pressão de aliados e agregados "meio republicanos", que faziam exigências fora do alcance e de propósito. Chutou a gol de fora do campo sem sequer ver a trave. Errou feio. Ou erraram feio, já que se afirma ter sido decisão tomada por dois 'gênios'. Nunca se pode dizer que o dono da caneta está definitivamente atolado. Mas é certo que a eleição da Mesa Diretora da câmara atolou muita gente, por ter colocado na vala comum muitos que se engalfinhavam à luz do dia. Tudo hoje é considerado teatro pela opinião pública.

Uma das primeiras consequências práticas desse 'enlace negado' foi a atitude de Valdeir Batista. Sem mais nem menos, começou a provocar entrevistas para dizer quase nada de novo, apenas que não mais faz parte do grupo de Lula Sampaio ou de grupo algum. Algo que não se sustenta, dado que seus aliados mais expressivos estão com portaria assinada e recebendo gordos salários na prefeitura. É claro que essa turma não abrirá mão desse benefício tão cedo para defender qualquer bandeira que não seja a do Bode. Aliás, o bode vem sendo a única liga que tem mantido junto alguns insaciáveis 'benfeitores'; ou desculpa de cego, como preferir o leitor. Enquanto Lula enxerga o bode de um jeito, seus agregados de plantão enxergam de outro.

A disputa real
Lula já disputou eleição sem dinheiro para trocar o pneu de uma bicicleta. Independente dos adversários e das traições que enfrentar até o prazo fatal de filiação ou troca de partido, deverá ser candidato outra vez. Provavelmente, fará a campanha mais rica da história do município.
Deverá dividir o terreno original de sua última eleição com Valdeir Batista ou seu indicado. Ou seja: o campo governista entrará rachado. Sem contar que Leonardo Farias e Maria Augusta não fazem questão de sair da fila, já que não podemos afirmar que eles se colocam na disputa pela prefeitura ou como desafetos do prefeito. Já conheço o saldo disso, em todas as dimensões.
A oposição, por enquanto, está caminhando numa estrada mais larga e com um só nome. Quem gosta de ouvir as ruas não precisa de pesquisa. Basta puxar assunto para saber que Valmir Filho, lançado por Bringel, é o nome mais lembrado para enfrentar Lula Sampaio. É certo também que Lula Sampaio vai tentar encontrar um nome para dividir a oposição. Dizem que a eleição da câmara foi o primeiro passo. É bom saber que nem sempre um candidato a mais significa muita coisa para o eleitor, quando este está decidido a se posicionar firmemente e passa a detectar ator de teatro com antecedência.
Convém também lembrar que o eleitor de hoje acompanha os lances da política local com câmeras instaladas como se estivesse comandando o BBB. Vendo tudo e julgando sem piedade, fazendo sua própria edição de imagens. Não é por outra razão que alguns políticos encolheram como carne do vazio de bode na brasa ardente. Explicação mais plausível: não existe mais cabo eleitoral idiota que espalha boato só por espalhar. Nem eleitor que vota só por votar. Tudo isso junto e misturado, como diz a modinha.

A câmara
Tem leitor que cobra insistentemente informações sobre a disputa pelas vagas da câmara de vereadores. Pouca coisa a informar. Primeiro, porque ninguém é besta de entrar na fogueira tão cedo. Segundo, porque a maioria que está na fogueira aparenta cara de cinza. Mas nem tudo que parece é, pelo menos na politica. O certo é que duas ou três coligações independentes surgirão para disputar cerca de oito vagas das quinze que deverão compor o legislativo a partir de 2013. Resta saber como ficará o mata-mata entre os atuais vereadores ligados a Lula Sampaio e aqueles que informam ser de oposição.
Mudando de assunto, outra coisa é certa. Dinheiro é bicho que muda de mão. Aparentemente, ele mudou muito de dono em Araripina. É claro que o eleitor não é prostituta para se vender a quem tem mais dinheiro. Mas se houver gente dessa espécie, a fila de quem tem dinheiro para comprar não se restringirá somente a um ou dois interessados. Se é que o eleitor-prostituta ainda decidirá alguma coisa de hoje em diante. Da minha parte, não acredito que homem que compra voto ou apoio sirva para alguma coisa ou mereça algum mandato, muito menos o de prefeito. Mas volto a afirmar: dinheiro é bicho que muda de mão. Dizem que quem ver cara não ver coração. Também podemos afirmar que quem ver cara não ver saldo de poupança.

Sobre a troca de alianças
A eleição que decidirá o prefeito de Araripina em 2012 também deixará engatilhada a candidatura de um deputado estadual e provavelmente de um federal em 2014. As costuras já começaram faz tempo. Tem gente que tenta ouvir as conversas pelo buraco da fechadura. E tem gente que só conversa besteira. Pelas minhas contas, já tem 'donzela' prometida para doze filhos de papai. Vai faltar donzela e sobrar filho de papai. É aí que a porca torce o rabo. Por falar em porco, quem se mistura a eles farelo come.

Bilheteria

Tem muita gente reclamando de dificuldades para adquirir ingressos do Programa Todos com a Nota, para assistir aos jogos do time do coração. Até aí, tudo normal. Torcida grande enfrenta fila grande, e às vezes, ainda fica sem o desejado ingresso. Quando o problema é só esse, a solução é ampliar os lances de arquibancadas.
Mas, do contrário, quando o problema é de troca de ingresso por nota, seguida de venda do ingresso por algum dinheiro, o problema já passa a ser do clube. E para isso existe até punição.
Por outro lado, se a roleta gira e o ingresso volta, sendo novamente vendido por valor a menor, o problema se agrava, porque o caixa do time sangra e o bolso de alguém estufa. Aí vira caso de polícia.
As denúncias estão pipocando. É bom que as autoridades tomem providências urgentemente. Que investiguem e, de acordo com o que for apurado, desmintam os fatos para que não se tornem verdadeiros no imaginário popular; e se verdadeiros, para que não produzam efeitos danosos ao querido clube. Sob pena de escândalos sucessivos.
Sem provas, ninguém acusa ninguém.

Ella ainda não disse a que veio. O que pode dizer muito

Em 25 dias de governo, Dilma Rousseff não tomou uma única decisão com começo, meio e fim, que tivesse alguma relevância para o país. Nenhum projeto e nenhum programa saíram da sua mesa de trabalho. Cancelou a compra dos caças Rafale por absoluta falta de dinheiro. Diante da tragédia do Rio, agiu como uma burocrata, aplicando a cartilha. Demitiu o secretário nacional do combate às drogas, mas ninguém sabe o que ela pensa a respeito. Proibiu o que já era proibido, tanto no caso dos jatinhos quanto dos passaportes dos filhos do padrinho Lula. Estamos esquecendo alguma coisa? Até agora, é o governo dos recadinhos, das fofoquinhas, das chantagens. Deu apenas uma única entrevista, mesmo assim ao lado do verborrágico e inconveniente Sérgio Cabral, para não ter que enfrentar a situação sozinha. Dilma, até agora, não disse a que veio. O que pode dizer muito. O único fato de impacto na sua breve gestão foi uma reunião de três horas, a portas fechadas, com o ex-presidente e mentor. Hoje, no feriado de São Paulo, onde ele também estará presente, é possível que aconteça um novo e misterioso encontro. Além da presença na cerimonia para medalhar José Alencar, este será o único compromisso da sua agenda. O que pode dizer muito.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

A gerontona faz o jogo dos banqueiros

Dizem que a presidenta Dilma teve um acesso de fúria depois da reunião dos ministros. Alguns deles deixaram o cafezinho pela metade. Ela esbravejou que quer economia para chegar nos R$ 60 bi de cortes para cumprir o superavit primário, conforme querem os banqueiros e especuladores de todas as pátrias. Isto sim que é uma presidente gerente! Agora vai!


