domingo, 30 de setembro de 2012

Sinas das curvas de crescimento e queda

Quem não nasceu ontem; quem já vivencia as campanhas de Araripina há mais tempo não tem dúvidas. O candidato a vereador é o primeiro desaguadouro de informações corretas daquilo que se chama consolidação de uma vitória. Os indecisos partem em busca de candidatos com chance de vitória, com os quais simpatizam, sobretudo aqueles que compõem o palanque do candidato que desponta como favorito. É nesse contexto que a minha campanha e a de outros candidatos amigos se insere. Hoje confesso: Estou com dificuldades para fazer encaixes na agenda da reta final. Já estou convicto de que não terei tempo para corpo-a-corpo na cidade.
Tenham certeza de uma coisa: Existe muita gente esclarecida, livre e independente em todos os sentidos. Peço que façam por mim enquanto estou na zona rural buscando aqueles votos que fazem diferença para a minha campanha  e para campanha de Alexandre.
Saibam que na zona rural não basta ser candidato. É preciso ter história e trabalho para mostrar. Do contrário, semeia-se no deserto. Graças a Deus eu tenho nome e sou bem recebido por todas as partes que ando, seja qual for o distrito. A mensagem que levo do 40 sempre prevalece quando rumo para outro lugar. Façam por mim na sede, pois aqui o jogo é diferente e eu me adapto menos.  Confio em você que ralou, que estudou, que fez por merecer as conquistas ou que ainda está tentando subir através do mérito. Saiba você que minha luta será incansável para que o mérito de cada um prevaleça, para que as cercas de proteção erguida  para afastar você das conquistas e do progresso sejam todas derrubadas.

Domingo de reuniões, encontros e muitas adesões.


No Território predileto das associações  
Reunião da Associação da Serra do Rancho Grande

Reunião do Assentamento da Serra do Rancho Grande, na companhia do amigo Antônio Gonçalves, presidente do associação local.

Hoje foi um domingo de muitas decisões. Os eleitores estão se definindo.
Participei de duas reuniões importantes, uma no Assentamento da Serra do Rancho Grande e outra no grupo escolar da mesma serra, onde dezenas de associados estavam sendo capacitados. Muito bom o resultado.
Em seguida, fiz visitas na Serra do Ipa, Serra do Jardim, parei para almoço e retornei para mais visitas na Serra do Massapê.
Resultados excelentes. A cidade escolhe de forma diferente, por isso dou preferência aos sítios, especialmente às associações, que formam o tecido social mais resistente e a classe politicamente mais esclarecida do interior do Nordeste. Com muita honra afirmo: Criei as primeiras 40 associações de Araripina, aprovei os primeiros projetos e dei os primeiros treinamentos sobre associativismo. Quem não conhece deveria conhecer o funcionamento das associações para apreciar o iluminismo dos domingos na zona rural de Araripina. Quem não entende, deveria tirar alguns domingos para descobrir como as comunidades funcionam e o nível de esclarecimento desse povo que trabalha e debate com liberdade e conhecimento de causa.
Deus está no comando.

sábado, 29 de setembro de 2012

QUEM PODE PAGAR


França eleva impostos para os ricos e as empresas

Pacote vai recuper 30 bilhões de euros, no maior aperto fiscal em 30 anos
O governo socialista do presidente francês François Hollande revelou que pretende elevar os impostos para empresas e ricos . O objetivo é montar um orçamento para 2013 com rigor fiscal para que o país continue no núcleo da zona do euro.
O pacote irá recuperar 30 bilhões de euros para os cofres públicos, com a meta de estreitar o déficit para 3% da produção nacional do ano que vem em relação aos 4,5% este ano. É o aperto fiscal mais duro da França em 30 anos.

GASTOS


Superávit primário cai 34% e se afasta da meta do governo

Em agosto economia feita para pagar juros foi de R$ 2,997 bilhões
Gabriela Valente, O Globo
A economia que o governo faz para pagar juros da dívida pública, o chamado superávit primário, caiu 34% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado. Governo federal, estados, municípios e empresas estatais pouparam juntos R$ 3 bilhões no mês passado: o pior resultado em uma década. Da meta para o ano de R$ 139,8 bilhões, o setor público economizou apenas R$ 74,2 bilhões. Para cumprir o objetivo, o país terá um grande desafio: poupar R$ 16,4 bilhões por mês.

SINAIS


Vale suspende construção de siderúrgica em meio a impasse com governo

Crise também estaria influenciando na decisão de manter as obras suspensas
O Globo
A construção da siderúrgica da Vale no Pará patina entre um impasse da mineradora com o governo brasileiro e a necessidade de a empresa postergar investimentos fora de suas áreas de prioridade por conta da crise, afirmaram autoridades e uma fonte com conhecimento das decisões da companhia.
As obras de construção da Aços Laminados do Pará (Alpa) estão suspensas porque o governo federal retirou do orçamento do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) deste ano uma hidrovia crucial à siderúrgica, revelaram à Reuters autoridades do Pará.
— As informações que nós temos é que ela chegou a fazer terraplenagem, chegou a investir alguns milhões de reais, mas resolveram interromper... em função da ausência da obra da hidrovia do Tocantins — afirmou o secretário de Indústria, Comércio e Mineração do Pará, David Leal, em entrevista por e-mail.
A maior produtora de minério de ferro do mundo confirma que aguarda definição da solução logística por parte do governo federal, mas que prossegue com o projeto — uma usina de 3,2 bilhões de dólares e capacidade anual de produção de 2,5 milhões de toneladas de placas de aço, em Marabá.

