sábado, 30 de abril de 2011

Sérgio Guerra consegue o que o presidente Lula tentou mas fracassou: destruir o PSDB no estado de São Paulo.



Leia as duas tuitadas do senador mais votado do Brasil, Aluísio Nunes Ferreira (PSDB), repercutindo a nota infame do senador Sérgio Guerra, que atua firmemente em parceria com Aécio Neves para destruir o partido no próprio estado de São Paulo, algo que o presidente Lula tentou mas não conseguiu. O que o 'jeca' de Pernambuco pretende é isolar o PSDB em São Paulo, criando embaraços à futuras alianças com o PSD de Kassab, DEM, PPS e demais aliados.



Carlos Maia desabafa
"EU TENHO CARÁTER, DIGNIDADE, BRIO,PERSONALIDADE PRÓPRIA, COMPETÊNCIA, TENHO UM DOM QUE DEUS ME DEU E JAMAIS ME SUBMETEREI AO RIDÍCULO!

NINGUÉM ME COMANDA A NÃO SER DEUS!"


Zé Silva ainda não se manifestou. Ambos estiveram no mesmo almoço e na mesma coletiva.

Zé Silva 'cochila' na coletiva do prefeito Lula para anunciar São João




Na coletiva de imprensa, ou almoço coletivo para a imprensa, ocorrido no Restaurante Portal da Cidade, o prefeito Lula Sampaio se alongou nas respostas sobre a programação do São João e o seu novo homem forte da comunicação, ex-radialista Zé Silva, bateu pestana mais que demoradamente.
A foto foi colhida pela Casa de Abelha. 'Ele não fechou os olhos para evitar a foto, cochilou no prato mesmo', assegurou um dos presentes ao almoço patrocinado pela prefeitura.
Almoços dessa natureza sempre ocorrem. Coisa rotineira no meio, para tais ocasiões. Zé Silva certamente estava cansado de tanta trabalheira para melhorar a imagem do novo aliado. Mais cansado ainda por ter que comandar uma equipe de radialistas tão brilhantes, e que estão cheios de boa vontade para obedecê-lo. Almoçar fartamente é apenas um detalhe. O resto é trabalho.

Para não matar Delúbio Soares, assim como fez com Celso Daniel e Toninho do PT, petistas cedem às chantagens do ex-tesoureiro e aceitam sua volta.

PT não tinha saída: ou o chamava de volta, ou era denunciado em bando. A terceira alternativa era matar o ex-tesoureiro, mas o crime seria descoberto em seguida. Um alívio geral tomou conta de todos, até de Dilma, maior beneficiária do mensalão.


Gritos de alívio

O medo que rondava o PT em função das ameaças de Delúbio Soares, o tesoureiro do Mensalão, foram substituídos por gritos de alívio, aplausos de cúmplices, abraços entre corruptos e pelo silêncio do chefe da "sofisticada organização criminosa", José Dirceu que, calado, é ainda mais perigoso, quando foi anunciado que o quadrilheiro estava reintegrado ao bando.


Algumas declarações não escondem que houve um perdão pelo silêncio do mensaleiro que, em todo este tempo, não entregou nenhum dos beneficiados ali presentes, arcando com todo o ônus das pesadas provas contra o partido. Ricardo Berzoini, o chefe dos aloprados, declarou: - Como fiz a defesa da desfiliação, mas nesse momento acho que o processo do Delúbio está encerrado, defendo a sua refiliação. Ele passou pelo isolamento, confinamento e mostrou que é apaixonado pelo PT.


Já Bruno Maranhão, aquele velho petista que quebrou tudo invadindo o Congresso, afirmou: - Houve uma punição porque ele terceirizou as finanças e deixou o PT vulnerável. A punição foi justa e não me arrependo de ter votado pela expulsão. Mas agora, mantenho a coerência, porque Delúbio foi extremamente fiel.

Para o partido da trambicagem, se o ladrão, o quadrilheiro, o mensaleiro é apaixonado pelo PT e é extremamente fiel, merece ser absolvido. Afinal de contas, só devsiou dinheiro público porque é extremamente apaixonado pelo PT e porque é extremamente fiel aos princípios partidários. O crime , assim, pode ser esquecido, mesmo que ainda não tenha sido julgado. A ética do PT todos nós conhecemos. É a nenhuma ética. Por isso, os gritos de alívio dos companheiros cruzaram os céus de Brasília e foram ouvidos por todos. Menos pela Justiça, representada pelo STF, que permanece cega, surda, muda e com dor nas costas, embromando um julgamento por mais de cinco anos.

Sérgio Guerra trabalha para colocar o PSDB em pé de guerra, a fim de desmontá-lo rapidamente, para ficar com o que restar, como fizeram com o DEM.

Por trás dos desmontes da oposição está Aécio Neves, o play-boy de Minas.
É óbvio o interesse de Severino Sérgio Estelita Guerra, presidente do PSDB, em aprofundar a crise no PSDB paulista, escancarada com a saída em bloco de vereadores paulistanos. Com isso, atende aos desígnios de Aécio Neves, o seu candidato à presidência em 2014. Quanto mais fraco o PSDB paulista, menos provável uma competição de Aécio com Alckmin ou Serra. Por isso, a nota oficial de ontem incentiva a divisão do partido, reacendendo brigas e queimando uma eventual aliança com o novo PSD. Ao dizer que Walter Feldmann, um dos dissidentes, já não atuava em prol dos tucanos em São Paulo, merece ouvir que, em Pernambuco, ele trabalhou para reeleição de Eduardo Campos(PSB), traindo vergonhosamente o candidato do partido, Jarbas Vasconcelos(PMDB). Aliás, Aécio Neves e Eduardo Campos estarão em São Paulo para a festa do Dia do Trabalho da Força Sindical, como convidados de honra. É a chapa dos sonhos de Severino Sérgio Estelita Guerra, o Rodrigo Maia do PSDB.

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Para Petrolina, tudo: Aeroporto será ampliado. Enquanto isso, sequer as luzes da pista de pouso de Araripina são trocadas.

Considerado como uma das principais portas de acesso ao Vale do São Francisco, o Aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina, Sertão de Pernambuco, já está na lista de projetos de ampliação da Infraero, informa o portal NE10. Operando com uma demanda que cresce a cada ano, em 2010 recebeu cerca de 254 mil passageiros, e com a participação de quatro companhias que disponibilizam vôos diários (GOL, TAM, TRIP e Avianca), o equipamento deve ser contemplado nos próximos dois anos com uma reforma.

Já a pista de pouso de Araripina não avança no seu projeto de ampliação para receber voos de carreira. Nem mesmo as luzes que garantiam pousos e decolagens noturnas foram trocadas, permanecendo queimadas, desde que Eduardo Campos tomou posse.

Assim uma vaca vai pro brejo

As rádios de todo o país transmitiram nesta sexta-feira (29) um pronunciamento antigo da presidente Dilma Rousseff, de 10 de fevereiro, sobre a volta às aulas, em vez de reproduzir a fala dela sobre o 1º de Maio, Dia do Trabalho.
A assessoria da Presidência informou que a troca ocorreu por um “erro técnico da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)”, responsável pela transmissão em cadeia nacional do pronunciamento.
Nas TVs, foi veiculado o pronunciamento previsto, em que Dilma promete “jogar duro contra a inflação” e anuncia o programa “Brasil sem Miséria”. A fala de Dilma transmitida nas rádios nacionais foca em educação e no início do ano letivo.
“Nossos jovens estão de volta às aulas. A abertura do ano escolar é sempre uma festa de alegria, de fé e de esperança. É com esse sentimento que saúdo os estudantes, seus pais e, muito especialmente, todos os professores brasileiros”, disse Dilma no pronunciamento de fevereiro e que foi repetido por erro nesta sexta.

Hotel de luxo em Petrolina. Município resolverá gargalo de duas décadas.

Nesta quinta-feira (28), o Prefeito de Petrolina, Julio Lossio e o Vice-Prefeito do município, Domingos Sávio, se reuniram com diretores da rede Atlântica Hotels Internacional, para apresentação do mais novo empreendimento hoteleiro no município, um investimento no valor de R$ 25 milhões. “Temos uma grande satisfação em receber essa rede de hotel. Petrolina tem ganhado destaque no segmento de hotelaria e gastronomia, que utilizam de mão-de-obra local, movimentando a economia do município.”, ressaltou o Prefeito.

Tesourada nos restos a pagar vai complicar muitos prefeitos

O governo decidiu cancelar as obras e os serviços inscritos como "restos a pagar" em 2007, 2008 e 2009 e não iniciados até o dia 30 de abril deste ano, informa a Agência Estado. Apenas as despesas como restos a pagar de 2009, cuja execução da obra seja de responsabilidade de Estados, Municípios e Distrito Federal, terão um prazo até 30 de junho de 2011 para serem iniciadas. Após esta data, também poderão ser canceladas. A decisão tomada pelo governo não deve agradar parlamentares e prefeitos.

No Congresso, a expectativa era a de que os restos a pagar de 2009 seriam prorrogados por mais tempo, pelo menos até 31 de agosto. A decisão foi publicada nesta sexta (29) no Diário Oficial da União por meio do Decreto 7.468.

Com o corte de R$ 50 bilhões em 2011, o governo está tendo que selecionar os investimentos que serão mantidos, além das obras do PAC que não sofreram contingenciamento. No primeiro bimestre deste ano, quase a totalidade dos investimentos pagos são de restos a pagar. Isso levou o governo a olhar com lupa o tamanho da despesa herdada do governo Lula, sob pena de não poder levar adiante os gastos autorizados no Orçamento de 2011.

Sai programação do São João de Araripina. Festa foi abreviada e acaba dia 25 de junho.

Depois de gerar grande expectativa e marcar entrevista coletiva, que concedeu no Restaurante Portal da Cidade, o prefeito Lula Sampaio acabou com o mistério e revelou a programação oficial do São João de Araripina. A festa, que tradicionalmente se estendia até o final do mês, em 2011 acabará dia 25, quando em anos anteriores começava a esquentar.
A turma jovem ainda não foi ouvida para opinar sobre a qualidade da programação. Este blog não é especializado em forró nem em brega. Isso é motivo bastante para delegarmos ao leitor a missão de avaliar o São João 2011. Vote na enquete ao lado e diga o que acha da programação abaixo:

Dia 21 de junho
Flávio Leandro
Garota Safada
Moleca 100 Vergonha

Dia 22 de Junho
Forró da Liderança
Reginaldo Rossi
Forró da Curtição

Dia 23 de junho
Planeta de Cores
Xicabana
Toca do Vale

24 de junho
MP4
Mais Você
Mala 100 Alça

25 de junho
Lance Love
Pegada Federal
José Augusto
Forró Estourado

Homenagem a Edu Matos


A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) resolveu batizar a taça do Torneio Troféu do Interior com o nome do jogador “Edualison Matos Santos”, que após uma queda na primeira rodada do Campeonato Pernambucano 2010, sofreu sete paradas cardiorrespiratórias. O ex-atleta do Araripina ficou um tempo internado e acabou paraplégico. Além de ser homenageado dando nome ao “Troféu do Interior”, Edu também receberá 15% do dinheiro arrecadado nos dois jogos da final do torneio. A FPF ainda ajudará financeiramente o ex-jogador.

O “Troféu Edu Matos” será disputado pelo Salgueiro e Araripina nas duas partidas finais da competição, que faz parte do Campeonato Pernambucano Série A1. Primeiro jogo acontece neste sábado (30) no Chapadão do Araripe, em Araripina, com arbitragem de Carlos Costa tendo como auxiliares Charles Rosa e Roberto José. Não se sabe até agora o local que ocorrerá a partida de volta da decisão, já que o Estádio Cornélio de Barros está em reformas e não pode receber o jogo.