Direto da cadeia, Battisti.
A notícia saiu sábado, no Corriere della Sera, da Itália, dando conta de que o terrorista assassino Cesare Battisti havia dado entrevista, direto da prisão, para tentar influenciar a decisão do STF. Só mesmo no Brasil para um assassino frio destes ter a regalia de dar declarações à imprensa. Aguarda-se manifestações do Marcola, do Fernandinho Beira-Mar e do Isaías do Borel para contestarem as suas penas, publicamente. A constituição garante direitos iguais.

Bode dobra a petulância do Leão



Ontem foi um dia extraordinário. Lavamos a alma. O Araripina derrotou o Sport do Recife por 2 x 0, suplantando-o não apenas no placar, mas sobretudo no desempenho dentro das quatro linhas, um desempenho que calou a arrogante imprensa da capital, que de tão arrogante deixa de comentar e se posicionar contra as malandragens de árbritros que vêm aqui roubar o Bode do Araripe em sua própria casa.

FUTEBOL x ARROGÂNCIA

O leão arrotava bode antes do jogo começar. Agora, com cheiro de morto, precisa fugir dos urubus que se alimentam de vítimas do Bode do Araripe.

Ver Geninho sentado num banco do estádio construído por Valmir Lacerda, ouvindo os 'berros' da melhor torcida do Brasil não tem preço. Ver a imprensa da capital gritando sem gosto os gols do Bode é impagável. Ver os jovens de Araripina que estudam na capital desdenhando os esnobes colegas de colégio não tem quem pague. Ver os chatos torcedores do Sport de crista baixa é a cena perfeita para combater a petulância do povo da nossa capital, que reclama de discriminação do Sul contra o Nordeste, mas na verdade é muito mais implacável nos comentários pejorativos quando o tema é cidade e gente do interior de Pernambuco.


VERGONHA DE REDE GLOBO

Sem uma só explicação que justifique, a Rede Globo Nordeste deixou de enviar para a Central Globo de Jornalisno as imagens dos gols do Araripina contra o Sport, o que impossibilitou a transmissão em rede nacional, no Fantástico, da pisa que o Bode deu no Leão de pélúcia. Por isso estamos usando as imagens amadoras do jogo contra o Náutico, para simbolizar essa mancha no jornalismo esportivo de Pernambuco.


TRÊS BANANAS E UM LEXOTAN PARA OS LEÕES DE PELÚCIA

"Madona" do Bode joga mais do que "Carlinhos bala-doce"

O ônibus transportando os pernas-de-pau do Leão de Pelúcia cruzava Araripina. Vaia do começo ao fim. O "enterro' em praça pública do elenco leonino ocorria justamente na hora que a torcida do Bode deixava o estádio pela Avenida Florentino e Rua do Hospital. Não me contive: Mandei uma banana para o elenco que chorava a derota pelas ruas da capital do gesso. Nestas horas a educação cede espaço ao espírito de torcedor. O motorista revidou. Mandei outra banana; e mais outra. Ganhei de 3 x 1, porque o sofredor não podia soltar o volante, sob pena de multa na carteira de barbeiro. Depois de tudo, dois Leões de Pelúcia ainda tiveram que comprar Lexotan de 5 mg para Geninho e toda diretoria na Farmácia Piauí. Álém de queda, coice.

sábado, 22 de janeiro de 2011

Não teremos telefone mais barato com decisão da ANATEL

Na última quinta-feira (20), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou uma revisão do Regulamento sobre Áreas Locais para Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC).

Com a aprovação do regulamento, será possível fazer chamadas telefônicas a custo de ligação local entre todos os municípios de uma mesma região metropolitana ou de uma região integrada de desenvolvimento que contenham continuidade geográfica e o mesmo código nacional de área – o DDD.

O que são regiões integradas de desenvolvimento (RIDE)?
Região Integrada de Desenvolvimento (Ride) é o complexo geoeconômico e social, instituído legalmente, que tem o objetivo de articular a ação administrativa da União visando seu desenvolvimento e a redução das desigualdades regionais. No caso da decisão da Anatel, uma das três rides beneficiadas é a de Petrolina e Juazeiro, formada ainda pelos municípios de Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista.

Municípios da região Araripe não serão beneficiados
Como o Araripe não é uma Região Metropolitana; e como os gestores locais não discutiram e nem fizeram aprovar Projeto de Lei instituindo uma Região Integrada de Desenvolvimento, os municípios que ela compõem, nem mesmo aqueles que integram o Pólo Gesseiro se beneficiarão desta decisão da ANATEL.

Estamos sem jornalismo no Brasil. Está tudo dominado, como o jornal de Sucupira.

O Estadão, depois de censurado por Sarney, deu uma de Trobeta de Sucupira e vendeu a redação a "prefeita de Brasília".


Outra manchete descaradamente chapa branca. No mínimo 20% dos casebres do Minha Casa, Minha Vida, comprados em nome de laranjas, já devem estar alimentando o mercado negro da habitação, na base do famoso contrato de gaveta. A Dilma vai fazer o quê? Vai botar o desvalido que comprou a sua casinha de outro desvalido que mudou para lugar impróprio no olho da rua? Como é que um jornal da classe de um Estado de São Paulo consegue, depois de uma denúncia grave, tentar compensar com uma notícia imbecil como esta? Será que o Paulo Henrique Amorim também assumiu como editor-chefe do Estadão?

Adicionar imagem

O Rio se desmancha em água e conta quase mil mortos por incompetência dos governos e a manchete do Globo é essa aberração

A manchete de O Globo é uma catástrofe jornalística. Mais de 700 mortos no Rio e o jornal abre a capa para presumir que Dilma Rousseff tomou uma medida de impacto: mandou o incompetente, prepotente, arrogante e petulante ministro da Educação, Fernando Haddad, cancelar as férias. Não, ninguém está sonhando. Esta é a imprensa que o Brasil tem nos dias de hoje. A imprensa quer transformar Dilma na frenética e durona gestora. Será que a Cristina Lôbo assumiu como editora-chefe de O Globo?

É o caos! Nova diretora do INEP quer uma estatal para o ENEM. Já o ministro quer privatizar a aplicação do exame.

Ontem, a notícia era que a quarta ou quinta diretora do INEP, órgão responsável pelo ENEM, na gestão caótica do incompetente e petulante ministro da Educação, Fernando Haddad, quer criar uma estatal para tomar conta de uma prova anual. Já o próprio ministro, no mesmo dia, em audiência com Dilma Rousseff, onde levou o tradicional tapinha no ombro e mão na cabeça da governanta, praticamente pediu para privatizar o ENEM, já que o governo paga muito mal os seus funcionários, o que impede que ele tenha sob suas ordens gente competente e experiente. Além de incompetente, o ministro ainda é um traíra que joga os seus funcionários às feras. Aliás, também demitiu o diretor de TI. Até quando este sujeito sem a mínima condição técnica vai comandar a Educação no Brasil?

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Se depender de torcida, o bode será campeão




O bode não venceu. Jogou melhor que o Santa Cruz, mas não finalizou bem. O juiz também ajudou a espalhar nervosismo entre os jogadores, como sempre acontece.
O placar de 1 x 0 em favor do time da capital foi injusto. O bode merecia a vitória.
Se depender da torcida, importantes vitórias virão. Aliás, se dependesse da torcida, o Bode seria campeão.
O Chapadão, ou Valmirzão, estádio construído por Valmir Lacerda, lotado à noite, é uma beleza à parte. Faz lembrar um tempo que o município via o que é grandioso acontecer.

Cara feia, mas provisória

Estamos tentando melhorar a cara do blog. Por enquanto, só encontramos a melhor forma para a leitura. A cara ainda precisa de muitas plásticas. Estou tentanto um contato com Ivo Pitangui. Ele ainda é vivo? Muda já, com Pitangui ou sem ele.

Esquema perigoso ao lado: Agiotas do Piauí que financiaram campanhas recebiam mensalmente e na boca do caixa o dinheiro desviado por prefeitos

Delegado diz que notas frias eram compradas

Um dia após a prisão de sete prefeitos e dois ex-prefeitos e mais 21 contadores, secretários, advogados, assessores e lobistas na Operação Geleira, o delegado regional de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Janderlyer Gomes, revelou que as empresas que vendiam notas fiscais frias cobravam de 10% a 20% do valor das verbas desviadas.