Boa leitura


Oportunidade perdida, por Merval Pereira

Merval Pereira, O Globo
A “maldição do petróleo”, fenômeno registrado nas principais economias produtoras do mundo, já está presente nas cidades brasileiras mais beneficiadas pelos royalties e pelas participações especiais.
A Macroplan, empresa de consultoria especializada em estratégia e cenários de longo prazo, concluiu uma pesquisa focada na qualidade da gestão das 25 cidades que recebem 70% daqueles recursos.
Ao longo de uma década, 2000-2010, as cidades do chamado “arco do petróleo” no Sudeste (16 do Estado do Rio, cinco do Espírito Santo e quatro de São Paulo), receberam um total de R$ 27 bilhões.
O estudo ressalta que, ao mesmo tempo que os municípios vivem seu melhor momento econômico, com aumento considerável do Produto Interno Bruto (PIB), quase todos não experimentam melhorias significativas nos principais indicadores sociais.
O PIB, em 18 das 25 das cidades estudadas, cresceu mais do que o Produto de seus respectivos estados, mas a qualidade de vida dos seus habitantes não acompanhou esse crescimento.
Outra conclusão mais geral dos analistas da Macroplan foi o vigoroso crescimento demográfico com a consequente, e até esperada, pressão por acesso a serviços públicos — principalmente saneamento, saúde e educação —, que veio turvar o caminho do desenvolvimento com efeitos colaterais perversos — a deterioração urbanística, o aumento no número de trabalhadores informais, a má distribuição de renda, entre outros.
A vasta maioria dos municípios — cerca de 88% deles — registrou crescimento demográfico superior ao de seus estados e, em quase a metade das cidades pesquisadas, houve aumento no número de pessoas vivendo em habitações subnormais, entre 2000 e 2010, sendo que nove delas tiveram um crescimento maior que 100% nesse indicador.
A face mais cruel do empobrecimento da população se exibe no crescimento dos indicadores de (in)segurança: 13 das 25 cidades têm taxas de homicídio acima das respectivas médias estaduais, sendo que quatro delas figuram entre as cem mais violentas do país (Búzios, Cabo Frio, Linhares e Paraty).
Leia a íntegra em Oportunidade perdida

Quem plantou vai colher

Quem fez base eleitoral tem chances reais de obter bons resultados nas urnas. Quem chegou nas comunidades tentando atropelar as associações ou lideranças comunitárias corre o risco de sumir do mapa, ou de dar a quem precisa sem esperar nada em troca. Bom desempenho a todos. As comunidades aguardam ansiosamente cada visita até o dia 7 de outubro.

Pesquisa registrada

Eis aí o pedido de registro da pesquisa que o CIPEC divulgará sobre intenções de voto para prefeito em Araripina. O instituto é do argentino Diego Brandy, de reputação em toda América Latina.

Estelita tanto provocou que ouviu


 Em nota à imprensa  divulgada ontem, Jarbas Vasconcelos(PMDB) bateu duro no deputado Sérgio Guerra, que, para o senador, ‘’já há algum tempo solta gracejos contra mim por meio da imprensa’’.  Jarbas trata das declarações de Sérgio Guerra criticando-o e dizendo que ele está morto políticamente. “É assustador ver o quanto o Sr. Severino Sérgio mudou os conceitos que tinha em relação a mim. Ele tinha conceitos bem diferentes, no passado recente, como quando pediu a minha ajuda no episódio da CPI dos Anões do Orçamento e também quando precisou do meu apoio para se eleger senador da República”.
Com relação a declaração de Sérgio Guerra de que o objetivo maior e que justifica toda a ação política de Jarbas é a eleição de seu filho, o senador peemedebista admite em parte, mas o diz de forma contundente: “É verdade que estou empenhado na eleição de Jarbas Filho. Tenho orgulho de ter o filho que tenho. Se Deus quiser, ele jamais se envolverá em episódios como o dos anões do orçamento. Tenho certeza de que ele não vai misturar dinheiro público com privado.’’
PASSOU DOS LIMITES
Jarbas diz ainda que preferia não mais ter esse tipo de diálogo com o deputado Sérgio Guerra: “Não queria mais ter que me defender das agressões gratuitas do Sr. Severino Estelita Guerra. Já há algum tempo, ele solta gracejos contra mim por meio da Imprensa. Mas ele agora passou de todos os limites na reportagem publicada na Folha de Pernambuco. Daqui para frente, não vou aceitar o que esse senhor disser contra mim”, atacou.
O senador diz que não pretende voltar a esse tipo de discussão com o deputado, mas faz uma advertência: “Mas diante de um novo ataque, estou disposto a manter o enfrentamento político com o Sr. Severino Sérgio, quer seja em nível local, quer seja em âmbito nacional”