São João: Método x Resultado

A equipe que tenta levantar o ibope do prefeito Lula arriscou até onde a corda alcançou na utilização do São João como plataforma eleitoral.
O anúncio da programação foi exaustivamente veiculado. "Maior pool de emissoras"... Um massacre de mídia para juntar audiência na hora que o prefeito dará entrevista para anunciar a tão aguardada e prometida ótima programação.

Agora, é esperar que não se trate de parte do fogo amigo. E que não seja a ação de inimigos visando desgatar ainda mais um administrador pouco acostumado com as armadilhas da imprensa.

Das duas uma: Ou a programação será de arrepiar; ou será de enterrar. Do contrário, não se usaria de tanta especulação sobre um assunto que Araripina está acostumada. E que é extremamente exigente.
Principalmente agora, que Ivete Sangalo acaba de assinar contrato para cantar em Trindade.
Será que Lula vai terminar seu mandato sem precisar de oposição para lhe desgastar. Tudo ficará mesmo por conta dos "aliados?"

Som dos bares

Alguns dos bregueiros com aposentdoria prevista para breve estarão em Araripina tapando buraco.

Otários

"O Brasil é autosuficiente em Petróleo". "O Brasil é líder na produção de etanol".
Passou a eleição, o Poste conseguiu entrar atravessado no Palácio e os postos expõem placas de "Falta gasolina" e "Falta álcool".
A mentira não tinha fim: "O Brasil vai exportar álcool para o mundo". O mundo ria de nós e agora os EUA dão uma mãozinha liberando parte do seu estoque de biocombustível para o Brasil não parar de andar de carro.
Este Blog não fez você de otário. Denunciou cada manobra eleitoral que culminou com a consagração do golpe. Agora é tarde. Mas não foi por falta de aviso.
É mais fácil aquele príncipe fracote dar conta do fogo da princesa do que Dilma dar conta do 'fogo' do Brasil.

Luz vermelha para a economia brasileira

O Financial Times alertou ontem que “o boom do Brasil mascara crescente vulnerabilidade”: com a moeda mais super valorizada do mundo e endividamento de consumidores com o crédito fácil e infraestrutura ineficiente, o boom explode se os juros subirem nos EUA.
Explica-se: Os juros americanos caíram ao chão na bolha americana, num ato desesperado do governo de aquecer a economia. Com isto, os investidores correram para o Brasil, que paga os maiores juros do mundo, deixando muita gente rica por lá e por todo o mundo que especula na bolsa.
Agora, caso Obama decida aumentar os juros em pelo menos 0,25%, muita gente volta a investir nos EUA e a fuga de capitais desmonta a equação equivocada do governo brasileiro.
Quando o Financial Times alerta, é sinal de que a luz já piscou e a bomba não demora a estourar.
Não custa lembrar: há um endividamento das famílias para comprar carro novo e caro a juros altos e outra dívida monstruosa para adquirir casas ou apartamentos pelo triplo do preço de mercado. Uma bolha gigantesca que tem dias contados. Tudo parte do arsenal de engodo utilizado para eleger o poste.

O Príncipe vai dar conta? - Uma cobertura diferente do casamento...



Agora vai...

JUROS MIRANDO ESTRELAS. ACUDA-NOS, SENHOR!

O Banco Central avisou que os juros vão explodir. Vão subir. E que esta será a medida maior para conter a escalada da inflação. Sem rodeios. Já temos os juros mais altos do mundo e vamos continuar tendo, enquanto Dilma posa de Rainha da Quinta Economia do Planeta e incha o governo de companheiros. Segundo a Folha de São Paulo, a instituição divulgou ontem a ata em que explica a decisão tomada na semana passada pelo Copom (Comitê de Política Monetária), que na quarta-feira subiu a taxa básica de juros da economia de 11,75% para 12% ao ano. O documento sugere que o BC dará mais força à taxa de juros como instrumento de combate à inflação, deixando em segundo plano medidas de restrição da oferta de crédito como as adotadas desde o fim do ano passado.


Na terça-feira, Dilma disse que o governo está "diuturnamente atento às pressões inflacionárias". Há duas semanas, o presidente do BC, Alexandre Tombini, declarou que o país está "no meio" de um ciclo de aperto monetário, antecipando o tom reforçado ontem pelo Copom. No Planalto, o entendimento é que novas altas nos juros serão anunciadas até que as projeções para a inflação de 2012 se aproximem de 4,5%. Analistas de mercado apostam que o BC promoverá duas altas consecutivas de 0,25 ponto percentual na taxa Selic nos próximos meses.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Cheque sem fundo: Vida mais difícil para velhacos de sempre. Sustar cheque, só com BO.

Rio de Janeiro – Com o objetivo de tornar mais transparentes e seguras as emissões de cheques no país, o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou, nesta quinta-feira, resolução que traz novas regras às quais os bancos e os clientes terão de se submeter. Entre as novidades, está a obrigatoriedade de registro Boletim de Ocorrência (B.O.) para garantir as sustações ou revogações dos cheques por furto, roubo ou extravio. A sustação sem o B.O. poderá acontecer, porém o cliente terá um prazo de até dois dias úteis para apresentar o documento policial e garantir a sustação.

O CMN também passou a obrigar que os bancos criem um sistema de informações sobre cheques nos moldes do Serasa. Ou seja, trazendo informações sobre cheques devolvidos e bloqueados. Segundo Odilon, é possível que os bancos se unam para criar uma entidade com este propósito.

Outra novidade é que a pessoa que emitir um cheque sem fundo passará a ter o direito de receber informações do banco sobre onde o cheque foi depositado. Ele terá a informação sobre quem, no fim das contas, acabou recebendo o cheque sem fundo. Esta medida permitirá que estes correntistas, que foram incluídos no Cadastro de Emitentes de Cheques sem Fundos (CCF) localizem o beneficiário do título e regularizem o débito.

Os bancos terão que alterar, em um prazo de um ano, os contratos firmados com os correntistas, explicitando quais

MP alerta para risco de terrorismo na Copa 2014 por falta de investimento.

A falta de investimento no combate ao crime organizado pode colocar o Brasil no eixo de ações de grupos terroristas interessados em tirar proveito da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, advertiu o presidente eleito da Associação Nacional dos Procuradores da República, Alexandre Camanho de Assis, durante audiência na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) nesta quinta-feira (28).


A juíza federal Raquel Domingues do Amaral Corniglion, de Mato Grosso do Sul, reconheceu como real o perigo de terrorismo interno de organizações criminosas. A também juíza federal Lisa Taubemblatt, de Mato Grosso do Sul, denunciou a falta de recursos para operações da Polícia Federal na fronteira e pregou uma ação conjunta do Brasil com o Paraguai para combater o crime organizado

"Araripina pede Socorro"?

Parece coisa de político desocupado. E pode ser. A frase cunhada para a pretensa candidatura de Dra. Socorra a prefeita de Araripina mais parece uma provocação ao prefeito Lula Sampaio. Até é usada para ridicularizar o gestor municipal por alguns 'aliados'.
O fato é que vem ganhando espaço nas 'moitas' de debate o slogan "Araripina pede Socorro". Começa com alusões a possível candidatura da médica e termina sempre recaindo sobre a performance do prefeito.
Desde que o deputado Raimundo Pimentel fez reparos públicos a atual gestão, o clima entre ele e o prefeito não é dos melhores. Este blog recebeu informações dando conta que o convite para abertura do São João não é algo consensual no seio da equipe de governo.
Resta aguardar as próximas movimentações. A depender das conversas de bastidores, Pimentel disputará o mandato de deputado federal por outro grupo em Araripina.

Máquinas paradas e incompetência a galope. Isto é o governo virtual de Eduardo Arrecada Imposto Campos.


O que segue é da lavra de Magno Martins:
"Estou em Serra Talhada para uma palestra no Colégio Cônego Torres, marcada para as 20 horas. Na chegada a cidade, no entanto, fui checar se as 47 máquinas estocadas no IPA há seis meses ainda estavam lá.

As encontrei do mesmo jeito de um mês atrás, quando denunciei o descaso do Governo e o governador Eduardo Campos não gostou. Apesar das promessas do secretário de Agricultura, Ranilson Ramos, de que o pagamento seria liberado este mês, nada foi concretizado
Continuam lá, tomando sol e chuva, tratores de esteiras, retroescavadeiras, caçambas e até duas F-4000, novinhos da silva. Os equipamentos estão no pátio do IPA e ninguém tem noção do seu futuro. Ranilson disse que resolveria na primeira quinzena de abril. Já chegamos praticamente ao seu final.

E nada!"


Perguntar não enferruja motor: Quantas dessas poderiam estar a serviço do Araripe melhorando estradas e desobstruindo barragens?
E ainda chamam esse governo de competente...

Túneo da transposição desaba. Obra foi inaugurada às pressas por Lula, quando pedia votos para Dilma.


Parte do túnel Cuncas I, que integra as obras da transposição do Rio São Francisco, desabou. O túnel foi uma das últimas obras visitadas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Nordeste antes de sair da Presidência da República. O acidente ocorreu na última quinta-feira, 21, mas só foi revelado agora.

Com 15 quilômetros de extensão, o túnel liga os municípios de Mauriti (CE) e São José de Piranhas (PB). De acordo com operários que trabalham no local, parte do teto ruiu. Os construtores tentavam abafar o caso e, segundo o jornalista Alex Gonçalves, do Radar Sertanejo, fiscais não permitiram a entrada de jornalistas no local. Um operário contou que os trabalhadores ouviram um barulho e saíram correndo de dentro do túnel. Minutos depois, um bloco de pedras desabou em cima de algumas máquinas. Os operários reclamam da falta de segurança na obra. No fim da tarde dessa quinta-feira, 27, a assessoria de imprensa do Ministério da Integração Nacional informou, em nota, que o deslizamento de solo na entrada do túnel ocorreu devido à “consistência não uniforme do solo encontrado naquele ponto”. (Do Radar Político do Estadão)

Jarbas: Um homem perdido no mar de pilantras


O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), o único a votar contra as indicações dos partidos para o Conselho de Ética - que incluem, por exemplo, Renan Calheiros e Romero Jucá -, disse nesta quarta-feira que o Senado parece caminhar para o precipício:

- Tem hora que acho que o Senado busca o suicídio. O Conselho de Ética ter entre seus integrantes parlamentares que respondem a processo na Justiça ou que já foram alvo de representações na Casa é um verdadeiro deboche.

O casamento de Dilma. A conta vem até nas folhas de coentro.

Adesistas do DEM caem fora da Assembleia

Os enfadados e enfadonhos suplentes de deputados estaduais, ex-DEM e por hora PSB, Ciro Coelho e Sebastião Rufino, adesistas de carteirinha, deixarão a boquinha da Assembleia Legislativa para os suplentes da coligação que bajulou Eduardo Campos.
Vão tarde para o lugar que cabe a todo político aposentado pelas urnas: o ostracismo.
Mas podem esperar: Eduardo Campos vai pendurar os dois em algum cabide de emprego, cujo preço nós pagamos.

Veja o que muda na Alepe
Após decisão tomada nesta quarta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a favor da suplência por coligação partidária, quatro deputados na Assembleia Legislativa, que mal esquentaram as cadeiras na Casa, terão que ceder seus lugares para a chegada de outros.