As notas frias eram vendidas, segunda ele, para as prefeituras do interior do Piauí prestarem contas dos recursos federais do SUS e do Fundeb (Fundo Nacional de Desenvolvimento do Ensino Básico).

A investigação também chegou a agiotas que se beneficiaram de parte do dinheiro desviado da Saúde e da Educação. Esses agiotas recebiam mensalmente dinheiro das prefeituras para pagamento, com juros, do dinheiro que emprestaram aos prefeitos para gastos com campanha de suas eleições.

— Se as empresas forneciam notas fiscais comprovando gastos fictícios de R$ 100 mil, recebiam de R$ 10 mil a R$ 20 mil dos prefeitos. Em relação aos agiotas, eles emprestaram dinheiro aos prefeitos para a campanha e ago$estão cobrando, com juros altos — disse Gomes, coordenador da Operação Geleira.

Contas secretas em paraísos fiscais: vem bomba!

Documentos em poder do executivo suíço Rudolf Elmer mostram que a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), e o marido dela, Jorge Murad, fizeram operações secretas no banco Julius Baer, nas Ilhas do Canal e Ilhas Virgens, dois dos mais conhecidos paraísos fiscais, informa o jornal O GLOBO. Na última segunda-feira, Elmer entregou parte dos papéis, uma lista com nomes de dois mil empresários e políticos acusados de movimentação de dinheiro de origem suspeita, ao fundador do site WikiLeaks, Julian Assange. Para Elmer, essa seria uma forma de combater a sonegação, a corrupção e a lavagem de dinheiro em âmbito internacional. Ele foi preso na última quarta-feira sob acusação de quebra de sigilo bancário. Na relação, obtida pelo GLOBO antes de o material ser encaminhado ao WikiLeaks, constam ainda os nomes de outros brasileiros e de empresários e políticos de outros países.
Quem são os outros brasileiros safadinhos?

Caso Battisti: Brasil encurralado pelo Parlamento Europeu

O Parlamento Europeu pediu nesta quinta-feira, 20, que o Brasil 'revise a decisão' de não extraditar o terrorista assassino Cesare Battisti para a Itália. A resolução foi adotada em sessão plenária em Estrasburgo, França . Os deputados pediram que o Brasil encaminhe o novo pedido do governo italiano de revisar a extradição de Cesare Battisti e estude formas de garantir a correta interpretação do Tratado de Extradição entre os dois países. O texto aprovado por 83 votos a favor, um contra e duas abstenções. A decisão de conceder refúgio no Brasil foi dada pelo lamentável Tarso Genro e referendada pelo ex-presidente Lula.


Eles gastam; nós pagamos.
Os gastos do governo federal com os cartões corporativos bateram recorde em 2010 ao atingir R$ 80 milhões, o que representa um aumento de 24% em relação a 2009. Segundo levantamento da ONG Contas Abertas, as despesas em 2009 foram de R$ 64,5 milhões. Sem nenhuma comprovaão. Será que sques na boca do caixa motivaram aqueles Passaports Diplomáticos para os filhos de Lula? Querem levar os Dólares para bem longe sem passar pela fiscalização nos aeroportos?

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Assalto ao contribuinte: Dilma precisa de mais dinheiro para sustentar sua turma

O Brasil precisa importar eleitor consciente da Europa urgentemente.
Ao não corrigir a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, o governo usa uma tática sorrateira de aumento da carga tributária e atinge diretamente o bolso dos assalariados. Estranhamente, a repercussão desse achaque é infinitamente menor do que o barulho diante de qualquer cogitação de volta da CPMF, apesar de seus efeitos já estarem sendo sentidos por essa parcela da população que paga Imposto de Renda na fonte e agora terá de fazer o ajuste anual.
Pelos cálculos do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (Sindifisco), a tabela do IRPF está defasada em mais de 64%, considerando-se o período de 1995 a 2009.
Quem paga o luxo da turma de Dilma é a sofrida classe média, que sofre calada e em muitos casos ainda aplaude. A falsa classe média acha até engraçado pagar escola particular tendo assegurado o direito de escola pública, gratuita e de qualidade para os filhos. E também acha engraçado pagar plano de saúde e segurança particular, tendo direito a tudo de graça, e pagando os mais elevados impostos para ter tais serviços.
Estou chegando a uma conclusão: O Brasil precisa importar eleitor consciente da Europa urgentemente. Não dá mais para ficar quieto diante desse massacre, em que o governo retém na fonte de quem produz, para em seguida dividir com corruptos, banqueiros e grandes empresários, servindo-os bem por meio de juros elevados e benefícios fiscais. Assim é fácil ser grande empresário e comprar aliados.

Turma de Bringel no controle da câmara

Tudo está no seu lugar. Ararpina bem dividida, ou repartida, conforme a vontade de seus políticos com mandato atualmente.
Lula manda na prefeitura e a turma de Bringel manda na câmara. Com a eleição de Zé Bolacha e o fim da tensão política entre as partes, os assessores de confiança de Bringel foram chamados por Bolacha para cuidar das finanças da câmara de vereadores.
Tudo certinho...


Paulo de Zé de Senhor convida por Valdeir
O ex-prefeito Valdeir Batista estará oferecendo um jantar de confraternização no Portal Fest. Convidou vereadores, ex-vereadores e gente que se infiltra nas massas. A maioria dos convidados foi procurada diretamente por Paulo de Zé de Senhor.
A boquinha livre será sexta-feira. Em ocasiões assim, aparece quem foi e quem não foi convidado e o feijão sempre rende com um pouco a mais de farinha. Mas, quem diabo quer comer feijão tendo churrasco e camarão? Valdeir pode e não esconde que pode.

Cargos em disputa

Se nada mudar até fevereiro, os órgãos do estado serão divididos conforme o combinado antes da eleição. Raimundo Pimentel ficará com a GRE, Lula com o IPA e Bringel com o DETRAN. E assim caminha a humanidade: Cargo pra lá, cargo pra cá, e Araripina à espera do governador governar.
Sem hospital, sem escolas novas, sem água regularmente, sem obras de infraestrutura e indústrias que mudem a matriz econômica. Ficando para rás, como se diz no popular.

Fiscal dos fiscais.

Servidores dos tribunais de contas do país vão pressionar o Congresso pela aprovação de PEC (proposta de emenda constitucional) que cria um conselho nacional para fiscalizar as atividades destes tribunais. A ideia é fiscalizar sobretudo ministros e autoridades que integram os órgãos. A Fenastc (Federação Nacional dos Servidores dos Tribunais de Contas do Brasil) informou que a criação de um conselho poderá evitar irregularidades como a revelada nesta semana pela Folha de S.Paulo.

Reportagem mostrou que ministros do TCU (Tribunal de Contas da União) usam dinheiro público para viajar para seus Estados de origem, na maior parte das vezes em feriados e finais de semana. Crimes mais graves são cometidos nas conversas ao pé do ouvido mantidas entre auditores e gestores corruptos e corruptores ao mesmo tempo.

Novo 'patrão' muda as manchetes da Globo, que passa a arrasar Lula


Não fique admirado. É assim mesmo: Rei morto, Rei posto. Saiu Lula, que até 31 de dezembro era o cara, e entra Dilma, que antes de primeiro de janeiro era apenas o Poste de Lula.
Pois aí está uma capa de jornal para ser debatida nas salas de aula pelos bons professores de jornalismo. Um bom exemplo da canalhice que domina a imprensa do Brasil.
A inflação sobe para encher o bolso de banqueiros e agiotas e o culpado é quem saiu do governo. O juro sobe e Dilma não é culpada, segundo o Globo. A culpa é da inflação de Lula, segundo o mesmo jornal.
Para um país de "abestalhados", segundo Tiririca, é fácil ganhar dinheiro fabricando manchetes que agradam ao patrão da hora. A imprensa brasileira se adaptou rapidinho: deixou de puxar o saco de Lula e passou a cheirar a calçola de Dilma.
Para a Rede Globo isso não é problema. Desde que surgiu faz isso. Na ditadura, que durou de 1964 até a chegada de Sarney seu jornalismo lambia botas de generais. Cobrando caro, é claro. Agora mesmo ficou com o dinheiro que o governo desviou da área de prevenção de desastres no Rio. Deu no que deu, enquanto cresce a fortuna do império do Roberto Irineu.
Eita país sem jeito!