Saiu do seu bolso

ISTOÉ - JOSIE JERONIMO
Exonerado do cargo de professor da rede pública de Goiás e vivendo oficialmente da renda de uma imobiliária virtual, o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares costuma dizer que depende da mulher para honrar suas despesas. Mas não deve ser com os rendimentos do ofício de psicóloga que Mônica Valente tem conseguido ajudar o marido. Desde a militância à frente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na década de 90, Mônica aprofundou sua atuação profissional no mundo dos sindicatos de servidores. Membro do diretório nacional do PT, a mulher de Delúbio comanda o escritório brasileiro da Internacional do Serviço Público (ISP), entidade que desempenha o papel de intermediário entre os sindicatos de funcionários públicos e organismos globais, como a Organização Internacional do Trabalho (OIT).
A adesão das confederações à ISP custa um euro por filiado. Em conjunto, as 26 confederações filiadas à associação comandada por Mônica Valente repassam para ela R$ 7 milhões por ano das receitas obtidas com o imposto sindical. As informações foram confirmadas à ISTOÉ por dirigentes de entidades ligadas a esse braço brasileiro da organização internacional. O destino desse dinheiro todo, porém, é um mistério até mesmo para as entidades que pagam pela filiação.  Continue lendo.

Sobre as pesquisas

A definitiva – Há uma “guerra” de pesquisas em Araripina entre os partidários de Alexandre Arraes (PSB) e de Socorro Pimentel (PSL), cada qual apontando vitória do seu candidato. Para tirar a “prove dos nove”, o argentino Diego Brandy (Cipec) foi convocado pelo PSB para dizer quem tem razão.
(Do blog de Inaldo Sampaio)

Administrando adesões

Está difícil fazer escolhas. A decisão está sendo pela menor distância e maior conteúdo.
Bem que um amigo meu, que é experiente, avisou: Na última semana, ocorre uma chuva de adesões. Ele só esqueceu de avisar que a chuva só acontece para candidatos ligados ao prefeito que demonstra está em vantagem nas pesquisas.
Resta aguardar o resultado da pesquisa registrada no TSE. A chuva pode virar tempestade.

Adesões Lava-Bem

Acabo de chegar da Lavanderia Lava-Bem. Lá eu já tinha o apoio de muitas colaboradoras, que são amigas. Agora tenho também o apoio de Rosy, a proprietária, sacramentando assim o apoio de uma empresa tocada por pessoas empreendedoras e independentes.
Quem empreende e trabalha, quem tem competência e quer o melhor para Araripina faz como a turma boa e ordeira da Lava-Bem.
Rosy também declarou voto em Alexandre Arraes, falando diretamente com a futura primeira-dama Roberta.

Mentira: Não estou empatado com Bringel Filho

Alguns políticos de má índole andam espalhando boatos segundo os quais Ronaldo Lacerda está empatado com Bringel Filho com 6% de intenções de voto. Não é verdade. O que querem com isto é 'amolecer' o eleitor consciente que quer votar em Ronaldo Lacerda a fim de garantir um mandato renovador e comprometido com as causas populares.
Não estou empatado com Bringel Filho e não é meta minha empatar com ele. Estou lutando pelo segundo lugar na minha coligação, a Renovar é Preciso, cujo campeão de intenções é Tião do Gesso, este sim o que tem intenções de voto para eleger três vereadores.
Portanto, se alguém  chegar com a conversa de que Ronaldo Lacerda não precisa mais de votos porque está eleito, identifique nesse sujeito um ser conservador, que teme a minha eleição e o fim de certos métodos arcaicos de fazer política e de dominar os mais humildes.
Eu preciso do seu voto. Eu preciso do seu apoio.  Preciso que você use os melhores argumentos para consagrar nas urnas  um mandato popular e renovador.
Converse com um, com dois, com dez. É assim que se consolida uma candidatura independente, tocada por pessoas esclarecidas e também independentes.
Depois do dia 7, com efeito prático a partir de primeiro de janeiro, pode escrever: A Câmara de Araripina nunca mais será a mesma. O meu microfone será a sua tribuna. A minha palavra será a mesma sua.
Pode escrever. Vamos lutar!

Pesquisa registrada: Quem tem voto e quem tem boato?

Agora acaba-se a boataria e entra a verdade das ruas. Pesquisa registrada no TSE vai colocar por terra os 'kkk' e os questionamentos sem sentido. Quem tem nervos de aço? Daqui para quarta sai o resultado.
Veja o questionário registrado no TSE

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Fogos,Lapada!

Saiu mais uma. Aumentou. Fogos, lapada!
O pessoal gosta....
.........
Ontem aderiram à campanha de Alexandre Arraes os empresários Cássia e Jaide, do Portal.