Deixam a Alepe: Oscar Barreto (PT), Ciro Coelho (PSB), Sebastião Rufino (PSB) e Manoel Ferreira (PR). Assumem as cadeiras: Esmeraldo Santos (PR), José Humberto (PTB), Augusto César (PTB), e José Maurício (PP). As vagas correspondentes foram abertas por titulares que assumiram pastas no Executivo.

Os desgastados sem remédio

A Coluna de Inaldo Sampaio traz uma notinha que deixa muito prefeito de cabelo em pé. Trata dos gestores de cidades médias do Estado com reprovação superior a 80%. Quem tem esses dados é o Palácio, que encomenda as pesquisas para definir as melhores estratégias visando 2012.
Leia abeixo e fique aí imaginando quem, por perto, sofre tamanho desgaste.

O desgaste – Assessores do Palácio das Princesas estão surpresos com o nível do desgaste político de uma grande parte dos prefeitos das cidades médias de Pernambuco. Alguns já superam a marca dos 80% de rejeição e não têm qualquer perspectiva de virar o jogo até 2012.

Você conhece algum prefeito desgastado assim?

Bode solto atropela a patativa do agreste.

O Bode do Araripe venceu a Patativa do Agreste por 3 x 0, dentro de Caruaru. Também pudera: seria impensável a capital do gesso perder para a capital da sulanca, a primeira sendo representada por um bode de fibra e a segunda por uma patativa baleada.
O time comandado por Mirandinha - já tido e reconhecido como o treinador revelação do campeonato - ainda fez um quarto gool, roubado na mão grande por um árbitro mal intencionado.


TIME NA FINAL
A taça destinada a times do interior de Pernambuco será disputada por dois merecedores. Araripina e Salgueiro, dois municípios cujos torcedores seguram as equipes lotando os estádios, farão a final representados por times que levam seus respectivos nomes. A primeira partida será na capital do gesso e a segunda em estádio a ser definido, já que o Cornélio de Barros passa por serviço de reforma e não pode receber jogos do Salgueiro temporariamente.
Sábado é dia de lotar o Valmirzão. Desta vez, para promover um espetáculo de beleza rara, capaz de apagar as péssimas impressões deixadas no papelão da partida contra o mesmo Central. Os Deuses do futebol deram ao Araripina e a sua torcida a chance de reescrever aquele capítulo horrível. Que façamos com maestria. Quem faz por merecer sempre tem uma nova chance. Agarremos com vontade desta vez.
Avante, Araripina! Berra alto, bode arretado!

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Ciro 2014 em partido novo

No seu regresso da China, o governador Cid Gomes e o irmão Ciro, devem iniciar encontros e negociações políticas no Ceará e no Brasil para criarem um novo partido, o PS - Partido Social. Por essa legenda, Ciro Gomes concorreria novamente ao Palácio do Planalto nas eleições presidenciais de 2014, segundo o blog do jornalista cearense Donizete Arruda.

Sobe taxa de desemprego

A taxa de desemprego subiu de 10,5% para 11,2% em março, de acordo com pesquisa realizada pela Fundação Seade e pelo Dieese em sete regiões metropolitanas e divulgada nesta quarta-feira. Na comparação com o mês anterior, o número de desempregados cresceu em 133 mil em março, resultado da eliminação de 207 mil postos de trabalhos e da redução da PEA (População Economicamente Ativa) em 73 mil pessoas (num total de 21, 9 milhões).

Um pirulito por notícia de Aécio

Aécio Neves sumiu na ressaca pós orgia no Rio. Quem souber do seu paradeiro, esconderijo, ou maconhodrómo, favor informar.
Ganha um pirulito quem apresentar melhor pista do netinho travesso.

Amor, revolução e audiência pífia.

Se não fosse matéria paga pela Caixa, que entregou mais de R$ 4 bi para o banco do Sílvio Santos, o senhor Abravanel já teria tirado Amor e Revolução do ar. A novela é completamente inverossímil, tanto na forma quanto no conteúdo. A única coisa que não é ficção apelativa é a audiência, que está dando menos de 5 pontos. Um fiasco total estrelado até mesmo pelo chefe da sosfisticada organização criminosa do mensalão que deixou lá o seu depoimento sobre como fugiu da luta e se escondeu atrás de uma cara nova até o perigo passar

Sete pecados do trem bala 'da alegria'


Leia a opinião de especialistas e conheça os sete pecados de um elefante branco anunciado.

Militares revoltados cercam o Planalto. Presidente despacha em casa.

Parece piada. Pelo segundo dia consecutivo, a presidente Dilma Rousseff decidiu despachar no Palácio do Alvorada, residência oficial. Desde segunda-feira, um grupo de manifestantes protesta com forte barulho de buzinas em frente ao Palácio do Planalto. A manifestação é promovida pela Anece (Associação dos ex-Soldados Especializados da Aeronáutica) . Pouco mais de meia dúzia de militares exigem a reincorporação dos concursados demitidos da Aeronáutica. Dilma, a presidente irritadiça, não quer saber de barulho.

Tesouro vai liberar geral para que deputados peguem seus dez por cento das emendas de bancada

Dilma não suportou a pressão. Decidiu distibuir a ração dos deputados e senadores. Prefeito que não conseguir liberar dinheiro em Brasília é incompetente ou dorme na lua. Serão 18 Bilhões de restos a pagar dos anos de 2007 a 2009. Agora imagine como esse dinheiro será rateado.
Não tem mais quem aguente pagar impostos para esses pilantras roubrem.

Conta de luz do consumidor pernambucano ficará, em média, 8,27% mais cara a partir desta sexta-feira

Foram definidas nesta terça-feira pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) as novas tarifas de luz a serem cobradas pela Celpe. O índice médio de reajuste para o consumidor foi de 8,27%.As novas tarifas entrarão em vigor para os 3,1 milhões de clientes da concessionária a partir da próxima sexta-feira, dia 29 de abril, mas o consumidor só irá perceber essa variação a partir da fatura de maio.

Lembram daqueles palhaços de gravata que rodavam o estado falando em baixar a conta de luz? Continuarão com a mesma conversa mole. Tudo jogo de cena para estorquir outras empresas com a seguinte ameaça velada? "Estão vendo do que somos capazes"?

A verdade é uma só: Eduardo Campos é quem mais quer esse aumento, pois de cada 3 Reais da conta de lua, 1 é dele.

Nuvens negras no caminho de Aécio

A oposição ao governador Antonio Anastasia (PSDB), liderada pelo PT, reúne assinaturas para pedir a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) na Assembleia Legislativa de Minas para investigar a destinação de dinheiro público em uma rádio da qual o senador Aécio Neves (PSDB) é sócio, informa a Folha Online.
O líder da oposição, Rogério Correia (PT), disse já ter 23 das 26 assinaturas necessárias para entrar com o pedido de CPI. A oposição, porém, só tem os 23 integrantes que já assinaram o pedido entre 77 deputados.
O plano do petista é conseguir as assinaturas que faltam com a bancada do PDT, que, segundo Correia, tem "alguma independência", e tentar tirar proveito de "insatisfações com nomeações" na base do governo.
Além de investigar a injeção de recursos do governo na rádio do tucano, a oposição quer saber se houve ingerência da irmã de Aécio, Andrea Neves, sobre os investimentos.

Jarbas repudia criação de Conselho de Não Éticos

Jarbas Vasconcelos foi o único senador a votar contra a instalação do Conselho de Ética.
O peemedebista argumentou que a composição do colegiado, que contará por exemplo com Renan Calheiros e Gim Argello, não está à altura do Senado.
O protesto, entretanto, não representou risco algum à aprovação da proposta que trazia a escalação do grupo que será responsável por julgar eventuais desvios dos senadores.
Agora o Senado acaba de ir para o fundo do poço. Os maus julgarão os bons.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Tucanos soltam penas pra todo lado. Que bom!

O maior desejo de 44 milhões de eleitores brasileiros é apear o PT do Palácio do Planalto. Estou neste exército. Sou dos que mais travam lutas para vencer. Mas não sou idiota a ponto de acreditar que a oposição arranca as raízes maléficas e corruptas do chão brasileiro com gente da espécie de Aécio Neves e Sérgio Guerra comandando. Menos ainda, com fracos e dúbios da espécie de FHC e Geraldo Alckmim à frente das coisas e do partido. O primeiro caducando e falando besteira para manter vivo seu passado mal avaliado; o segundo governando o principal estado brasileiro de forma covarde, ajoelhado, agachado. É preciso oxigenar o PSDB ou retirá-lo do confronto com o PT. É preciso deixar José Serra livre do peso negativo da legenda. Somente Serra tem nome na mente do povo e serviço prestado. Só ele pode levar o Brasil a se livrar do PT. Mas Serra precisa tomar uma dicisão: tirar o PSDB do ninho da covardia e dubiedade ou sair dele. Que bom que Serra já tem para onde ir: o PSD. Que mude o PSDB ou que saia dele imediatamente.




Agora veja como voam alto as penas de tucanos da gema.


Mais do que um tucano histórico, Eduardo Graeff , ex-secretário-geral de FHC, é um dos maiores militantes do PSDB, tanto nas internas do partido quanto nas ruas e avenidas das redes sociais. É odiado por 11 em cada 10 petistas pela sua capacidade de luta, o que só valoriza a sua biografia. A sua mensagem no twitter dá bem a dimensão do tamanho do racha tucano. Está dirigido diretamente ao governador Geraldo Alckmin.

Câmara 2012: Criador, engenheiro e candidato a vereador pelo PMDB.

Dois jovens de talento reconhecido estão preprando as baterias para disputar mandato de vereador pelo PMDB, partido que em Araripina estará apoiando a candidatura do médico Valmir Filho. Os dois são agrônomos e pertencem a grandes famílias. Pela dimensão que têm, não precisarão doar 'plantinhas' nem 'cabritos' para conquistarem seus mandatos. Por baixo, cada um é capaz de juntar 300 militantes, entre parentes e amigos, o que deve assegurar uma votação mínima de 500 votos. O PMDB planeja eleger quatro vereadores com perfil de 500 a 700 votos.
É a requalificação dos quedros políticos andando a galope em Araripina. Na surdina, por enquanto.

Dívida pública cresce 1,4% e chega a R$ 1,69 trilhão

A dívida pública federal cresceu 1,39% em março e alcançou R$ 1,69 trilhão, segundo dados divulgados pelo Tesouro Nacional nesta segunda-feira. Já a dívida interna subiu 1,6% e soma R$ 1,61 trilhão e a dívida externa encerrou março em R$ 83,53 bilhões (US$ 51,28 bilhões), redução de 2,63% em relação a fevereiro.


Os títulos com remuneração prefixada corresponderam a 34,56% do total da dívida em março, contra 33,63% no mês anterior. Já os títulos corrigidos pela Selic tiveram a participação reduzida para 32,34%, contra 33,33% em fevereiro. O percentual de títulos indexados a índice de preços expandiu de 28,05% para 28,33%.


No mês passado, houve uma emissão líquida (emissão de títulos menos o resgate) de R$ 6,87 bilhões. O custo médio acumulado nos últimos 12 meses foi de 11,76%, ligeiramente acima dos 11,7% registrados em fevereiro. A participação de estrangeiros na dívida interna foi de 11,38% em março, contra 11,39% em fevereiro

Lula ficou com a 'prateleira de projetos'? Por isso nada anda?

Imprensa comprada, incompetente e desonesta.