Haddad, que afundou o ENEM, pediu férias. Só no Brasil.

Em plena crise do ENEM, que aliás é sempre uma crise anunciada, uma notícia estarrecedora: o prepotente, arrogante, petulante e incompetente ministro da Educação, o petista Fernando Haddad, está saindo em férias. Deveria estar saindo do ministério. Aliás, se tivesse um pingo de humildade, deveria pedir demissão. Não tem. É petista da banda podre.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

VENCEU O AGIOTA : Dilma nos coloca como a primeira economia mundial em juros reais.

Completamos um ano no topo. No topo dos juros. Os juros mais altos do mundo. É o custo Dilma. Ela prometeu baixá-los a 3%. Henrique Meireles chantageou com o caso (esquecido) do Banco de Sílvio Santos e terminou conseguindo o que queria: Mais juros altos. O Brasil não terá jeito assim. É a terra prometida dos banqueiros e especuladores bandidos e nunca do povo que trabalha sério.


Na primeira reunião sob o comando do presidente Alexandre Tombini, o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) aumentou a taxa básica de juros de 10,75% para 11,25% ao ano.Em dezembro, já foram anunciadas medidas para restringir os financiamentos com prazos superiores a 24 meses e para tirar a última parte do dinheiro injetado na economia durante a crise de 2008. Hoje, a inflação está próxima de 6%, acima do objetivo de 4,5% fixado pelo governo

Esquemas pesados ao lado: Prefeitos da base e da oposição são alvo de operação da PF

Integrantes da Polícia Federal (PF) em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) cumprem neste momento - em vários municípios do Estado do Piauí - 30 mandados de prisão e 84 de busca e apreensão.

O objetivo da operação, intitulada “Geleira”, é de desarticular uma rede criminosa especializada na comercialização de notas fiscais frias e desvio de recursos públicos.

As investigações, iniciada em 2008, envolvem prefeituras comandadas por PMDB, PTB, PT e PSDB.

Algumas das infrações teriam ocorrido na compra e venda de medicamentos.Entre os investigados no possível esquema está a deputada estadual Ana Paula Mendes (PMDB).

Das prefeituras alvo da operação comandadas pelo PMDB está Porto, do prefeito Dó Bacelar e Várzea Branca, do prefeito João Dias.

Do PTB as prefeituras investigadas são Miguel Leão, prefeito Bismark Santos; Caracol, prefeito Izael Macedo Neto; Ribeira do Piauí, prefeito Jorge de Araújo; Landri Sales, prefeito Joedison Alves Rodrigues.

A prefeitura de Uruçuí comandada por Valdir Soares (PT) e a de Elizeu Martins, da prefeita Terezinha de Jesus (PSDB) também são investigadas.

Segundo assessoria da PF, até o momento, não há um balanço final da operação. Uma coletiva deve ser feita na superintendência da PF no Piauí nas próximas horas.

Déjà vu - Dois anos.... e dois anos...(?)

É quase regra. Um político se elege, passa dois anos sem fazer nada e depois começa a comprar adversários e mostrar algum serviço. Compra também a imprensa e até bicicletas de som. Inventa algumas pesquisas de popularidade e se diz pronto para pleitear mais quatro anos de mandado. E tome folga.
Traduzindo o que dizem os franceses: Já visto. Ou sem tirar o charme: 'Déjà vu'. Acho melhor aperfeiçoar: Déjà vecu (Já experimentado).

Grampolândia: PT prepara golpe final. Brasil será todo espionado pelos 'cabras' de Dilma.

Anatel vai ter acesso a dados sigilosos dos clientes
A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) se prepara para monitorar via internet as chamadas telefônicas fixas e móveis.

O objetivo, segundo a agência, seria "modernizar" a fiscalização para exigir das teles o cumprimento das metas de qualidade.

A agência terá acesso irrestrito a documentos fiscais com os números chamados e recebidos, data, horário e duração das ligações, além do valor de cada chamada.

Advogados consultados pela Folha afirmam que a proposta é ilegal. A Constituição garante a privacidade dos registros telefônicos. Qualquer exceção deverá ser autorizada pela Justiça.

Dados cadastrais dos clientes também serão manipulados por funcionários da agência num prazo de até cinco anos.

Em breve, voltaremos às conversas ao pé do ouvido. O PT quer vasculhar a vida das pessoas para fazer chantagem em tempos de eleição. Votou? Agora aguenta!

STF deve livrar o Brasil do assassino Battisti

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cezar Peluso, disse hoje que o caso do ex-ativista italiano Cesare Battisti, cuja extradição para a Itália foi negada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último dia de seu mandato, terá um desfecho provavelmente em fevereiro. Segundo ele, o STF vai examinar as razões que Lula apresentou para justificar a permanência de Battisti no Brasil, nos termos do tratado bilateral sobre extradições.

"Se o STF determinar que (a decisão de Lula) não está nos termos do tratado, o Supremo vai dizer que ele (Battisti) tem que ser extraditado", declarou Peluso. "Provavelmente em fevereiro vamos rever essa questão", acrescentou. Segundo ele, o acórdão anterior do STF, que encaminhara a decisão para Lula, é "extremamente claro": "O que o STF decidiu é que o presidente deveria agir nos termos do tratado. Em outras palavras, sua excelência apresentou uma série de razões para determinar a permanência de Battisti, e agora o STF vai examinar se, de fato, a permanência está nos termos do tratado", acrescentou.

Igreja Católica quer que Dilma mostre a verdadeira cara em relação ao aborto. A luta pela vida e pelos bons princípios continua no Meu Araripe

Alçado repentinamente à condição de um dos principais nomes da Igreja Católica no mundo, dom João Braz de Aviz, arcebispo de Brasília, afirma que a presidente Dilma Rousseff (PT) precisa explicar melhor o que pensa a respeito de certos assuntos caros à igreja. "Não temos uma ideia clara de quem é Dilma do ponto de vista religioso. Ela precisa explicar melhor as suas convicções religiosas para que o diálogo possa progredir." Segundo Aviz, 63, as posições sobre o aborto que Dilma expressou durante as eleições não necessariamente representam o que acontecerá sob seu governo: "Durante a campanha é uma coisa, e na prática o caminho às vezes é outro". No dia 4, a igreja anunciou que o papa Bento 16 nomeou dom João prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica. Ele deve assumir o cargo, um dos nove "ministérios" da Igreja Católica, em fevereiro. Na entrevista que concedeu recentemente, Aviz também comenta o crescimento das igrejas evangélicas e critica o fato de algumas denominações terem "compromisso fortíssimo com a arrecadação de dinheiro".

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Sem planejamento tudo afunda


Já caíram três diretores do INEP, mas o ministro continua o mesmo. Quem é incompetente?

Não dá mais para segurar o petulante, arrogante e prepotente petista Fernando Haddad, ministro da Educação. O INEP é um órgão técnico, que sempre funcionou bem. Antes do PT. No tempo do Paulo Renato de Souza, do PSDB. O ENEM está morto e enterrado pelo Haddad. Não funciona. Já caíram três diretores do INEP, mas o ministro continua o mesmo. Saem diretores, mas o problema continua. Quem será o culpado? Precisa desenhar para a Dilma Frenética Rousseff entender que chegou a hora de demitir o incompetente?