Sem tempo para postar. Estou correndo  atrás de adesões e ontem, por falta de tempo, já faltei a dois compromissos. Tenho que repor hoje.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Vai chegar a 162% no Vox


Governo Dilma atinge 62% de ‘ótimo’ e ‘bom’, aponta CNI/Ibope

Mas o governo tem desaprovação alta nas áreas de saúde, segurança pública e impostos.
Isabel Braga, O Globo
A avaliação positiva do governo da presidente Dilma Rousseff aumentou novamente, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Ibope. De acordo com a pesquisa, o percentual dos brasileiros que consideram o governo Dilma “ótimo” ou “bom” subiu de 59% para 62%.
Em junho deste ano, a avaliação do governo já tinha atingido patamares maiores que seus antecessores Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Fernando Henrique Cardoso (PSDB). O índice de 62% é o maior registrado desde o início do governo.

Foto: Agência Brasil

A pesquisa feita em setembro revelou que o percentual de brasileiros que aprova a maneira de a presidente Dilma governar permaneceu estável, com a aprovação de 77% dos entrevistados.
A confiança dos brasileiros na presidente Dilma também continua elevada: em junho deste ano, 72% dos entrevistados disseram confiar na presidente Dilma e neste levantamento, de setembro, o percentual foi de 73%. Na pesquisa de março, o percentual foi de 74%.

O vento que venta lá


Diretor-geral do Google é detido pela Polícia Federal em São Paulo

Executivo não cumpriu ordem da Justiça de retirar do Youtube vídeo de candidato do MS
O Globo
A Polícia Federal (PF) deteve nesta quarta-feira o diretor-geral da Google no Brasil, Fábio José Coelho. O executivo foi detido por determinação do juiz Flávio Saad Perón, da 35ª Zona Eleitoral de Campo Grande (MS), por descumprir a ordem judicial de retirar do Youtube, controlado pela Google, um vídeo considerado ofensivo a um candidato do Mato Grosso do Sul.
O vídeo em questão acusa de crimes Alcides Bernal (PP), candidato a prefeito de Campo Grande. O original foi postado em 29 de agosto, mas já não é mais encontrado pela busca da ferramenta online de vídeos. Uma cópia, postada na segunda-feira, tem mais de 1,2 mil visualizações.
Em nota, a PF confirmou a detenção de Coelho, mas afirmou que ele será liberado ainda hoje, já que trata-se de um “crime menor potencial ofensivo” (desobediência previsto no Código Eleitoral, com pena de até um ano de detenção). De acordo com a polícia, seria lavrado um “termo circunstanciado de ocorrência” e o executivo seria liberado depois de prestar depoimento.

Por quem sabe escrever


Comparação indevida, por Dora Kramer

Dora Kramer - O Estado de S.Paulo
A determinada altura da sessão desta segunda-feira o revisor Ricardo Lewandowski justificou assim o voto pela condenação de três réus por formação de quadrilha: "Era um mecanismo permanentemente em funcionamento. Isso caracteriza a quadrilha, e esses crimes eram praticados à medida da necessidade demonstrada pelos parlamentares que se deixaram corromper".
Portanto, se alguém se deixou corromper, houve também o agente corruptor e um motivo para corrupção.
A forma da prova, entretanto, continua em debate. A manifestação majoritária dos ministros em relação ao crime de corrupção passiva em "fatia" anterior do julgamento do mensalão provoca revolta aqui e ali.
Advogados de defesa, políticos e agora até um grupo de intelectuais, artistas e acadêmicos alegam que o Supremo Tribunal Federal está inovando. Invocam o julgamento que absolveu Fernando Collor de Mello em 1994, reivindicando tratamento semelhante.
O próprio Lewandowski qualificou de "heterodoxo" o entendimento preponderante no tribunal e justificou a absolvição de João Paulo Cunha do crime de corrupção passiva dizendo que havia se baseado na jurisprudência da ação penal 307, a do caso Collor.
Na essência da lei o STF não está criando nada. A condenação de Cunha decorreu do artigo 317 do Código Penal, cuja definição do ilícito é a mesma: "Solicitar ou receber, para si ou outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função, mas em razão dela, vantagem indevida ou aceitar promessa de tal vantagem".
O único dos atuais ministros a participar do julgamento de Collor, Celso de Mello, na época apontou a exigência de "precisa identificação de um ato de ofício" na esfera das atribuições do presidente, para que se caracterizasse a corrupção.
Justamente o que a Procuradoria-Geral da República não conseguiu demonstrar na ocasião: a denúncia não descreveu uma parte do crime, não apontou que interesses as pessoas que deram dinheiro ao operador de Collor, Paulo César Farias, teriam nos atos do presidente.
Leia a íntegra em Comparação indevida

Carreata do Demarzinho

Quem está acostumado na cidade com grandes carreatas realizadas pelos candidatos mais fortes, ficou surpreso hoje à noite com a movimentação promovida na Serra do Jardim pelo candidato a vereador pelo PHS, Demarzinho, que integra a coligação Renovar é Preciso. Esta coligação, da qual faço parte, junto com Tião do Gesso e mais 19 concorrentes, todos amigos e unidos, marcha firme para eleger cinco vereadores.
O livro de 'Sociologia' está ficando melhor a cada dia. Sobretudo, porque caem sem parar as penas dos
'pavões' da largada. O povo está tão sabido. Vamos para frente.