Clique na tabela para ampliar. A imprensa está veiculando que houve uma redução dos acidentes e das mortes nas rodovias federais. O governo federal, usando um truque para enganar a população, está comparando a Páscoa com o Carnaval. Deveria comparar Páscoa de 2011 com Páscoa de 2010, como está na tabela acima. A imprensa repete como papagaia. Não investiga. Não está preparada. Come pela mão das assessorias de imprensa. Quer release pronto. É incompetente ou desonesta como o governo federal

Base rachada

Veja, abaixo, a resposta da senadora Kátia Abreu (DEM a caminho do PSD - TO) à Folha de São Paulo, colocando Eduardo Campos na linha sucessória de Dilma e rachando a base petista.
Para 2014, o que a sra. espera?
'Dilma é candidata à reeleição, se estiver bem -e vou torcer para que esteja-, ou Lula poderá retornar. Na oposição é Aécio ou Serra. Mas acho que vai surgir uma força dentro da própria base. O PSB tem nomes, o Eduardo Campos [governador de Pernambuco], o Cid Gomes [governador do Ceará]'.

Ela fala como futura presidenta do PSD, partido que nasce estimulado por Eduardo Campos. Quem acompanha política de perto sabe que Pernambuco já começou a perder para a Bahia quanto o assunto é espaço na Esplanada e no Palácio da Alvorada.

Valmir Filho sobe a serra no rastro de 2012



Em Araripina, a eleição de 2012 começou em 2008. Pelo menos para Valmir Filho, médico ortopedista que vem sustentanto o grupo de oposição nas costas nesse período em que todas as lideranças se recolheram. Apenas ele, os vereadores Luciano, Severino e Edvaldo, além de pré-candidatos a vereador como Antônio Careca e Idelfonso do Mel estão correndo o trecho. Aqui, a oposição está na chibata nas três esferas. Mas em qualquer roda de gente o nome preferido para chegar ao poder em 2012 é o de Valmir Filho, que passa dia e noite consultando e operando (muitas vezes atendendo pedido de aliados), e o resto de tempo que sobra visitando amigos e simpatizantes de sua candidatura. Percebe-se no vídeo um pouco do clima da 'campanha de rua' do médico, que para onde vai leva junto amigos, correligionários e familiares, a exemplo do pai, que gosta do moído como poucos. O vídeo foi colhido num aviamento de mandioca, em cima da Serra, na casa do agricultor Banjo, que até música fez para o seu candidato a prefeito.
Pelo que se percebe, desta vez não surgirá ninguém das sombras para se apresentar como 'opção' para desagregar.

Para ganhar eleição, também é preciso saber 'tocar' zabumba...

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Aqui jaz José Augusto

Tenho fontes em todo canto. Gosto de dar crédito a elas, até para testar se falam somente a verdade. Vou revelar uma informação que pode não se confirmar. Mas nem por isso a fonte estará queimada. Podem mudar de ideia na prefeitura, o que será bom.

A informação é: José Augusto, aquele bregueiro, ainda vive e estará cantando (não é dormindo nem fazendo dormir) no São João de Araripina. Os forrozeiros mais exigentes (por forró) dirão: "Neste parque jaz José Augusto". Quando a sua apresentação terminar todos ficarão chocados ao descobrir que ele ainda anda.

São João é palco para forró. Ou não?

Mas tem notícia animadora para a turma que gosta de ralar o bucho de verdade: Garota Safada já teria sido contratada. Eu troco os nomes, mas é Garota Safada mesmo. Gatinha se completa com o adjetivo Manhosa. Então teremos Garota Safada e Gatinha Manhosa? Que bom!

VENHA PARA ARARIPINA NESTE SÃO JOÃO
Palavra do Meu Araripe: O São João de Araripina é o melhro do mundo. Os maiores acontecem em Capina Grande e Caruaru. Mas grandes costumam se comer na faca para decidir quem leva o título.
Araripina tem o melhor e ninguém tasca. Esse título não está em disputa, pois somente Exu teria condições históricas e geográficas para disputar conosco, porém não promove a festa. Estamos no pé da Serra que Luis Gonzaga nasceu e cantou. No friozinho forte que obriga todo solteiro a recolher a 'espingarda' e até passar vergonha por isso. Temos o clima, a tapioca com carne de bode assada, ou com ovo caipira, ou com queijo; o baião de dois com pequi bem acompanhado. E até comida pra vegetariano 'fresco' nos restaurantesmais requintados.
Nosso São João é o melhor desde 1993, quando Dionéa Lacerda o repaginou e o fez grande, lá na Avenida Antônio de Barros. Depois seguiu melhorando e crescendo, tendo que mudar de pátio.
Se você é um dos que nos visita diariamente na Alemanha, na Holanda, nos EUA, Inglaterra, Portugal, Japão, Argentina, etc, garanto que ainda há tempo para se programar. Hotéis não são tantos. Mas as 'moçada legal' e nossa gente hospitaleira nem deixam você pagar hotel; chamam logo para comer e dormir em casa.
O São João de Araripina é o melhor e isso não se discute. Palavra de blogueiro responsável. Venha e volte bem: bem casado (a) ou bem separado (a), dependendo do estado civil que chegar aqui.
E tome pamonha!
E tome bode assado!
E tome caipirinha!
E tome 30 dias de rala-bucho, porque ninguém é de ferro.

Prego para o trabalhador

Ninguém viu a Dilma afirmar que vai cortar em 50% os cargos de confiança onde a "cumpanherada" mama nas tetas públicas ou em taxar o capital especulativo. No entanto, já ameaça as viúvas com o corte das pensões e quer limitar o número de demissões na vida do pobre do trabalhador que vive de trabalhos temporários que, espertamente, o governo petista chama de empregos, deixando de pagar o seguro-desemprego. Aos poucos, Dilma vai mostrando as garras. Jorge Gerdau, o novo consultor, ficou famoso fabricando pregos e arame farpado. Ele é o cara que está modulando as mudanças. Crucificar o trabalhador brasileiro é só uma questão de tempo.

Traduz aí e manda pro 'Alvorada (baixa) da égua' a tradução

"A vacina é uma coisa fundamental para as pessoas: protege, impede que você possa ter alguma coisa de grande complicação, como pneumonia, e tem um lado da vacina que é muito importante, que é o fato de que o nosso país, na área de vacina, tem uma grande tradição de imunização. A gripe, nós antes estávamos vacinando obrigatoriamente os acima de 60 [anos] e as populações indígenas. Agora as crianças, também, de seis meses a dois anos, e também – o que é importante – as mulheres grávidas."

Palavra de Dilma, que mais complica que explica.

sábado, 23 de abril de 2011

Quando dois grandes se agacham em tempos diferentes, falta energia para se levantar com decência.

O conflito da notícia

Abaixo duas notícias em conflito.

Em O Globo se lê que grupos multinacionais investirão R$ 17 bilhões em pesquisa no país.

Já O Estado de S.Paulo informa que "energia cara tira indústrias do Brasil".

Em qual acreditar?

Entenda da seguinte forma: Um já recebeu pelos anúncios publicados; o outro está querendo faturar mais. O leitor é o que menos conta nos dois casos. Venha sempre aqui, sem nunca deixar de colher informações verdadeiras perdidas entre milhões de mentiras escritas por lá. Ler é o melhor exercício para chegar aos oitenta com lucidez.

A volta do sarampo.

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso do Sul registrou, no mês passado, um caso de sarampo em uma francesa de 28 anos, que chegou ao Brasil pelo Rio de Janeiro. A mulher viajou de ônibus pelos Estados do Rio, do Paraná, de São Paulo e Mato Grosso do Sul, onde recebeu atendimento médico em Campo Grande.
Volta do sarampo: mais uma marca do PT.

Os royalties são nossos: marcha dos prefeitos

Prefeitos de todo o país estão se mobilizando e farão uma marcha a Brasília, em maio. Na pauta, a divisão dos royalties do petróleo. Os prefeitos vão pressionar o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), a colocar em votação o veto, do ex-presidente Lula, à redistribuição dos royalties.

A Confederação Nacional dos Municípios, que está organizando a marcha, apoia a emenda Ibsen Pinheiro, que diminui a fatia dos estados produtores, como o Rio, na renda do petróleo.

A mobilização dos prefeitos também pretende pressionar o presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), a colocar em votação a Emenda 29, que trata da responsabilidade da União, dos estados e dos municípios na execução da política nacional de saúde.

“A Saúde precisa. A Emenda 29 está há mais de 1.200 dias parada na Câmara”, critica Paulo Ziukoski, presidente da Confederação Nacional dos Municípios. No texto da lei está prevista a criação de uma nova CPMF, a Contribuição Social para a Saúde (CSS).

O governo ainda não decidiu se vai propor a recriação de um imposto para a Saúde e, por isso, está segurando essa votação

"Um amor de pessoa": Dilma estuda dificultar o acesso ao seguro desemprego.

O governo federal prepara uma regulamentação do seguro desemprego, que se tornou oneroso para os cofres da União. Atualmente, cerca de 7 milhões estão recebendo o benefício.

O Palácio do Planalto debate a forma de restringir o benefício aos desempregados que forem reincidentes. Esboça-se o corte do pagamento para quem for receber o seguro pela terceira ou quarta vez em determinado período - um número de anos a ser estipulado pela regulamentação.

Se reincidente, para receber o benefício, o cidadão terá de comprovar ter realizado algum curso profissionalizante promovido por órgãos do governo.

A notícia foi dada há pouco pelo ministro da Educação, Fernando Haddad (foto acima), no Fórum de Comandabuta (BA), que reúne alguns dos maiores empresários do país e políticos

Dinheiro vai rolar mais que a bola (Editorial)

Não é de hoje que as autoridades têm tratado com um misto de condescendência e bazófia as críticas à lentidão das obras necessárias para a realização da Copa do Mundo em 2014.

Quando o assunto é tratado pela mídia, com base em levantamentos sérios, como o divulgado há dias pelo Ipea, ministros e altos funcionários falam como se tivessem trunfos escondidos na manga da camisa.

E, pouco a pouco, eles são colocados na mesa. Como se não bastasse a Medida Provisória 497, aprovada no ano passado, pela qual foi concedido regime especial de tributação - ou seja, isenção de impostos - para a aquisição de bens ou serviços destinados à construção, ampliação e modernização de estádios, o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2012 abre uma nova brecha, esta ainda mais perigosa.

O projeto da LDO, encaminhado ao Congresso no último dia 15, visivelmente fora de sintonia com o propósito expresso do atual governo de cortar gastos, prevê tratamento especial para obras públicas relacionadas a eventos especiais (leia-se Copa do Mundo e Olimpíada), como aeroportos, estradas e metrôs, para que elas possam ser tocadas com mais agilidade e não sejam interrompidas a todo momento.

É justamente o que as empreiteiras queriam: se não forem inteiramente dispensadas, as licitações serão feitas a toque de caixa, não podendo as obras ser embargadas pelo Tribunal de Contas da União, se surgirem fundadas suspeitas de irregularidades.

Pode ser até que o País não passe vexame perante os estrangeiros por não ter daqui a três anos a infraestrutura necessária para a realização do megaevento esportivo. Mas a forma como os preparativos vêm sendo feitos já são, em si, uma vergonha para os brasileiros. E vai certamente doer nos seus bolsos.

Mesmo com o regime especial de tributação, as obras tenderão a ser muito mais caras, pois, sem controle adequado, abre-se espaço para os abusos e para a corrupção. E, com a inflação rondando, não será novidade se as empreiteiras pleitearem reajustes milionários. Já se viu esse filme.