Congresso Nacional: uma folha(ou folia) de pagamento de R$ 500 milhões mensais
É impressionante. O aumento salarial dos parlamentares e um novo plano de carreira dos servidores terão um impacto de R$ 860 milhões na folha de pagamento do Congresso este ano, segundo estimativa feita pela ONG Contas Abertas. No ano passado, foram gastos R$ 5,3 bilhões para as despesas de pessoal e encargos sociais de parlamentares, servidores e aposentados da Câmara dos Deputados e do Senado. Já em 2010, o valor estimado no Orçamento é de R$ 6,2 bilhões --um aumento de 16%. Pelos cálculos da Contas Abertas, o aumento dos deputados e servidores da Câmara irá representar um gasto maior de R$ 549,2 milhões. De acordo com a Câmara, o crescimento das despesas na folha de pagamento é consequência das despesas com reajustes do plano de carreira.


A solidariedade do povo escancara a incompetência do governo
A solidariedade manifestada pelo povo brasileiro, diante das tragédias em geral e, neste momento, em relação à catástrofe que se abateu sobre a região serrana do Rio de Janeiro, é emocionante. Se para cada cidadão este sentimento de irmandade é motivo de orgulho,ele deveria ser motivo de vergonha para quem faz parte do governo. Porque é inegável que a solidariedade é ampliada ao último limite onde não existe a participação efetiva da autoridade pública. É dever do Estado, nas tragédias e calamidades, não deixar faltar teto, alimento, remédio e atendimento às primeiras necessidades dos atingidos. É obrigação do Estado proteger e salvar vidas, usando a estrutura paga pelos impostos da população, tais como aviões, helicópteros, caminhões, escavadeiras e funcionários públicos. O que assistimos no Brasil, nos últimos anos, é o povo atuando onde o estado não existe e não funciona. Cada vez mais a solidariedade passa a ser um marca do povo brasileiro. É lindo, é humano, é tocante, mas só comprova que nunca na história deste país tivemos um governo tão incompetente e tão desorganizado para enfrentar os problemas mais banais, tais como cheias e temporais. Não dá para esquecer que o ex-presidente viajante vivia pregando que seríamos a quinta economia do mundo. O que o Rio de Janeiro está nos mostrando é que somos um estado de quinta categoria, por culpa do seu populismo irresponsável e dos seus oito anos de bravatas.

RACHA: Armando confirma debandada do PTB da Prefeitura do Recife

O presidente do PTB de Pernambuco, Armando Monteiro Neto, confirmou, ontem, numa conversa com jornalistas, que o partido está entregando as duas secretarias que ocupa hoje no Governo João da Costa. Isso pode levar, quem sabe, o PTB a apoiar uma eventual candidatura do ex-prefeito João Paulo a prefeito do Recife em 2012.
Resumo: O PT de Pernambuco vai rachar, perdendo o seu maior líder, que é João Paulo; a base de sustentação de Eduardo Campos vai rachar, perdendo Armando Monteiro, que será candidato a governador (e foi por esse motivo que ele se afastou de Jarbas); o PSB vai lançar candidato a prefeito da capital e sequer chegará ao segundo turno; e a oposição comandada por Jarbas vai ficar na moita aguardando a melhor hora de tomar uma decisão.
Em Recife a oposição é pequena, mas faz barulho e o prefeito João da Costa está mais desgastado do que pneu de caro de Fórmula 1 em final de corrida.

Falta. Motivo: dengue

Muita gente começa a faltar ao trabalho. O motivo alegado está sendo quase um só: dengue. Não há dados oficiais. Não há como contar os araripinenses contaminados pelo mosquito transmissor. Fala-se em números alarmantes. O Alto da Boa Vista, segundo 'boatos oficiais" da Rádio Corredor, é campeão de sofrimento. Lá, o mosquito é quem está dando ordens.
Trata-se de uma tragédia anunciada com bastante antecedência. Façamos as nossas orações. Se depender da ação dos governos e do sistema de saúde existente, nossa população será transferida de vez para Ouricuri. Doente e de amblância.

Novamente, Ministro da Educação arrasa com o ENEM. Em vez de ser demitido, é abraçado por Dilma.

É uma vergonha que um ministro como Fernando Haddad(PT-SP) ainda não tenha caído do cargo. Vergonha se não fosse um ministro do PT e da mais alta confiança da "governanta". Em 2004, o ex-presidente demitiu Cristóvam Buarque pelo telefone, porque este era acadêmico e queria resultados. Nomeou Tarso Genro para o lugar. Depois veio o atual ministro, na cota da Marta Suplicy. Um arraso. O Censo do Ensino Superior, publicado na semana passada, destruiu com quase 100% dos números propalados pelo ex-presidente. A universidade pública continua abaixo da crítica em termos de gestão e até uma estatal foi criada no último dia do governo para gerir os hospitais universitários. Um vídeo rola na internet mostrando que a UNB, aquela mesmo do reitor cheio de mordomias, tem um subterrâneo onde o uso e venda de drogas é livre. Ninguém entra lá. É a cracolândia da UNB. Agora é o ENEM que, novamente, arrasa com o início do ano de milhões de jovens. Zero de planejamento. Zero de segurança. Zero de credibilidade. Os alunos estão, novamente, tendo os seus dados violados. Daqui a pouco, Haddad vira ministro da Casa Civil, como Palloci. Violação por violação, Haddad é campeão. No ENEM, os vestibulandos escolhem um curso, aparece outro no lugar. Quer corrigir? O sistema não aceita a senha. Liga para o 0800? Três horas de espera. Finalmente, a Justiça teve que intervir e prorrogar o prazo. Fernando Haddad, presunçoso, arrogante, prepotente, continua firme no cargo. Ontem teve audiência com Dilma. Decidiram demitir o presidente do INEP, para lembrar que com o PT a corda só quebra do lado mais fraco.


Tragédia no Rio é mais uma herança maldita
O ex-presidente trabalhou apenas pelos holofotes. Em fevereiro de 2005, criou o Sistema Nacional de Defesa Civil. Decreto assinado por ele e Ciro Gomes. Nada saiu do papel. Muito dinheiro foi mandado para Cuba para ajudar depois de furacões. Para a Defesa Civil do Brasil, nada. Novamente governando para a imprensa chapa branca, o PT anuncia que vai criar o que já foi criado. Para funcionar só daqui a quatro anos. Ou seja: quando o atual governo de doze anos estiver no fim ou tiver acabado com o Brasil.
Quantas mortes? Perguntem a Dilma que quem entende de matar é ela. Ela e sua turma é que dar risadas oficiais enquanto famílias choram seus mortos.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Briga de quadrilhas após reunião para sorrisos em meio às enchentes

O Rio chora por seus mortos. SC, PE e AL esperam dinheiro para reconstruir o que enchentes passadas destruíram. Eles riem da nossa cara.

Estão vendo as notícias de que sumiram R$ 500 milhões da Funasa? Não se trata de investigar para onde foi o dinheiro. O que está ocorrrendo, neste momento, é uma briga "frenética" entre quadrilhas, para ver quem vai continuar roubando dinheiro da Saúde. Parece que a ordem dada pela "governanta" de lavar roupa suja dentro de casa não está sendo cumprida. Neste caso, como tantos outros, é roupa suja de sangue. De inocentes que morrem nas filas do SUS. Aliás, a máfia sempre sentava em volta de grandes mesas, onde eram feitos acordos entre piadinhas e gargalhadas. Via de regra, logo depois, uma facção tentava exterminar a outra. De sexta (dia em que ocorreu essa reunião fotografada da turma de Dilma) até hoje, foram apenas dois dias. Qualquer semelhança não é mera coincidência.

Uma velha música de Roberto Carlos dizia o seguinte: "Não fique triste/ Não se engane/ Com tudo que vou lhe falar....

Vou tirar apenas o primeiro "Não" dessa estrofe.