Bancários de volta ao batente. Banqueiros continuam no 'paraíso do lucro e nos balneários.


Os bancários que trabalham em instituições privadas e os funcionários do Banco do Brasil aprovaram em assembleias na noite desta quarta-feira (26) em São Paulo, o fim da greve da categoria, que teve início no dia 18. Somente os funcionários da Caixa Econômica Federal decidiram manter a paralisação, divulgou O Estado de S. Paulo. 
A Federação Nacional de Bancos (Fenaban) propôs ao comando nacional dos Bancários reajuste salarial de 7,5%, o que representa aumento real de 2%. A oferta dos banqueiros agradou aos sindicalistas, que sinalizaram o fim da greve. 
Além de São Paulo, bancários de instituições privadas de Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Campo Grande e estados como Pernambuco, Piauí, Mato Grosso, Alagoas, Roraima e Rondônia confirmaram as perspectivas do comando nacional e decidiram aprovar a proposta da Fenaban e voltar ao trabalho.

Olinda com saudade do PMDB dos bons tempos

izabel_urquiza_foto_divulgação
Acendeu a luz amarela na Frente Popular de Olinda depois que se tornou público uma segunda pesquisa realizada naquele município nos últimos 15 dias apontando “empate puro” entre o prefeito Renildo Calheiros (PCdoB) e a candidata da oposição Izabel Urquiza (PMDB).
De acordo com esta pesquisa, realizada pelo Ipespe, os dois têm exatamente 30% de intenções de votos, ante 7% do candidato do DEM, Armando Sérgio. No entanto, o prefeito tem uma taxa de rejeição superior à de Izabel: 51% x 43%. E num eventual cenário de segundo turno seria derrotado por ela, hoje, por 39% x 34%.
Semana passada, uma pesquisa do instituto Método também apontou “empate puro” entre o prefeito e Izabel: 30,7% x 30,7%.
(Do blog de Inaldo) O título é nosso.

Geraldo Júlio com cara de eleito logo no primeiro turno.


1- A TV Tribuna divulgou agora à noite o resultado da segunda pesquisa do Vox Populi sobre a corrida eleitoral pela prefeitura do Recife.
2- De acordo com o levantamento, o candidato Geraldo Júlio (PSB) tem 41% de intenções de voto, ante 21% de Daniel Coelho (PSDB), 17% de Humberto Costa (PT) e 3% de Mendonça Filho (DEM).
3- Em relação à pesquisa anterior, Geraldo subiu 10 pontos percentuais (tinha 31%), aniel cresceu 12 (tinha 9%), Humberto caiu 11 (tinha 28%) e Mendonça caiu 8 (tinha 11%).
4- O candidato do PCB, Roberto Numeriano, tem 1% e Edna Costa (PPL) e Jair Pedro (PSTU) não pontuaram.
5- Votos brancos e nulos somam 8% e não sabem ou não quiseram responder 9%.
6- A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 23 de setembro com 1.200 questionários e sua margem de erro é 2,8%, para mais ou para menos.
7- Ela está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número 160/2012.
8- De um modo geral, a pesquisa é semelhante às que foram divulgadas no final de semana pelo Instituto Maurício de Nassau e o Ibope.
9- A dúvida agora é saber se Geraldo Júlio tem ou não fôlego suficiente para vencer a eleição no 1º turno.
10- A soma dos outros quatro candidatos totaliza 43%, o que o deixa a três pontos percentuais de uma vitória no primeiro turno.
(Do blog de Inaldo Sampaio - que adora provar que sabe contar de um a dez)

Uma cadeira antes da cama

Somente agora, depois de muitas visitas e reuniões, e de um comício empolgante na Serra do Jardim, com um mar laranja de gente vibrando e gritando 40, a cadeira e o computador, em vez da cama. É o dever que me chama. Quando encontro um leitor reclamando da falta de novidades, me sinto duas coisas: feliz e escravo. Feliz por ser lido e escravo do que gosto. Escravo também por não poder chegar e repousar. 
Acho que na Serra do Jardim, no terreiro da fábrica de farinha comunitária que contribui para que chegasse,criando a associação, elaborando e aprovando o projeto, 15.999 pessoas aplaudiam Alexandre Arraes e seus candidatos a vereador.
Volto feliz por ter ouvido o meu correligionário Manoel Gomes (do Cavaco),  resgatar a memória dos fatos e pedir voto para mim e para o 40.
Boa noite.

Reciclagem

Estou reciclando o que considero novidade e útil no noticiário. Estou com pouco tempo para produzir. Já cansei de pedir desculpas por isso mas o faço mais uma vez.
Quando, e si, eu conquistar o mandato de vereador, terei mais tempo para debater temas locais com você.
Prometo jogar aqui e em todas as redes sociais os assuntos relevantes discutidos na câmara municipal. Aprovaremos juntos, melhoraremos juntos, ou enviaremos juntos para a lixeira. Assim será com o seu empenho e a nossa vontade. É compromisso.
Até mais tarde.