Com o açodamento que se segue à perda de tempo, é previsível que sejam feitas obras de carregação, que precisarão, logo depois, de reparos ou reformas. Não será surpresa também se vierem por aí esquemas engenhosos para cobrir extravagâncias.
(O Estado de S.Paulo)

Planejamento português: carro a álcool na rua e usinas deixando de produzir o combustível. O preço explode.

Apagão de combustíveis deixa rombo de US$ 18 bi

Com o aumento da frota em circulação, consumo de derivados de petróleo supera a produção local e impulsiona as importações

Raquel Landim, O Estado de S. Paulo

Com a disparada do preço do etanol, que subiu mais de 30% nos postos de combustível desde o início do ano, os motoristas migraram em massa para a gasolina, provocando escassez do produto. Faltou combustível em alguns postos do interior de São Paulo e a Petrobrás e os usineiros chegaram a importar gasolina e etanol.

A situação é resultado da queda da produção de etanol, provocada pela entressafra da cana e pela alta do preço do açúcar, mas reflete também um problema estrutural do País. Com o aumento da frota de veículos e o crescimento da economia, e sem investimentos compatíveis na produção de gasolina, diesel e etanol, o País começa a viver um "apagão" de combustíveis.

O consumo de derivados de petróleo (gasolina, diesel e nafta) ultrapassou a produção local, impulsionando as importações, que ficam cada vez mais caras com o aumento do preço do petróleo lá fora. Em geral, a Petrobrás prioriza a produção de gasolina localmente e concentra as importações em diesel e nafta.

A situação vai provocar um déficit de US$ 18 bilhões na balança de derivados de petróleo este ano, conforme projeção da RC Consultores.

Em 2010, as importações de derivados ultrapassaram as exportações em US$ 13 bilhões, segundo o Ministério do Desenvolvimento. Em 2000, o rombo era de US$ 3,2 bilhões

Uma voz lúcida e verdadeira

"Os tucanos têm praticado o stalinismo às avessas. Stalin bania os inimigos para se manter no poder. O PSDB agora extermina seus amigos para se manter na oposição."
--------------------------------------------------------------------------------

DO SENADOR ALOYSIO NUNES (PSDB-SP), sobre a crise na bancada tucana na Câmara paulistana, que resultou na saída de seis vereadores do partido.

FARC e PT, esperar para ver.

O Instituto Internacional de Estudos Estratégicos, da Inglaterra, IISS, publicará em 10 de maio próximo os documentos encontrados no computador de Raul Reyes, o porta-voz da narcoguerrilha, morto em ataque das forças colombianas, realizado na fronteira com o Equador. Os milhares de documentos, que mostram, principalmente, os esforços de Hugo Chávez para financiar e vender armas à guerrilha estarão disponíveis em CDs que serão vendidos ao público, informou o IISS em sua página na internet. Os vínculos do PT com as FARC serão finalmente revelados, inclusive os detalhes do escandaloso refúgio concedido para Olivério Medina? Dia 10 de maio.

Custo da nossa energia diz bem o que é ser governado por petistas - Fábricas vão fechar.

O Brasil tem geração abundante de energia. O problema, na avaliação de Eduardo Spalding, coordenador da Comissão de Energia da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), é a carga tributária do setor, que ultrapassa 50%. Como consequência, o custo da energia no Brasil é o dobro da média mundial: cerca de US$ 60 o megawatt/hora (MWh), contra US$ 30, segundo a Commodities Research Union (CRU), consultoria internacional que acompanha preços de matérias-primas para diversos setores como mineração, siderurgia e energia elétrica. "Isso nos coloca em uma situação insustentável", diz. "O custo da energia, descontada a inflação, dobrou em nove anos no Brasil''. Para a produção de cloro e soda cáustica, a maior pressão vem de produtos dos Estados Unidos. "A tendência é o setor deixar de existir no Brasil", afirma Manoel Carnaúba Cortez, vice-presidente executivo da Braskem. Segundo ele, o País já importa 1 milhão de toneladas de soda cáustica por ano, para um consumo total de 2 milhões de toneladas.

Fim do jejum, espingarda no tumtum!

Tenho conhecimento das coisas da roça. Também sou do ramo e conheço os costumes do povo que trabalha e também do povo que suga o fruto do trabalho de fazendeiros e proprietários rurais esforçados.
Sei bem que ladrões de galinha costumam se aproveitar da fé cristã de produtores rurais para atacar poleiros na semana santa. Ladrões sabem que pessoas de bem quase nunca apertam o gatilho, menos ainda na semana santa. Aí fazem a festa. Aí levam metade das galinhas de gente honesta. Hoje pela manhã presenciei um moleque gordinho ajudado por outros cinco roubando a feira de um agricultor no Mercado Hortigranjeiro. Arrisquei a pele e o fiz colocar os produtos de volta na carroceria do velho trator desprotegido. Agricultor costuma ter boa fé; acreditar em tudo e em todos. O problema é que a conta é de um agricultor para dez moleques vagabundos e pais da mesma cepa, ou relapsos.

Ao problema maior
Fiz as contas e descobri que já paguei mais de 30 mil Reais de impostos este mês. Vai tudo para os petistas fazerem o manuseio. E você sabe bem o que petista graduado faz com nosso dinheiro.
A sexta-feira santa passou e minha mãe liberou o teclado. Não corro mais o risco de desobecê-la e assim magoar nosso Senhor.

Então vou contar o que pensei sobre os ladrões de galinha e sobre os gatunos que vi na feira assaltando um velho agricultor.
Acredito que a melhor solução para proteger o nosso poleiro é a seguinte:
a) Raposa que vier atacar nossas galinhas a gente derruba na bala e joga às piranhas;
b) Ladrões comuns que vierem à meia noite a gente assusta com uma bomba pra cima, prende na corda e deposita na cadeia para nunca mais soltar;
c) Menino que assalta fazendeiro ou idosos na feira a gente entrega ao Conselho Tutelar para providências; faz fotos para deixar o rosto 'bem familiar'. Se o Conselho Tutelar não tomar providências, denuncia-se o Conselho;
d) E o principal: Petista ladrão de impostos apareceu na área, a gente chama o veterinário para capar, evitando assim que propague a espécie.
Como a Lei não permite isso, a gente faz sua foto, espalha pelas esquinas da internet e conclama a população a rejeitar nas urnas.
O que não pode é a gente sustentar gente tão incompetente e desonesta, que nem saúde e educação devolve como forma de gratidão. E, por cima, deixa crianças abandonadas para que se acostumem com os pequenos roubos e em seguida com os grandes latrocínios.

Já viram que a semana santa acabou e que a tolerância acabou com ela.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Jejum

1) Seguindo conselhos de quem transborda de amor por mim, fiz jejum. O amor de mãe é capaz de tudo...
2) Entendendo o verdadeiro espírito da coisa, fechei a boca aqui também.
3) Antes um pouco, fui relapso. Parei uns dias para contar "meus cabritos" e esqueci que vocês estavam aí. Muitos se preocuparam e entupiram a caixa de mensagens. Ao entrar e ler, resolvi postar para justificar minha ausência. E para pedir que chamem os detetives de volta. Fiquem tranquilos. Os barbudinhos que arrancam nosso dinheiro estão ocupados em contar o que levam através de impostos e taxas. Nem lembram que eu existo. A preocupação deles é calar Bonner e Fátima Bernardes. Fazem isso comprando a alma de Roberto Marinho.
4) Volto agora ao jejum. Se continuar 'abrindo a boca' nesta data Sagrada, Deus ficará triste comigo. Minha mãe não gosta que eu seja desobediente.

Feliz páscoa e até depois dela.
Acho que vocês entenderam o recado de minha mãe.....

... Vinho, só se for bom. Bom, só se for do Vale do São Francisco pernambucano.
Não entendo muito de vinho. Só gosto daquele Boticcelli que é tinto e meio doce.
Se for de outro eu dissolvo em água e coloco açúcar, terminando assim o trabalho iniciado nas 'vinícolas' nacionais.
......

Tô indo, mamãe!...
Sóbrio...

segunda-feira, 18 de abril de 2011

O resumo da incompetência. A coisa é mais séria do que pensamos.

O exemplo abaixo diz tudo.
Em 2007, a Vulcabrás recebeu R$ 314 milhões do BNDES para comprar a Azaléia. A Vulcabras produzia a marca Reebok, a Azaléia fabricava a marca Olympikus. Juntas, as empresas passaram a liderar o mercado nacional de calçados esportivos, com uma produção da ordem de 20 milhões de pares anuais. O empréstimo foi fechado com juros de 4% ao ano.


Já em 2008, a Vulcabrás fechou uma fábrica da Olympikus, no Rio Grande do Sul, desempregando 400 empregados.


Em 2009, a Vulcabrás demitiu mais 600 funcionários no Rio Grande do Sul, de uma só tacada.


Em março de 2011, a empresa informou que irá demitir mais 5.000 funcionários, nas suas fábricas da Bahia e Rio Grande do Sul.


Hoje os jornais informam que a Vulcabras comprou uma fábrica na Índia e está transferindo para lá a operação de costura dos tênis Olympikus, que é a de maior uso de mão-de-obra, empregando milhares de pessoas.


O Brasil está uma bagunça para quem exporta. Para ter competitividade em alguns setores atacados frontalmente pela China, é preciso produzir lá fora, gerando emprego lá fora e mais: realizando o lucro lá fora, sem pagar impostos aqui dentro. No entanto, o governo petista está emprestando dinheiro do BNDES para que empresários agressivos comprem concorrentes no Brasil para depois fechá-los, como é o caso da Vulcabrás, gerando desemprego. Deveria haver regras nestes empréstimos a juros subsidiados. Deveria haver compensações e não há. O resultado é esse: vamos empregar indianos e demitir "brasileirinhos", como os chama Dilma Rousseff. E o ministro da Fazenda informa, oficialmente, que não sabe o que fazer com o câmbio. Que chame o José Serra e peça ajuda.
...............................................................................
Considerem os problemas com os quais o governo Dilma lida neste momento: inflação e juros altos; aeroportos e infraestrutura da Copa, tudo atrasado; entrada excessiva de dólares e real muito valorizado; comércio desequilibrado com a China.São heranças do governo Lula. Claro que toda administração deixa coisas inacabadas para seu sucessor, mas trata-se aqui de algo mais. Em seu mandato, Lula não avançou um passo sequer no aperfeiçoamento do modelo econômico. E não foi capaz de ou não teve interesse em alterar as regras institucionais e o modelo de gestão que emperram as obras públicas no País. Curioso: Lula não aceitou as propostas econômicas mais à esquerda, mas também não embarcou totalmente na ortodoxia. Foi tocando uma coisa mista, deixando correr...

Por enquanto ella não está dando conta

Difrente dos bajuladores de plantão falam, Dilma não está dando conta do recado.

O mercado financeiro elevou pela sexta vez seguida a projeção para o IPCA em 2011, que passou de 6,26% para 6,29%, segundo a pesquisa Focus, divulgada nesta segunda-feira, 18, pelo Banco Central. Para 2012, no entanto, a previsão foi mantida pela segunda semana seguida em 5%. A estimativa do mercado para o IPCA nos próximos 12 meses à frente (suavizada) subiu de 5,41% para 5,42%. No grupo das cinco instituições que mais acertam as projeções de médio prazo (top 5), a previsão para o índice em 2011 subiu de 6,39% para 6,42%.

O assunto é Copa do Mundo? Aí é que ela não sabe por onde começar.