Fica assim: Fique triste/ Não se engane...
Não se engane. Eles estão falando do desvio de 500 milhões, mas não foi só isso. Foi dez vezes mais. Eles estão falando isso, mas não com o interesse de punir culpados. Estão apenas dizendo que sabem do mal feito para chantagear a turma que quer continuar. A turma nova é pior. Quer também e ainda não roubou nada. Fique triste: se a turma do PT tomar essa boquinha da turma de Sarney, vai ser ainda pior.
Agora pode chorar.
Eles vão querer recriar a CPMF para assaltar o dinheiro direto da sua conta. E a fila dos hospitais vai aumentar mesmo assim. Aliás, a fila sempre aumenta quando uma turma nova recomeça o roubo que outra deixou pela metade.

Não sou culpado por nada disso. Não votei em nenhuma dessas facções. Nunca votei. Aliás, sempre combati de alguma forma. E você? Você votou? Você defendeu isso aí?
Agora está arrependido? Ainda não foi procurado para receber um tapinha de agradecimento e um cargo de chefia como forma de reconhecimento?

Pois comece a cantar o resto da música de Roberto Carlos.
Esse trecho:
"Não quero mais seu amor
Não pense que sou ruim
Vou procurar outro alguém
Vocêeeeee, não serve pra mim
Não serve pra mim

Pode adaptar à sua situação que cai perfeitamente. Vai dar resultado. Desde que você não cante em voz alta nem diga diretamente ao sujeito. Cante baixinho só pra gente de confiança ouvir. Vai 'farzer sucesso'.

Continuando:
... Desculpe o que vou lhe falar
Você comigo não combina
Tenho que lhe explicar
Não quero mais seu amor
Não pense que eu sou rim
Vou procurar outro alguém
Vocêeeeeeee
Não serve pra mim

Reconheço que é muita besteira junta para quem não abriu um certo livro de filosofia e aquele outro de Nicolau.

A imprensa quer calar Serra, certa de que Sérgio Guerra e Aécio venderam o PSDB. Resta ao homem de 44 milhões de votos apenas o seu microblog.

Depois de longo período de silêncio, o detentor de 44 milhões de votos resolve representar a Oposição. Isto, porque os partidos que deveriam fazer oposição no congresso estão quase todos dominados ou sem espaço nos jornais.
Disse Serra no twiter, no dia de ontem, contextualizando suas postagens anteriores:
"O Estado do RJ, o mais afetado, recebeu em 2010 só R$900 mil do gov. federal para prevenir enchentes!
Em Santa Catarina, devastada há 2 anos, desabrigados ainda aguardam. Até a Arábia Saudita está ajudando"

Aula de bajulação que vem de Minas Gerais


Durante a semana o Brasil dos cariocas se desmanchou em água, repetindo Santa Catarina (2009), Pernambuco e Alagoas (2010); e, mais uma vez, o governo do PT continua sorrindo e paralisado, sem ajudar as vítimas nem reconstruir as cidades devastadas.
Hoje Dilma recebe Haddad. É o encontro da "anta insensível" com o "bicho-preguiça".

A imprensa tenta nos enganar outra vez, querendo vender que o governo Dilma tem um novo ritmo. A gerentona em ação! Metas! Organização! Comitês! Enquadramento! Teve até o Estado de Minas moldando a manchete mais imbecil e vendida da história da imprensa brasileira, que deveria ser guardada pelos bons professores de jornalismo para aqueles deliciosos momentos de descontração em sala de aula: " o ritmo frenético de Dilma governar", estampou o jornal na primeira página da sua edição dominical. Lá fora, no mundo real que a imprensa deveria cobrir, o Brasil e o mundo assistem chocados à falta de velocidade no salvamento das vítimas da catástrofe da região serrana. Governo frenético? Não, o que se vê é o povo pelo povo, sem a presença do governo. Mas hoje a Dilma Frenética tem reunião com Fernando Haddad, o ministro da Educação. Novamente, o grandalhão enterrou o Enem. O sistema do MEC está travado e os alunos não conseguem fazer as inscrições para as universidades. É a Dilma Frenética e o Haddad Freio de Mão Puxado. Esta reunião é a cara de um governo que já começa atolado na lama da corrupção e da incompetência.

domingo, 16 de janeiro de 2011

Voltando e ouvindo que o bode também foi roubado

Estive ausente. Fui ver de perto duas coisas:
1) O Rio São Francisco desde a sua foz, onde peguei balsa para atravessar o carro de Penedo (AL) para o lado de Sergipe.
2) A transposião do mesmo rio. Vi que ela só existe na planilha de custos da campanha do PT. É muito roubo.

Ao ir e ao retornar vi roubo e ouvi falar de roubo. E vi muita água. Água que ninguém acaba.
O roubo que vi foi nas obras da transposição do São Francisco. O roubo que ouvi foi no jogo Bode x Náutico. Os locotures disseram que o juiz meteu a mão numa penalidade máxima que favoreceria o Araripina, num jogo que terminou empatado em 1 x 1..
Posso estar enganado, mas um torcedor gritou e apareceu na transmissão da Rádio Arari que o 'juiz precisa passar na farmácia Piauí para comprar colírio'. Se alguém for amigo desse juiz ladrão trate de avisá-lo que na Farmácia Piauí deve haver câmeras filmando discretamente.
Não sei quem enganou esse árbitro informando-o que existe roubo em Araripina, para ele ousar chegar aqui dando mau exemplo.

Depois explico a viagem 'técnica' ao Rio São Francisco, onde "medi' a sua vasão desde a sua foz, na divisa entre Alagoas e Sergipe, aquele belo litoral, até o ponto em que as águas serão subtraídas para dar vida a transposição. É uma pena ver tanta água evaporando sem uso, enquanto as obras da transposição estão paralisadas, fingindo que estão sendo realizadas. Por falar em obras que só existem na propagando do PT, uma delas é a BR 101. De Alagoas a Sergipe nem sinal dela.
Pelo que vi, tenho uma certeza: ou o PT de Dlma enterra o ex-presidente Lula como um mentiroso/ladrão que vendeu a ilusão de uma obra que só existe na cabeça dele e no bolso de empreiteiros e políticos corruptos; ou José Serra enterra Dilma por não inalgurar uma obra que Lula disse na TV que deixou quase 'pronta'.
Desculpem a ausência. Estava vendo as coisas de perto. Preciso entender como se fabrica uma mentira nacional em proporções dilmáticas e o tamanho da burrice humana.

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Volta por cima: Humberto Costa será o líder do PT no senado


Em reunião da bancada, em Brasília, hoje (11) pela manhã, o pernambucano Humberto Costa (PT) foi escolhido por consenso para ser o novo líder do PT no Senado.

A primeira tarefa de Humberto no cargo será comandar as negociações com os demais partidos em torno das vagas da Mesa Diretora e das comissões permanentes. Na nova legislatura, o PT terá 15 senadores, será a segunda maior bancada da Casa.
Humberto Costa foi acusado de corrupção quando ocupou o Ministério da Saúde. Deu a volta por cima, se elegeu senador e agora é indicado para liderar a bancada do seu partido no senado. Esta é mais uma prova de que o PT sabe mais do que ninguém usar lixa de aço, esponja e detergente - ou o tempo, para limpar a imagem de seus expoentes.

Ouvidos preservados

Nos últimos 10 dias do seu governo, o ex-presidente fez 18 discursos, concedeu 11 entrevistas, 'publicou' 2 colunas de jornal (escrita por terceiros) e levou ao ar 2 café com o presidente. Só nos discursos, ele falou sem parar por 321 minutos e 16 segundos. Mais de 5 horas de discurso em 10 dias. 30 minutos diários de auto-elogios. Nem a cumpanherada tinha mais saco para ouvir o lingua solta. O Reinaldo Azevedo publicou que estavam fazendo 253 horas que não se ouvia a voz do ex-cara. Ontem Dilma completou os seus primeiros 10 dias, com apenas dois discursos: um no Congresso, outro no Palácio do Planalto, no dia da posse. Nenhuma entrevista, nenhum café, nenhuma coluna. Nunca na história deste país um presidente falou tão pouco. Graças a Deus!