Chávez ameaçado


Crescimento de Capriles ameaça triunfo de Chávez na Venezuela

O Globo
Faltando menos de duas semanas para as eleições presidenciais na Venezuela, os principais analistas do país têm apenas duas certezas: o candidato da oposição, Henrique Capriles, é o único que cresceu desde que começou oficialmente a campanha, em julho, reduzindo a vantagem do presidente Hugo Chávez de forma expressiva.
Nesta terça-feira, a empresa de consultoria Datanálisis, uma das mais importantes do país, apresentou sua última pesquisa e confirmou que entre maio e setembro a brecha entre o líder bolivariano e Capriles caiu de 20,4 para 10,4 pontos percentuais. O levantamento mostrou que a intenção de voto a favor do presidente alcança atualmente 49,4%, contra 39% de seu adversário. Em junho, o percentual do opositor era de 30,8%. 

Uruguai abortivo


Câmara dos Deputados do Uruguai aprova projeto que libera aborto

Terra.com.br
A Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou nesta terça-feira por 50 votos a favor e 49 contra um projeto de lei que descriminaliza o aborto até a 12ª semana de gestação e sem limite em caso de risco para a mãe, sempre que for realizado sob a supervisão das autoridades.
Com isso, o país fica a um passo de descriminalizar o aborto, uma vez que o projeto ainda deve ser ratificado pelo Senado, onde provavelmente será aprovado sem dificuldades. Após essa etapa, ficaria faltando apenas a assinatura do presidente José Mujica, que já afirmou que sancionará o projeto.

 Mulheres protestam em frente ao Parlamento, em Montevidéu  Foto:AP


Bancários conseguem pouco mas indicam fim da greve


Banqueiros oferecem 7,5% e sindicato indica fim da greve

O Globo
Em greve há nove dias, bancários de todo o país decidem nesta quarta-feira em assembleias se aceitam a nova proposta de aumento salarial apresentada ontem pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban). O comando nacional, coordenado pela Contraf-CUT, decidiu recomendar aos 137 sindicatos filiados a aprovação do novo percentual de reajuste, que subiu de 6% para 7,5% (2,02% acima da inflação).
Também houve melhora no piso, que passou de 6% para 8,5% (2,95% real) e nos valores de auxílio refeição e alimentação e na parcela fixa da participação nos lucros (PLR), de 10%. 

Lacerda dispara em BH e deve vencer no primeiro turno

Ibope: Lacerda amplia vantagem em Belo Horizonte
A vantagem do prefeito Marcio Lacerda (PSB), que tenta se reeleger em Belo Horizonte, sobre Patrus Ananias, o candidato do PT, oscilou para cima na mais recente pesquisa Ibope. A diferença atual de 17 pontos garantiria a vitória ao prefeito no primeiro turno, divulgou a Folha de S. Paulo. 
A pesquisa, encomendada pela TV Globo, apontou Lacerda com 47% das intenções de voto. Patrus aparece com 30%. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. 

Fim das carreatas para os distritos e sítios?

TRE e Rodoviária Federal agirão com rigor contra carreatas
Os excessos cometidos nas carreatas em todos os municípios de Pernambuco serão punidos, tanto nas rodovias federais quanto nas estaduais, pelo TRE e Polícia Rodoviária Federal. A decisão foi tomada, nesta terça-feira (25), pelo presidente do tribunal, desembargador Ricardo Paes Barreto, e Superintendente da PRF, Walker Barbosa,
Segundo Paes Bareto, os magistrados das 185 cidades pernambucanas serão orientados a coibir “com rigor todo e qualquer ato” nas rodovias.
A Polícia Rodoviária Federal estará em operação no dia da votação - 7 de outubro.

Candidato da educação e divisão da base


A eleição presidencial de 2014 marcará o fim da unidade das esquerdas no Brasil, algo que ocorreu com Lula nas disputas. Cristóvam Buarque é só um dos dez que entrará no páreo. O PMDB fará o mesmo, o PSB e o PC do B da mesma forma. A eleição será em dois turnos, provavelmente entre Eduardo Campos (que agregará mais, inclusive com apoio de Aécio Neves) e Dilma Roussef (que deverá ficar isolada no ABC Paulista).


Com o aval do PDT, o senador Cristovam Buarque (DF) visita capitais e rincões nas campanhas para consolidar bases, a fim de se lançar candidato à Presidência em 2014, informa Leandro Mazzini, na sua coluna Esplanada. No fim de semana, ele passou por 10 cidades de Santa Catarina. Recentemente esteve no Rio, Florianópolis, Recife, Caruaru e hoje vai para Fortaleza. Apesar da incerteza da conjuntura daqui a dois anos, o senador anima-se por dois motivos. Saiu lapidado pela experiência da candidatura ao Planalto em 2002. E Carlos Lupi, que manda no partido, está rompido com a presidente Dilma.
Quem ciceroneou e bancou Cristovam em Santa Catarina, até com viagens de helicóptero, foi o presidente do PDT local, Manoel Dias, braço-direito de Lupi. Cristovam tem sido cortejado por candidatos do PT, PMDB, PR e outros, das coligações com PDT. Já fez 250 gravações de rádio e TV, e existem outros 60 candidatos na fila.