'Prejuizinho' de Eike

O empresário Eike Batista encerrou esta segunda-feira 6,8 bilhões de reais mais pobre. O motivo foi a reação negativa aos números divulgados pela OGX, a petrolífera de Eike, na última sexta-feira (15/4). As ações ordinárias da empresa (OGXP3, com direito a voto) fecharam a segunda em queda de 17,23%, cotados a 16,26 reais por papel. Em dólares, as perdas de Eike, hoje, somaram 4,3 bilhões, considerando um câmbio de 1,591 real por dólar. Em março, a revista Forbes avaliou a fortuna de Eike em 30 bilhões de dólares. O montante o colocava como o oitavo homem mais rico do mundo – e o número um no Brasil.

domingo, 17 de abril de 2011

Diário de Pernambuco: "Humberto é o petista de confiança de Dilma em Pernambuco"

Meu Araripe: Então traz universidade e Canal do Sertão para o Araripe. Deu no Diário de Pernambuco: "O PT de Pernambuco nunca esteve tão em alta como agora no governo Dilma Rousseff. O prestígio dos petistas do estado pode ser simbolizado com o espaço que a direção nacional destinou ao líder do partido no Senado, Humberto Costa. Se na segunda gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o principal interlocutor do estado com Brasília (DF) era o governador Eduardo Campos (PSB), agora esse poder de opinar e até influenciar nas ações do governo é divido com Humberto". Gostaria de falar em nome do povo do Araripe, me dirigindo ao ilustre senador, para lembrar ao mesmo que o Araripe está esperando suas ações. Para começar, queremos o Canal do Sertão e uma extensão da Universidade Federal.

As revistas semanais e suas 'bombas'

VEJA: Sentença por dinheiro

A revista Veja desta semana revela o motivo pelo qual o ministro Cesar Asfor Rocha, favorito à vaga no Supremo Tribunal Federal no início do ano passado, acabou ficando de fora da disputa. Segundo ele, a desistência deveu-se ao envolvimento de seu nome em um suposto caso de suborno. Interlocutores do ex-presidente Lula disseram à revista que Asfor Rocha não seria o escolhido para o Supremo, já que um amigo de confiança do então presidente havia acusado o ministro do Superior Tribunal de Justiça de pedir dinheiro para julgar um recurso na Corte.

Para preservar sua “dignidade pessoal”, Asfor Rocha comunicou ao presidente do Congresso José Sarney que não tinha interesse na indicação e pediu que o senador comunicasse a decisão a Lula.

Época: Negócios e tráfico de influência do vice-presidente da CEF

Reportagem de Diego Escosteguy e Murilo Ramos (com Marcelo Rocha) na revista Época desta semana revela os lucrativos negócios familiares, os perdões milionários e as histórias de tráfico de influência do vice-presidente da Caixa Econômica Federal, Fábio Lenza, responsável pela área de Pessoa Física do banco controlado pelo governo federal, informa a coluna de Cláudio Humberto. Foi feito sob sua tutela, por exemplo, o inacreditável acordo firmado entre o Grupo Bozano e o Banco Santander que perdoou uma dívida de R$ 1,9 bilhão das empresas.

Lenza é afilhado político do senador José Sarney e seu nome aparece nas investigações da Policia Federal sobre as atividades dofilho do político, Fernando Sarney. Olga, irmã de Fábio Lenza, é secretária de Educação do Maranhão, no governo Roseana Sarney. Uma sobrinha de Fábio está empregada no gabinete do senador João Alberto, aliado de Sarney, também do PMDB do Maranhão. E a mulher de Lenza é gerente de relações parlamentares da Caixa. Por meio de sua assessoria, o senador Sarney afirmou que conhece Lenza há mais de 20 anos, mas disse que ambos mantêm apenas uma “relação superficial”.


IstoÉ: O roubo na Previdência não acabou; mudou de mãos, diz Jorgina
A revista IstoÉ desta semana publica entrevista com Jorgina de Freitas, chefe da quadrilha responsável pela maior fraude já ocorrida no Brasil. Em sua primeira entrevista após sua prisão, eka denuncia esquema com leilão de imóveis do INSS e afirma que o roubo, nessa área, “apenas mudou de mãos”. Hoje com 61 anos, Jorgina Maria de Freitas Fernandes esteve à frente de uma quadrilha formada por 25 pessoas – entre juízes, advogados, procuradores do INSS, contadores e peritos – para desviar R$ 1,2 bilhão dos cofres públicos, em valor atualizado. Em entrevista a Wilson Aquino, de IstoÉ, ela acusa a Previdência de promover nova fraude. Só que, desta vez: os 60 imóveis que adquiriu com o dinheiro do golpe e que foram sequestrados pela Justiça para ressarcir a Previdência, serão leiloados a preço de banana por algum motivo obscuro. “Eles me chamam de fraudadora e quem está fraudando agora?”, questiona.(COLUNA DE CLÁUDIO HUMBERTO)

Mas a única notícia de impacto do final de semana foi a não prisão em flagrante de Aécio Neves, que dirigia embriagado e sem carteira pelas ruas do Rio. Fosse ele um 'coitado', teria dormido ao lado de um outro delinquente.

Bode fora da Copa do Interior; prejuízo para anunciantes...

O Araripina perdeu em casa, de forma inesperada por 1 x 2, para o América, dando adeus ao G8 do campenonaro pernambucano, perdendo desta forma o direito de disputar a Copa do Interior, um quadrangular final com os times situados entre quarto e oitavo lugar na competição. A trave do Araripina caiu na prorrogãção, aos 48 minutos do segundo tempo.
Da mesma forma que o gol adversário representou um balde de água fria na torcida e no time, o mesmo ocorreu com muitos anunciantes que já tinham campanha publicitária pronta para ser lançada nesta segunda-feira, caso tivesse prevalecido a lógica e o Bode conseguisse a vitória sobre o time de Paulista, que amargou a lanterna até a rodada anterior do campeonato.
Contudo, há que se comemorar a permanência na elite do futebol pernambucano, uma excepcional vitrine tanto para o time quanto para a cidade.
Quanto aos anunciantes, fica a festa adiada para 2012.

Aécio: "Perdeu, playboy" - Que seja agora, para não expor a oposição ao ridículo

O senador mineiro, Aécio Neves(PSDB) foi flagrado hoje, em blitz realizada no Leblon, Rio de Janeiro, com a carteira de habilitação vencida. Na oportunidade, às três da manhã, negou-se a fazer o teste do bafômetro. Além de ser multado em R$ 957,70 e de ter o documento apreendido, só foi liberado porque chamou um amigo para retirá-lo do local, na sua flamante Land Rover.
Aécio já esbofeteou uma namorada, também no Rio, em frente a muitos, inclusive jornalistas 'de camarote', que receberam propina para silenciar. É esse o degenarado que o PT escolheu para fazer oposição a Dilma.
Que caia logo tropeçando em sua conduta, para que lá na frente não venha vestir pele de cordeiro fácil de ser arrancada pelos petistas, no quente de uma campanha presidencial. Como dizem os cariocas: "Perdeu, play-boy!".

sábado, 16 de abril de 2011

2012 começou: Valmir Filho reúne a oposição, dando início a caminhada pela reconquista da prefeitura.

O médico Valmir Filho, pré-candidato a prefeito, reuniu em sua casa, na Fazenda Lacerdolância, quase todos os integrantes da oposição local, demonstrando que a unidade poderá prevalecer em 2012.

Dando crédito total a palavra de Bringel, que o lançou candidato ainda no ano passado, Valmir tratou de convidar exatamente os integrantes desse grupo, ampliando o palanque com gente nova que chega para somar, a exemplo de Tadeu do Banco, Romério Batista, Idelfonso do Mel e Antônio Careca, comerciante que já se anunciou candidato a vereador.

A palavra empenhada por Bringel no ano passado parece ser solução, mas pode também ser problema em 2012. Da forma que o cumprimento do prometido significa unidade e quase certeza de vitória, uma negativa de Bringel pode significar a divisão de forças e a conseqüente rearrumação do grupo hoje comandado por Valmir Filho. Muita gente está cautelosa com as palavras, evitando queimar pontes. Nada que esteja em sintonia com o que disse Bringel, quando assegurou que jamais subirá em palanque de Valdeir Batista e de Lula Sampaio. Aliás, Lula foi o único alvo dos discursos.

Todos os cinco vereadores de oposição marcaram presença, inclusive João Dias, que demonstra ter iniciado a caminhada da volta. Francisco Edvaldo falou em nome dos cinco presentes (ele próprio, Severino Lacerda, Zé Bolacha, Luciano Capitão e João Dias) .

Moisés Neri, Tico de Roberto, Moisés Filho, Danda Simeão, Divona e Robinho representaram os ex-vereadores e suplentes. Danda fez uso da palavra pelos demais, encorajando o anfitrião da noite a disputar a prefeitura.

O empresário e político Valmir Sineão, os ex-vereadores João Capitão, Zé Batista e Zé Bihum, os empresários Deval e Nonato Simeão e diversas lideranças emergentes se fizeram presentes, num claro sinal de que a largada da oposição foi animadora.

JEITO NOVO, RISCO VELHO

Valmir Filho é exatamente o oposto do que se espera de uma raposa política. É muito direto e raciocina como um cidadão comum. Sente sem esconder as chamas de um fogo amigo e acusa na hora qualquer início de chama. Ontem isto ficou evidente, quando o mesmo deixou claro que todos os presentes eram seus convidados, não admitindo vetos ou questionamentos a presença de pessoas que por razões desconhecidas informam ter deixado o grupo de Lula. “Ele é meu amigo de infância e meu convidado. É bem vindo na minha casa e ao grupo que quer fazer o melhor por Araripina”, declarou, ao se referir aos ‘reparos’ que ouviu sobre a presença de um ex-aliado de Lula. Já no final de seu discurso, Valmir Filho deu outra prova de que não é do seu feitio esconder nada de eleitor nem de aliado, ao dizer que “Alguns aliados me pedem para só falar da administração do meu pai, mas defendo a minha mãe da mesma forma, porque conheço sua honestidade e sei que ela fez o melhor que podia fazer. Digo isso em qualquer lugar”. Prova maior de que a transparência contaminou o velho grupo que no passado comandou Araripina e hoje está na oposição não poderia ser dada. Nunes Rafael aumentou esta cristalinidade, ao abordar de forma direta temas que atormentam algumas lideranças e militantes da oposição. Aos poucos, as coisas vão clareando e as fissuras aparecendo, para que os ‘pedreiros’ de plantão cheguem a tempo de fechar.

Oradores da noite

O encontro foi aberto pelo anfitrião, Valmir Filho. Além das boas vindas, o médico inaugurou a temporada de questionamentos à gestão do prefeito Lula Sampaio e foi enfático na defesa de uma oposição forte, responsável e acima de tudo renovadora dos métodos e costumes.

O segundo orador da noite se transformou na atração do evento. Aos mais de 60 anos, Antônio Careca, famoso enfermeiro e dono de farmácia, conhecido como o 'medico dos pobres', centrou seu longo discurso no pré-lançamento de sua campanha a vereador, focando o eleitor mais pobre, para quem prometeu doar metade de seu salário, caso eleito. Devoto de São Francisco e Frei Damião, Antônio Careca provou que o devoto pode lembrar o santo. Seu jeito manso de falar lembra os antigos sermões do missionário que percorreu o Nordeste fazendo pregações.

Danda Simeão demonstrou a firmeza de sempre e o bom estilo animador, usando palavras escolhidas a dedo para fortalecer a pré-candidatura do médico Valmir Filho.

Tadeu Lima, ou Tadeu do banco, fez um discurso moderno, em sintonia com os novos tempos, conclamando os presentes a levar adiante esse projeto de uma Araripina grande, que privilegie o profissionalismo, eleminando o clientelismo e o cabide de empregos improdutivo.