Brasil começaa pagar o preço por abrigar terrorista assassino
A Câmara dos Deputados da Itália resolveu reenviar para a comissão competente o texto do acordo de cooperação militar que o país planeja firmar com o Brasil. Por unanimidade, os parlamentares aderiram à proposta de "congelamento" apresentada ontem pela deputada do partido governista PDL (Povo da Liberdade) e vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores, Fiamma Nirenstein. Esta posição dos políticos italianos em relação à aprovação do acordo já era esperada. A atitude é vista como uma retaliação ao Brasil, que não concedeu a extradição do ex-militante italiano Cesare Battisti, condenado à prisão perpétua em seu país por quatro assassinatos cometidos na década de 1970, época em que integrava o grupo PAC (Proletários Armados pelo Comunismo). O acordo na área de Defesa prevê o desenvolvimento bilateral de projetos para a construção de navios e fragatas, além da realização de patrulhas. A aprovação do texto pelo Parlamento italiano é o último passo para a entrada em vigor do acordo, que foi negociado em junho pelos ministros da Defesa da Itália e do Brasil, Ignazio La Russa e Nelson Jobim, respectivamente. No próximo dia 18 de janeiro, a Câmara dos Deputados da Itália também votará uma moção apresentada pela UDC (União Democrática de Centro) pela extradição de Battisti. A decisão de manter o italiano no Brasil foi tomada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 31 de dezembro. O preço por mantê-lo aqui quem paga é o povo brasileiro.

Depende do bode?

Piada infame que circula na cidade, infelizmente difundida por quem sofre, relata que parte dos servidores, especialmente comissionados da prefeitura dependem do bode do Araripe. "Se o time ganhar sua primeira partida, todos os atrasados serão quitados. Se o time perder, quem tem a receber grama do Chapadão vai comer".
Que saudade de uma boa buchada!....
Cabe uma pergunta: Algum assessor da prefeitura está escondendo de Lula a verdade? A verdade é que grande parte dos "amarelinhos" já está com as costelas de fora de tanto passar dificuldade.
Essa turma passou doze anos sofrendo derrotas, subindo e descendo ruas e ladeiras em defesa do atual prefeito em todas as campanhas. Agora, depois que muitos largaram tudo para se dedicar ao serviço público, o sofrimento aumentou. É muito amor à causa.
Lula sabe disso? Sabe mesmo? É um estranho amor....



Brasil x Argentina: Cristina arrasta Dilma
Cristina Kirchner não deu o ar da sua graça na posse da Dilma. Não dedicou uma tarde de sábado para prestigiar a maior parceira comercial e a primeira mulher eleita para o cargo máximo no país vizinho. Hoje o novo Amorim, Antônio Patriota, confirmou que Dilma vai visitar Cristina, oficialmente, no próximo dia 31 de janeiro. Para quebrar tamanho gelo, deveriam marcar o encontro na Patagônia.
Fosse Dilma mais altiva, Cristina viria a Porto de Galinhas mostrar as pelancas. Só faltava essa. Os EUA mandaram sua secretária de Estado prestigiar a posse de Dilma e o Brasil precisar bajular a Argentina. Só tendo ajudado a financiar campanhas para ficar com o rabo 'brasileiro' tão preso.

Leitor lembra o professor Tota

Leitor do Blog usou a área de comentários para lembrar que dia 12 deste mês estaremos a um ano da morte do eterno professor Tota. Que, segunda ela e segundo todos, muito amou e se empenhou pela AEDA.
Devemos mirar o seu exemplo para descobrir soluções. A AEDA merece dezenas de colaboradores do nível e dedicação do professor Francisco Alves de Sousa.


O absurdo preço da comida no Brasil
O presidente Lula deixou a comida com preço de água no deserto. O brasileiro menos favorecido paga o pato. Preço de comida não é problema para rico, que gasta com cachorros de estimação o que pobre não gasta na vida inteira para se alimentar.
O custo da cesta básica teve alta acima de 10% em 14 das 17 capitais pesquisadas em 2010, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

Custo de vida do paulistano sobe 6,91% em 2010, maior alta em 6 anos
Com variação de 5,9% em 2010, inflação oficial registra maior alta desde 2004
Inflação baixa é condição para crescimento sustentável do país, diz BC

As maiores elevações ocorreram em Goiânia (22,90%), Recife (19,96%), Natal (18,14%) Manaus (16,73%), Fortaleza (16,21%) e São Paulo (16,20%). Em seguida aparecem Curitiba (15,16%), João Pessoa (13,84%), Rio de Janeiro (13,74%), Florianópolis (12,92%), Belém (10,65%), Vitória (10,46%), Belo Horizonte ( 10,41%) e Salvador (10,13%).
O IBGE não anda em Araripina. Se andasse, saberia o que é aumento de 300% até no feijão.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

O cachorro do congresso pede ração



A mídia, até mesmo a que pinta charge, é amestrada.
O PMDB abocanhou cinco ministérios apenas. O PT está com três vezes mais em número e cem vezes mais em dinheiro e poder. Mas quem leva a fama é o PMDB de Sarney, que apesar de muito corrupto, é só aprendiz dos barbudinhos do PT. É isso mesmo: como quem para mesada aos jornalistas é o PT, quem fica com a má fama é só o PMDB.

Comissionados amarelos de dívida

O pessoal de confiança do prefeito, os chamados comissionados, estão cada vez mais amarelos. Resta saber de que: se de raiva, de dívida ou mesmo de fome. Os relatos são de cortar coração. As afirmações são de que estão sem receber os meses de novembro, dezembro e o décimo. Os que têm empréstimo consignado estão em situação pior: quando a grana entrar, o banco vai raspar.
Alguém precisa avisar Lula que seu povo está sofrido.


Valdeir Batista toca fogo na relação com Lula Sampaio
O empresário Valdeir Batista, mesmo afirmando que não é candidato a prefeito em 2012, deu declarações em entrevista de rádio, no dia de ontem (domingo), que deixam suas relações com Lula abaladas. Mas, antes de questionar a veracidade de parte do que foi dito, preferimos sugerir que algum assessor financeiro do ex-prefeito lhe repasse informações detalhadas do final da gestão em 2008, para lhe evitar constrangimentos.
Afirmações de Valdeir Batista:
a) Que pagou todos os salários de dezembro (Sua assessoria precisa lhe informar que foram emitidos contra-cheques mas não entrou dinheiro na conta da maioria dos servidores). Só aqueles mais próximos do então homem forte das finanças conseguiram um visto de "validação" para receber na boca do caixa ou depositar para compensação.

b) Que não ficou devendo nada da sua gestão (alguns credores que reivindicam na justiça e outros que tentam receber da atual gestão precisam explicar a origem dos empenhos)

c) Que deixou 1,9 mihão de Reais na previdência, o que é verdade;
d) Que deixou R$ 400 mil em caixa (para Lula começar a gestão);
e) Que não faz parte de nenhum dos grupos políticos de Araripina;
f) Que não é candidato a prefeito;
g) Que não tem nada a declarar sobre a adinsitaração de Lula Sampaio.

Não precisava mesmo declarar mais nada. É claro que Valdeir Batista dava respostas a algumas afirmações de Lula e aliados, que já começam a colocar culpa pelo insucesso na gestão passada, da qual afirmam ter quitado volumosos débitos. É isto o que se ouve de justificativa dos aliados do atual prefeito que cumprem tarefa de defendê-lo.
Resta agora saber qual a reposta de Lula. E onde ela será dada: se na rádio Arari ou se na Rádio Grande Serra.
Uma coisa está provada: não cabe mesmo muito cacique numa só moita.