Reunião com Agentes de Saúde e Agentes de Endemias


Ontem o nosso palanque realizou importante reunião com os Agentes de Saúde e Agentes de Endemias, na sede da Associação dos ACS. Além do prefeito Alexandre Arraes, alguns candidatos a vereador tiveram a oportunidade de expor suas ideias e compromissos com a categoria.
Ronaldo Lacerda fez uso da palavra antes do candidato a prefeito, a convite da presidente da Associação Geneúde Trajano. Os demais candidatos falaram após as explanações de Alexandre.
 Além de assumir compromissos de lutar por melhorias e reconhecimento para a categoria, Ronaldo relembrou sua luta como secretário de planejamento para efetivar os agentes, o que se deu em várias etapas, todas cumpridas na gestão anterior, por Valmir Lacerda e Valdeir Batista. Alexandre Arraes arrematou informando as conquistas obtidas nos seus seis meses de governo, deixando quase nada a ser dito, provando que o palanque oposto não tem informações de conquistas a comunicar.
Compromissos foram assumidos pelo prefeito Alexandre e  devidamente anotados pelo cerimonial, para posterior cobrança.


terça-feira, 25 de setembro de 2012

A bala de Veja


Orientação aos companheiros, por Ricardo Noblat

Em sua edição mais recente, a VEJA afirma que está tão segura de que Marcos Valério disse o que ela publicou na semana passada como estava ao publicar em 1992 a entrevista de Pedro Collor responsável pelo início da queda do irmão dele, o então presidente Fernando Collor.
Para quem não lembra ou não sabe: a entrevista de Pedro foi gravada e filmada, e é a isso que a VEJA agora se refere indiretamente. Portanto, a de Valério também teria sido.
Não, não foi. A de Valério foi só gravada.
Valério soube que sua conversa com a VEJA fora gravada quando quis romper o trato feito com a revista: ela publicaria as declarações dele, mas as atribuiria a pessoas que as teriam ouvido diretamente de Valério.
Assim, a entrevista deixaria de ser uma entrevista, o que livraria Valério da responsabilidade de responder por ela diante da Justiça. Mas Valério não perderia a ocasião de mandar recados para quem quisesse e de fazer ameaças.
Agora, a orientação aos companheiros: cobrem da VEJA a gravação da conversa com Valério. Ela não poderá mostrá-la depois de ter negado que entrevistou Valério.
O companheiro Lula não pode cobrar. É mais conveniente para ele fingir que acredita que não houve entrevista - e, portanto, que a Veja não dispõe de gravação com Valério.
Continuem desacreditando a revista, chamando-a de mentirosa. Lula também não poderá fazê-lo. Nem mesmo o PT que tantas vezes já o fez. Imaginem só se, irritada, a revista acabasse divulgando a gravação.
Só não esqueçam que o momento é delicado.
Se a gravação vier a público, algum juiz de primeira instância poderia abrir um inquérito para apurar as acusações de Valério. Isso não seria bom para Lula.
Batam na VEJA por hábito e para não parecermos frouxos. Mas sem a virulência dos temerários e nem o descompromisso dos suicidas.

AMEAÇA À LIBERDADE x ABUSOS


Censura na internet aumentou no último ano, diz relatório

O Globo
No mesmo dia em que o Irã anunciou o bloqueio do Google e o Vietnã enviou para a prisão três reconhecidos blogueiros por suas críticas ao governo, um relatório da ONG Freedom House, divulgado nesta segunda-feira, mostra que as restrições governamentais na internet cresceram em todo o mundo no último ano.
Na topo da lista dos países que mais reduziram sua liberdade virtual desde janeiro do ano passado estão Paquistão, Bahrein e Etiópia, que fazem parte do grupo de 20 países que caíram no ranking, de um total de 47. Tunísia, Líbia e Mianmar, ao contrário, mostraram uma ligeira abertura em relação aos anos anteriores. 

Tango furado


Argentina está perto de ‘cartão vermelho’ do FMI por manipulação

O Globo
A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, disse ontem que espera que a Argentina possa evitar sanções do Fundo por seus dados econômicos precários e reafirmou que o país tem três meses para melhorar a qualidade de suas estatísticas de crescimento e inflação.
— Agora eles levaram cartão amarelo e têm três meses para evitar o vermelho — disse Lagarde em audiência em Washington. — Se não houver progresso, será aplicado o cartão vermelho.
O discurso mais duro vem após mais de um ano de espera para que o governo de Cristina Kirchner pare de fornecer dados distorcidos ao Fundo, destacou a agência de notícias AFP. 