Idelfonso do Mel, outro bom de discurso, mostrou que está usando o microfone pelo menos 20 vezes por semana, tamanha a sua habilidade com as palavras. De todos, foi o mais enfático nas críticas a atual gestão.


Nunes Rafael, mantendo a coerência, não empurrou problemas de grupo para lugar escuro. Jogou luz sobre os gargalos a serem solucionados. Chegou, inclusive, a justificar o motivo principal que o levou a ser carinhosamente chamado de 'verde' pela bancada de vereadores da qual fez parte.


Francisco Edvaldo, vereador, falou em nome dos demais companheiros de bancada de oposição, externando o apoio irrestrito ao projeto encabeçado por Valmir Filho. Para ele, é preciso montar um palanque forte, coeso, para enfrentar o atual prefeito.

Zé de Belo, líder comunitário do Povoado do Cavaco, expôs os problemas de sua comunidade, deixando claro que os buracos da cidade são problema menor diante das angústias vividas pelo agricultor do município.

A qualidade dos discursos e o peso político e eleitoral dos presentes serviram para animar ainda mais as lideranças de oposição, que usarão os meses seguintes para fortalecer os partidos com vistas a disputa por vagas na câmara de vereadores.

Veja abaixo as fotos 'furtadas' do Casa de Abelha, que esteve lá.

A "Revista Caras" no encontro da oposição, na casa do médico Valmir Filho

















Assino sem contestar uma vírgula

Contrariando as unanimidades burras, Magno Martins abre o olho de leitores dominados. Com jeito diferente, ele reforça o que sempre dissemos aqui.

"O rombo é grande

É dada como certo em Brasília a queda do ministro da Fazenda, Guido Mantega, tão logo a presidente Dilma regresse do périplo a China, pelo fato de estar perdendo a batalha do controle da inflação. Existe uma alta generalizada, é verdade, a começar pelo preço dos combustíveis. Aos poucos, a população percebe que o Governo fraqueja e que o dragão inflacionário bateu à sua porta.

Mas, a crise instalada no Governo não se restringe ao controle dos preços e as medidas restritivas ao crédito para frear a inflação, incluindo os juros estratosféricos. O caixa da União está vazio. Não há dinheiro para absolutamente nada. Além de cortar R$ 50 bilhões, Dilma não libera recursos para os Estados, o PAC praticamente estagnou e os servidores federais ameaçam uma greve geral após a sinalização de que terão apenas 1% de aumento.

Em meio a tamanhas dificuldades, Dilma sofre a pressão pela liberação dos recursos destinados às obras de preparação da infraestrutura dos Estados sedes da Copa do Mundo em 2014. Tudo está atrasado, inclusive as obras nos estádios e aeroportos, sinalizando de que a competição mundial de futebol pode se configurar numa grande ameaça à imagem do Brasil".

Nós: Quem discordar do exposto vive em outro mundo. Nem à feira está indo.

Resposta curta e simples

Ontem, se dirigindo a pessoa errada, um político perguntou por que o Blog Meu Araripe privilegia temas nacionais em detrimento dos temas locais. Ouvi a pergunta e vou responder: Tenho cerca de 3 mil leitores assíduos. Apenas 800 são da região; 2 mil estão espalhados pelo Brasil sempre saqueado e outros 200 moram fora do País.
A falta de temas relevantes na terrinha também colabora para a feição do blog. Aqui não entra hipocrisia.

Dilma desiste da meta de inflação.

Dilma Rousseff deu ontem um aval claro para a nova política do Banco Central de aceitar uma inflação acima do centro da meta de 4,5%. No Fórum de Boao para a Ásia, Dilma reafirmou que são fundamentais "o controle da inflação e a estabilidade fiscal", para depois deixar claro que ambas as condições não são um fim em si mesmo nem valor absoluto. "Tem quer ter como objetivo criar condições para o crescimento e a inclusão social, sobretudo naqueles países em que parcelas enormes da população ainda vivem em situação de pobreza ou de pobreza extrema", disse. As informações são da Folha de São Paulo. Em outras palavras, jogou a toalha e oficializou que o seu governo não tem competência para dominar a inflação que havia sido vencida pelo Plano Real.

Tapetão para amedrontrar o PSD que nasce.

Um resumo da nova ópera política.

Aliados ao DEM, partidos que estão perdendo filiados para o PSD do prefeito Gilberto Kassab darão início a uma série de ações na Justiça, na tentativa de impedir a migração de políticos e o registro da nova legenda.Advogados do DEM, PTB, PMN e PPS trabalham juntos para questionar a sigla que será fundada por Kassab. O PPS -que tem três deputados de saída- já questiona no STF (Supremo Tribunal Federal) a resolução que considera legal a saída de políticos de um partido para fundar outro -norma que viabiliza a movimentação de Kassab e aliados.


Na segunda-feira, o PMN entrará com um mandado de segurança no TSE com o mesmo argumento.Em outra frente, o PTB, auxiliado por advogados do DEM, questionará o uso da sigla PSD pela nova legenda. Campos Machado (PTB-SP) afirma que seu partido incorporou o antigo PSD, fundado por Juscelino Kubitschek -Kassab, no entanto, se diz "tranquilo" sobre a viabilidade jurídica da sigla.Ontem, ele oficializou a adesão do PC do B e do PMDB ao governo: nomeou o comunista Gilmar Tadeu Ribeiro secretário de articulação da Copa e o peemedebista Bebeto Haddad para Esportes. (Da Folha de São Paulo)
..................................................................................

Enquanto isso, o senador José Agripino Maia (DEM-RN), presidente da sigla, foi recebido em um dos berços do DEM, Santa Catarina, com carinho, respeito e nenhuma certeza de que Raimundo Colombo, governador do estado e afilhado político de Jorge Bornhausen, não sairá da sigla. Esteve reunido com o governador, que manteve total mutismo sobre o encontro.Não permitiu nem mesmo fotos do encontro realizado. Frustrado na tentativa de recolocar o DEM nos trilhos, hoje entregue para Aécio Neves(PSDB-MG) pela mão de Maia pai e Maia filho, Jorge Bornhausen e seus aliados estão conduzindo a transição catarinense da forma mais habilidosa possível, olhando todas as implicações da política local.

Discursos afiadíssimos e novo jeito de fazer política na reunião promovida por Valmir Filho. Oposição começa a mostrar nova cara.

Daqui a pouco. No forno assando lentamente, porque o sol da meia noite foi quentíssimo.

- Antônio Careca surpreende com discurso (de candidato) que lembrou Frei Damião;

- Tadeu do Banco veio da capital exclusivamente para reforçar essa corrente que prega renovação em Araripina. Discurso da modernidade;

- Idelfonso do Mel mais afiado do que nunca;

- Danda ainda mais experiente;

- Nunes, mais maduro, tirou do baú o significado do apelido "verde". 'Lavando roupa' dentro de casa, arrancou aplausos;

- Vereador Edvaldo fala em nome da bancada de oposição e incentiva Valmir Filho a ganhar as ruas com sua candidatura. Edvaldo falou pelos cinco oposicionistas, pois até João Dias se fez presente.

- Representantes de Nascente, Lagoa do Barro, Rancharia, Morais e de povoados. Muitas alternativas para Valmir Filho montar chapas densas, sem necessidade de fazer uso do chamado plano B.
- Moisés pai ou Moisés Filho? Ambos estavam lá.

- Robinho, com perfil de candidato, marcou presença.

- Romério Batista, presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, fez discurso em defesa da ética.
- Fogo amigo, com essa nova geração, se combate na hora, e com 'água benta'. A fórmula foi lançada por Valmir Filho, o anfitrião. O velho jeito de fingir que o casamento vai bem acabou. A ‘relação’ agora é discutida em ‘família’, sem hipocrisia.

(....) O EDITOR do blog não esteve lá, mas entrou em alfa logo no discurso de Antônio Careca e captou tudo pelos sinais vindos com os ‘ventos quentes soprados pelas montanhas’. Imagens não recebemos. Mas se o PT e aliados saqueiam Brasília e satélites Brasil à fora, irei na Casa de Abelha ‘furtar’ as melhores.

Detalhes já.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Negão do Mel: Um justo e merecido emprego na prefeitura, uma homenagem de carnaval e um triste final.

Terminou mal a carreira de militante político de Luis Carlos, mais conhecido como “Negão do Mel”. Sempre fiel ao prefeito Lula Sampaio, carregou por mais de uma década sua bandeira, antes numa bicicleta, e em seguida numa moto.
De origem humilde e hábitos idem, Negão do Mel se fez ‘famoso’ pela persistência e também pela insistência com que tratava as questões do cotidiano, sempre pondo os temas políticos à frente de questões alheias a isto.
Talvez por ser tão simples, se tornou 'carimbado' (simplório), à medida que assumiu cargo de confiança na prefeitura, o que lhe conferiu maior vulto e suposto respaldo para defender a bandeira do prefeito e suas posições políticas e administrativas. A homenagem que recebeu no carnaval de 2009 também lhe elevou o ego e contribuiu para lhe aumentar a certeza de que poderia elevar o tom e ampliar o estilo trombador, que alguns consideram provocador. Tudo em função de falta de costume com o poder e de melhores conselhos; e também pela vida dura que levou e o pouco tempo que teve para frequentar a escola - o que lhe daria maior discernimento.
Depois de muitos altos e baixos como homem do “coração do prefeito”, sempre reverenciado e às vezes ‘estimulado’ por gente mais ‘comedida’ a elevar o tom e tomar as dores naquilo que não lhe dizia respeito, Negão do Mel exagerou no ‘modus operandi’ em lugar impróprio e por isso perdeu a vida. Este blog não entrará em detalhes no triste assassinato de Negão do Mel, até por respeito a sua família e amigos. Mas, como de costume, chama todos à reflexão. Aqueles que enveredam por caminhos semelhantes, esquecendo que o que deve ser combatido é o discurso e o candidato em si, e não a militância contrária, menos ainda parentes que se opõem politicamente, terminam por se deparar com situações vexatórias e muitas vezes arriscadas.
Por tudo que já ocorreu nos últimos meses e agora de forma trágica com Negão do Mel, cabe mais um alerta aos líderes políticos. E o alerta é claro: pessoas simples, de formação intelectual frágil, não podem ser estimuladas, jamais, a cultivarem o ódio nas relações interpessoais em função de política. E, de forma alguma, o militante (humilde ou não) pode ser cobrado a fazer defesa de nenhum gestor ou grupo político como forma de retribuição a cargo ou status, ou como forma de manter essa conquista.
Negão do Mel fará companhia a Geraldo, militante aguerrido para quem sobrou uma agressão fatal ainda hoje não desvendada.
É hora de confortar a família. E hora também de evitar acirramento dos ânimos; hora de líderes organizarem reuniões de emergência com aqueles mais ‘aguerridos’ ou menos ‘lúcidos’, para dar contra-ordem, ou, em último caso, para avisar que a ordem é moderar. Araripina agradece.
Que se faça justiça apenas com a força da Lei; Que jamais se incentive a vingança. Araripina não abre mão da paz que estava acostumada a celebrar. Não há luta pela preservação do poder ou conquista dele que justifique perdas humanas e perda da paz.