Parte do DEM quer se vender ao PT no pacote de Aécio
O que existe de mais importante para a Oposição, nos próximos dois meses, está ligado ao futuro do DEM, que elegerá um novo presidente, em 15 de março próximo. Existe um DEM sem voto, comandado por Rodrigo Maia (RJ), que mal e porcamente se elegeu deputado federal e que assistiu o pai ser fragorosamente derrotado para o senado. Traz com ele o carlismo baiano, amassado, humilhado e destruído pelo PT, representado por ACMinho e, pasmem!, José Carlos Aleluia, um deputado que pintava como uma grande promessa do partido e que joga o seu prestígio na lama dos interesses regionais. De outro lado, Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, Raimundo Colombo, governador de Santa Catarina, juntamente com a família Bornhausen (aquela que Lula quis extirpar porque o PT nunca venceu uma eleição no estado) e a senadora Kátia Abreu, que foi a responsável pela vitória tucana de Siqueira Campos, no Tocantins. De um lado, políticos derrotados, cuja a única esperança é sentar no colo de Aécio Neves, o grande traidor das oposições, no xadrez de 2014. Do outro lado, políticos que sabem fazer e honrar alianças e que são o verdadeiro pavor do petismo. Façam as suas escolhas, senhores e senhoras. Pressionem os seus parlamentares, pois os traidores estão querendo acabar com o que resta de oposição no Brasil.


Sem Battisti extraditado, parlamento italiano não aprova acordo militar com o Brasil.
O parlamento italiano, que deveria votar no próximo dia 11 a aprovação de um acordo militar com o Brasil, não vai nem mesmo analisar o assunto, em protesto contra o fato de que o governo brasileiro decidiu manter como refugiado o terrorista assassino Cesare Battisti. Franco Frattini, ministro das Relações Exteriores, declarou que o acordo "não está cancelado, mas está suspenso". A votação, segundo o ministro, será em fevereiro, após o STF brasileiro tomar a decisão sobre o caso. O acordo militar prevê a construção de navios-patrulha italianos no Brasil, com total transferência de tecnologia, em valores que superam os U$ 3 bilhões.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Faça seu projeto de vida contando com a AEDA


A AEDA não pertence a nenhum prefeito. Ela não pertence a Valmir Lacerda que construiu aquele imponente prédio e criou o curso de Agronomia; ela não pertence a Dionéa Lacerda, que iniciou a criação do curso de Direito e construiu o prédio onde hoje funciona Agronomia, Direito e Ciências contábeis; nem a Valdeir Batista, que criou esses dois últimos cursos. Nem a eles que muito fizeram, nem a outros que pouco ou quase nada se dispuseram fazer. Ela pertence a todos nós, que somos de Araripina, do Araripe ou habitamos essa tríplice fronteira PE/PI/CE.
Dos cursos da FAFOFA e FACIAGRA já saíram grandes homens e mulheres que fazem história e mudam o nosso entorno. Da caçula FACISA sairão grandes bacharéis.
Portanto, não deixemos nos iludir com a avalanche de propaganda que tenta apagar nosso passado e diluir em água ou ácido venenoso nosso presente como Pólo Educacional e nosso futuro como Centro Universitário.
É hora de darmos as mãos. A primeira coisa a fazer é indicar aos que estão iniciando suas vidas acadêmicas um dos cursos da nossa cidade, para que neles estudem e se formem com dedicação.
Quem tem dinheiro e capacidade para fazer coisa melhor e mais rentável costumeiramente procura Recife, Fortaleza, Teresina ou um centro bem mais avançado que justifique o investimento. Quem, como a maioria, prefere ficar na região, a melhor alternativa é um dos nossos cursos.
Aquele que insistir em trabalhar de forma direta, indireta ou disfarçada para o fechamento das nossas faculdades, ou aquele que não faz sua parte como gestor para que ela siga sua trajetória ascendente, merece nosso mais veemente protesto e o repúsio coletivo nas urnas.
Quem foi aluno AEDA levante o braço! São muitos. Pois que todos se engagem e vejam o que se passa. Façamos algo urgentemente, para que o legado de Sebasto Batista, Valmir Lacerda, Dionéa Lacerda, Valdeir Batista, atuais e ex-diretores, professores de todas as épocas e tantos outros notáveis que deram impulso ao ensino superior de Araripina vejam crescer e frutificar cada árvore que plantaram com a certeza de colheita farta.
Abre o olho, Araripina!
Quem é araripinense de verdade sonha grande, fala grosso e faz sua parte. Quem não é ou apenas faz o jogo, melhor repensar suas atitudes.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Chico César promete levar o exótico para a Cultura da Paraíba, como secretário


O cantor e compositor Chico César, 46, assumiu nesta semana o cargo de secretário da cultura do governo da Paraíba, seu Estado de origem. Segundo disse o novo secretário, seu trabalho será uma espécie de cópia do que fez Ariano Suassuna em Pernambuco.
Até onde nosso entendimento chega, Ariano dedicou o seu trabalho a valorizar as manifestações mais exóticas protagonizadas pelas pessoas mais simples das comunidades mais distantes e fechadas à civilização moderna. Levando em conta o visual discreto de Ariano e a extravagância exuberante do penteado de Chico César, o trabalho do secretário de Pernambuco foi difundido e regado em nosso estado mas fincou raizes e frondou na vizinha Paraíba, aonde Suassuna nasceu. Isso é bom ou isso é ruim?
Depende do olhar. Ariano "alimentou" com largueza de literata e doçura de poeta as coisas mais singulares e puras da nossa cultura, que encantam crianças e prendem olhares de turistas, embora não avancem sobre paisagens distantes, nem consigam se firmar como produto cultural. Para fazer chegar sua mensagem ao povo do estado e de fora dele, fez uso da sua própria imagem para conseguir ser ouvido, entendido e aceito por grupos seletos. Já o novo secretário paraibano indica que lutará para difundir a si próprio.
Pelo pouco que conheço das conservadoras João Pessoa e Campina Grande, Chico César enfrentará sérias dificuldades para começar. Também avançará pouco sobre a pequena Uiraúna, cidade de músicos que deu cara e coração a atual banda Maestro Álvaro Campos, criada na década de 80 aqui em Araripina pelo ex-prefeito Valmir Lacerda.
Então, à Paraíba em duas músicas:
a) "Paraiba masculina/mulher macho sim senhor" (Luiz Gonzaga);
b) "Eu sei como pisar o coração de uma mulher / Já fui mulher eu sei / Já fui mulher eu sei" (do próprio Chico César)
Qual dessas duas prevalecerá sob o reinado de Chico César?
Muita sorte ao novo secretário. Certamente ele contará com ajuda e boa vontade do ilustre conterrâneo Ariano Suassuna, que muito fez por Pernambuco e pelo Brasil.

Na falta de partido de oposição, a OAB entra em cena e pede devolução dos passaportes diplomáticos concedidos aos filhos de Lula

A nota do PSDB, assinada pelo Sérgio Estelita Trânsfuga Guerra, o Meu Araripe se recusa a reproduzir, de tão frágil e vergonhosa. Já que não temos oposição, vamos de OAB.
Em nota divulgada à imprensa nesta sexta-feira, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, faz um apelo para que os filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva devolvam os passaportes diplomáticos concedidos pelo Itamaraty. No texto, Ophir diz ainda que Lula pode ser alvo de ação judicial por improbidade administrativa.


"A Ordem apela para que os filhos do (ex) presidente Lula devolvam o passaporte especial; não submetendo seu pai a um constrangimento público dessa natureza, inclusive com possibilidade de ação judicial por improbidade administrativa para alcançar quem concedeu esse benefício", diz a nota.


Se a devolução não ocorrer, o presidente da OAB prevê a hipótese de apuração pelo Ministério Público Federal (MPF) de suposto "ato de ilegalidade administrativa, que quebra a isonomia entre os brasileiros". Ophir afirma que a concessão dos passaportes especiais é algo "extremamente danoso face ao princípio da moralidade administrativa e atenta contra a própria lei". "O governante não pode ceder às tentações do cargo. Enquanto ele estiver no cargo, deve ter as regalias necessárias para o exercício do cargo; a partir do momento em que deixa o cargo, ele passa a ser um cidadão comum, igual a todos os brasileiros e brasileiras".