BOA NOTÍCIA


EPE prevê investimentos de R$ 1,097 trilhão em energia até 2021

O Globo
A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) prevê investimentos de R$ 1,097 trilhão no setor de energia brasileiro até 2021. Os dados constam da minuta do Plano Decenal de Expansão de Energia (PDE 2021), que foi colocado em consulta pública nesta segunda-feira.
A EPE estima que o setor de energia elétrica será responsável por R$ 269 bilhões deste total, sendo R$ 213 bilhões em geração e R$ 56 bilhões em transmissão. A maior fatia deverá ficar, segundo a EPE, com o setor de petróleo e gás natural, com R$ 749 bilhões. Somente o segmento de exploração e produção responderá por R$ 547 bilhões, seguido pelo refino e infraestrutura de transporte, com R$ 198 bilhões. A oferta de gás natural deverá receber outros R$ 4 bilhões. 

Ponta da Serra mais parecia Rotterdam em final de Eurocopa, ontem à noite.


Não é a praça principal de Rotterdam, em final de Eurocopa com a seleção Holandesa comemorando o título. A imagem acima é do Sítio Ponta da Serra, na noite de ontem, em plena segunda-feira, pilhada de gente que se juntou para aplaudir o prefeito Alexandre Arraes.
Com um detalhe: Sem combustível para deslocamento.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Tocador do mensalão quer delatar Lula em troca de redução de pena

O Ministério Público deve abrir investigações contra Lula, tendo em vista as acusações feitas contra ele por Marcos Valério. A estratégia do operador contra o chefe do Mensalão é simples: já condenado e sem nada a perder, vai denunciar Lula e outros petistas de alto coturno em esquema de delação premiada. Lula não cansa de mandar emissários para conversar com Valério. Não tem funcionado. Leia aqui matéria do Estadão, que aborda o tema.

MUITO TRABALHO E POUCO SALÁRIO

Quase 100% dos bancos seguem fechados
De acordo com levantamento do Sindicato dos Bancários de Pernambuco, quase 100% das agências da Região Metropolitana do Recife estão de portas fechadas para o atendimento ao público. No interior, a adesão atinge principalmente os bancos públicos, como Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste e Banco do Brasil.
O comando nacional de greve esteve reunido, na última sexta-feira (21), com os sindicatos estaduais, e decidiu intensificar a paralisação caso não ocorra negociação. Segundo a presidente do Sindbancários, Jaqueline Mello, que participou do encontro, ainda não há qualquer indício que aponte acordo entre trabalhadores e patrões.
Entre as reivindicações da categoria estão o reajuste salarial, aumento do piso, participação nos lucros, plano de carreira, novas contratações, mais seguranças nas agências e a diminuição das tarifas bancárias e dos juros.

Raivoso, Humberto Costa despenca para terceiro em Recife

Ibope: Daniel sobe para 24%, Geraldo tem 39% e Humberto 16%
Do portal G1
O Ibope divulgou, há pouco, a quinta pesquisa de intenção de voto para prefeito do Recife. O levantamento foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal 'Folha de Pernambuco'.
A pesquisa estimulada mostra Geraldo Julio (PSB) ainda em primeiro lugar, com 39%. Em segundo, aparece Daniel Coelho (PSDB), com 24%. Humberto Costa (PT) está com 16% eMendonça (DEM), tem 4%.
Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:
Geraldo Julio (PSB) - 39% das intenções de voto
Daniel Coelho (PSDB) - 24%
Humberto Costa (PT) – 16%
Mendonça (DEM) - 4%
Edna Costa (
PPL) - 1%
Roberto Numeriano (
PCB) - 0%
Jair Pedro (
PSTU) - 0%
Branco/nulo - 9%
Não sabe/não respondeu - 6%

A pesquisa foi feita entre os dias 20 e 22 de setembro de 2012. Foram entrevistadas 1.106 pessoas na cidade do Recife. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE), sob o número 00139/ 2012.

A pesquisa foi registrada antes da mudança de candidatos do 
PRTB.

AGENDA 40 RETA FINAL

SEGUNDA 24/09/12

07:40 Visitas Politica -
13:40 Porta Porta 40 -
19:40 Comício 40 –PONTA DA SERRA (DEP. FEDERAL GONZAGA PATRIOTA)

TERÇA 25/09/12

07:40 Visitas Politica -
13:40 Porta Porta 40 -
19:40 Comício 40 / ALAGOINHA.

QUARTA 26/09/12

07:40 Visitas Politica -
13:40 Porta Porta 40 -
19:40 Comício 40 - SERRA DO JARDIM.

QUINTA 27/09/12

07:40 Visitas Politica -
17:40 Reunião Política. 
18:40 Comício 40/ LAGOA DE DENTRO.

SEXTA 28/09/12

07:40 Visitas Politica -
17:40 Reunião Política. 
18:40 Comício 40/ CAVALETE I.

SABADO 29/09/12

07:40 Visitas Politica -
17:40 Reunião Política. 
18:40 Comício 40/ NASCENTE.

DOMINGO 30/09/12

07:40 Visitas Politica - DISTRITO DE LAGOA DO BARRO.
17:40 Reunião Política. ZONA RURAL DE LAGOA DO BARRO.
18:40 Comício 40/SÍTIO SANTA ROSA.