João da Costa é duramente criticado por mais um parente do governador

Está sendo difícil para o prefeito de Recife, João da Costa, se considerar e se dizer aliado do Palácio do Campo das Princesas. De janeiro para cá, os aliados de Eduardo Campos não dão trégua. É um atrás do outro descendo falação no petista. O problema maior, contudo, é outro. Vez por outra Eduardo Campos ‘libera’ um parente (Arraes) para descer a ‘lenha’. Ontem foi a vez do araripinense João Arraes, vereador pela capital, abrir o verbo contra João da Costa. Justo no momento em que o homem ‘contrata’ uma infinidade de jornalistas nos veículos de comunicação para fazer sua defesa, a fim de se levantar para estar de pé no ano eleitoral. Deste jeito não entrará em 2012 sequer de cócoras.

Uma CPI que pode balançar de cima a baixo

Um dos parlamentares que ajudou a criar o Fundeb – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica, do Ministério da Educação, o federal Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) começou ontem a recolher as assinaturas para a criação da CPI do Fundeb. O governo federal, segundo ele, perdeu – desde o início – o controle do repasse. Foram R$ 17 bilhões já enviados para prefeituras e governos do estado. Chamou a atenção o fato de muitos desvios, como a da compra de uísque por uma prefeitura, em vez de verba para a merenda escolar.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Prefeito Lula diz que limpou terrenos baldios pela última vez

Em entrevista a Martinho Filho, o prefeito de Araripina, Lula Sampaio, revelou algo impossível de cumprir: "Que acaba de limpar os terrsnos baldios da cidade, e que esta é a última vez que isto acontece", acrescentando que "agora quem vai limpar é o dono do terreno", sob pena de ser multado.
Esqueceram de avisar a Lula uma coisa simples: Quase todos os terrenos de Araripina estão em nome de pessoas mortas ou de donos anteriores, e que por isso a multa não será paga, nem entrará na dívida ativa; muito menos que os terrenos serão limpos pelos donos.

A BOA NOTÍCIA É OUTRA
Atirando nesse coqueiro, Lula derrubou um coco que não viu antes de 'atirar'. A especulação 'imobiliária' em Araripina. Basta dar uma volta na cidade e perguntar ao motorista o dono da maioria dos terrenos baldios para descobrir porque terreno é tão caro na capital do gesso, e porque a cidade é obrigada a crescer para dentro do riacho e para cima do morro, onde não existe serviço de infraestutura algum.
Vai nessa, Lula! É uma boa causa. Cinco proprietários de terrenos, em tese, são responsáveis por 90% dos terrenos baldios e pela geração de quase todos os mosquitos da dengue.

Cobaias americanos

A Petrobras ainda não tem data para iniciar a perfuração em águas profundas nos campos de Chinook e Cascade, no Golfo do México (EUA), após problema com tanque de flutuação, em 23 de março.
Cabe perguntar: E nos campos daqui, que são mais profundos?
Esse dilema lembra a conversa mole de que Usina Nuclear só é insegura no Japão.
A lama de óleo preto no mar, derramada com um simples defeito num poço do Golgo do México no ano passado e a dificuldade de soliucionar o problema desmonta qualquer versão de que é fácil trazer petróleo de águas profundas à superfície.

Providencial notinha

"Estelionato
O governo impõe notas fiscais eletrônicas às empresas, mas é incapaz de oferecer, principalmente no interior, internet de banda larga de ao menos um mega de velocidade, indispensável ao sistema. As telefônicas vendem um mega, mas entregam no máximo 500 bytes"
Essa de Cláudio Humberto joga luz sobre outros problemas, como a exigência de receita de toda cor para a venda de remédio, quando nem médico há para atender os enfermos. Não resta dúvida de que o governo conta a mentira e acredita nela. Ou seja, mente que o País anda bem e não volta ao sertão de terra batida para verificar a distância e o abismo.

Trem-bala aprovado, propina pra todo lado

Para o nosso Canal do Sertão não sai um tostão, mas o Trem-bala de paulistas e cariocas assegura verba para todo político ladrão.

Maioria esmagadora do governo no Senado aprova trem-bala.


Por 44 a 17 votos, o Plenário do Senado aprovou há pouco o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 7/11, oriundo da Medida Provisória (MP) 511/10, que autoriza financiamento de até R$ 20 bilhões do BNDES para a construção do Trem de Alta Velocidade (TAV), mais conhecido como trem-bala, que ligará São Paulo ao Rio de Janeiro. A proposta foi relatada pela senadora Marta Suplicy (PT-SP). Na primeira votação, que avaliou a admissibilidade da proposição, a matéria foi aprovada por 46 x 19 votos.

Enquanto isso, ninguém fala em irrigar o sertão que moramos com o Canal da Fartura; enquanto isso, as demais capitais do Brasil estão sofrendo com as obras de seus metrôs quase paradas.

Nasceu o PCM - Partido da Classe Média, para defender quem paga o luxo do andar de cima e enche o bucho do andar de baixo

Única mulher entre os políticos que aderiram ao PSD no seu lançamento, a senadora Kátia Abreu (TO), de saída do DEM, deverá ser a nova presidente da sigla. Ontem, ela reafirmou o que havia manifestado no seu discurso no Senado, na semana que passou, que o PSD nasce para "dar voz" à classe média. Ontem, FHC deu ressonância ao foco do novo partido, em seu polêmico artigo. A senadora declarou que o partido se voltará para "os 100 milhões de contribuintes brasileiros" que não vêem a contrapartida de seus impostos. "Quem paga tem o direito de exigir educação, saúde, justiça e segurança de qualidade, compatível com sua contribuição como pagador de impostos", acrescenta o manifesto de fundação, num tom sensível aos interesses da classe média. Em contrapartida, sem restringir o campo de ação "às novas classes possuidoras" - na definição de Fernando Henrique -, Kátia Abreu ressaltou que o PSD também vai disputar os votos do "povão": "Não viemos para um duelo ideológico, mas não aceitaremos que o monopólio dos mais pobres fique com a esquerda. O capital não precisa de proteção, o mercado o protege", completou.
Como se percebe, o PSD nasce com vocação para defender aqueles que sofrem trabalhando e pagando imposto para segurar os demais andares, mais o de cima do que o de baixo.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Grupo antiterror investiga vida de atirador

Antônio Werneck e Sérgio Ramalho, O Globo

Apesar de tratar o caso com muitas reservas e duvidar da participação de Wellington Menezes de Oliveira em qualquer célula terrorista, um grupo de cinco agentes federais de Brasília, do Serviço Antiterrorismo (Santer) da Diretoria de Inteligência Policial (DIP) da direção-geral da Polícia Federal, desembarcou segunda-feira no Rio com o objetivo de revirar a vida do autor dos tiros que mataram 12 crianças e feriram outras 12 na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo .

Os policiais estão analisando documentos, e-mails e até as imagens gravadas pelo assassino explicando o crime. Para tentar identificar possíveis membros de um suposto grupo frequentado pelo atirador, técnicos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), da Polícia Civil do Rio, estão usando um software desenvolvido pelo FBI, a Polícia Federal americana.

Representante dos aposentados municipais

Uma voz sempre firme, lúcida e bem intencionada aparece vez por outra nas emissoras de rádio defendendo os aposentados do município de Ararirpina, que reclamam salários em dia. Pelo que parece, é a voz do senhor Geraldo. Daria um bom candidato a vereador, com amplas chances de vitória e risco zero de depois se render aos encantos do poder, e de esquecer seus eleitores e a causa que o fez chegar.
O Geraldo de guerra não deixa dúvidas quanto ao seu caráter e determinação.
Falta alguém dar um empurrãozinho para que ele tope entrar na política.

Sai bode e entra São João. Sai São João e entra vaquejada; depois volta o bode.

... E a vida segue. E o povão empresta o ouvido. E Araripina se acostuma. Já estamos em abril. Ainda não temos programação do São João, mas de uma coisa não podemos duvidar: Teremos São João com bandas caras (e boas?). Também teremos vaquejada. E, antes de termos bode outra vez, em 2012, teremos festas de final de ano e talvez carvaval em 2012. Depois volta o bode. E tome bode. Todos pelo bode e alguns montados nele.
Porque tenho certeza? Porque Lula Sampaio é candidato a reeleição. De agora em diante não faltarão festas e fogos, pois o dia da urna se aproxima.

Entenda o que sempre dissemos

Roubando a cena - Estudante de Enfermagem, a jovem Laiane Alves roubou a cena, ontem, em Vitória de Santo Antão. Num discurso duro e seguro diante do governador, cobrou melhorias no hospital local, depois de ressaltar que as unidades de Palmares e Barreiros também estão sem condições de atender as necessidades da população.
O que você leu acima foi retirado do Blog de Magno Martins. Veja que não há úma única região em Pernambuco que a saúde funcione. Nem mesmo na capital ou perto dela. O que chega ao estado são obras da União ou empresas que fazem questão de lucrar em SUAPE, obra construída de Jarbas para trás.
Portanto, como não temos saúde, nem estradas estaduais (só federais), nem educação, nada.... O que faz Eduardo Campos com o dinheiro do estado, que só bate recordes de arrecadação?

Quem paga a conta?

O El País informa que Lula está praticamente coordenando a campanha de Ollanta Humala, no Peru. Que o Brasil está inteferindo diretamente nas eleições daquele país. A campanha do socialista chavista Humala é praticamente uma cópia da campanha petista em 2002. A campanha do caixa dois. A propósito, quem está pagando pela consultoria brasileira a um candidato de oposição no Peru?
Basta procurar a lista de empréstimos do BNDES naquele país para saber por onde corre nosso suor.

China chuta a cadeira do Brasil na ONU.

O Brasil novamente não obteve o respaldo chinês a vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU. Em um comunicado conjunto durante a visita da presidente Dilma Rousseff ao país, Pequim limitou-se a apoiar "a aspiração brasileira de vir a desempenhar papel mais proeminente nas Nações Unidas". Trata-se de posição semelhante à adotada há cerca de um ano, quando o dirigente máximo da China, Hu Jintao, visitou o Brasil. No comunicado assinado com o então presidente Lula, falou-se em "compreensão e apoio" a papel maior do Brasil na ONU. A China, um dos cinco membros permanentes do CS, mantém o discurso de que a reforma da ONU tem de ser mais ampla e consensual. Na prática, trabalha contra as candidaturas de Japão e Índia, países com quem mantém disputas históricas e que são aliados do Brasil no G4 -grupo que inclui a Alemanha e busca ascender no CS. (Da Folha de São Paulo)

PSD reúne futura bancada para assinatura da ata de fundação.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, assina hoje a ata de fundação do PSD com a promessa de reunir um governador, cinco vice-governadores, dois senadores e pelo menos 30 deputados. Integrantes do DEM, PPS e até do PSDB assinam hoje, simbolicamente, a ficha de filiação. A lista inclui, por exemplo, um secretário do governador Antonio Anastasia (PSDB) e o vice-governador da Paraíba, o tucano Rômulo Gouveia. Embora se declare amigo de Aécio Neves (PSDB-MG), Gouveia conta que resistiu aos apelos do senador e avisou que trocará de partido. Ele atribuiu sua saída aos ataques do PSDB ao governo da Paraíba.Para incômodo do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), o vice-governador, Guilherme Afif Domingues, também deverá assinar o documento.


Com o ato, Kassab tenta dar uma demonstração de solidez, já que a constituição do novo partido é cercada de dúvidas. Sob ameaça de desidratação de seu partido, o PPS entrou ontem com ação no Supremo Tribunal Federal contestando a interpretação do TSE de que, em caso de fundação partidária, o parlamentar pode trocar de sigla sem risco de perda de mandato. Aliado de Kassab, o deputado Guilherme Campos (SP) diz que a criação do novo partido respeita a orientação da Justiça Eleitoral.
(Da Folha de São Paulo)