quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Prefeitura de Araripina e FUNDARPE capacitam artistas locais


A Prefeitura de Araripina promoveu nesta quarta-feira, 27, a capacitação dos artistas locais e produtores culturais em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura, FUNDARPE e Governo do Estado. A ação foi organizada pela Secretaria Municipal de Juventude, Cultura e Turismo na sala de videoconferência da AEDA.
A capacitação teve por objetivo mostrar aos artistas locais e produtores culturais qual a maneira de construir projetos para participar dos Editais do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura – FUNCULTURA e ter acesso aos recursos financeiros deste Fundo e executar seus projetos.
Diversos representantes de manifestações artístico-culturais locais participaram do evento como artesãos, escritores, poetas, músicos, dançarinos entre outros. Durante todo o dia eles foram orientados pelos funcionários da FUNDARPE de como realizar seus projetos e encaminhá-los para o Governo do Estado.
Em menos de um mês o Governo do Estado através da Secretaria de Cultura esteve duas vezes em Araripina para capacitar os produtores culturais. Semana passada a FUNDARPE lançou o Projeto Cultura Livre nas Feiras que começa no dia 09 de março com apresentações culturais no mercado hortifrutigranjeiro.
Para maiores informações os artistas locais e produtores culturais podem procurar a Secretaria Municipal de Juventude, Cultura e Turismo que fica sediada na Prefeitura Municipal de Araripina.

O 'papagaio' argentino

Janaína Figueiredo, O Globo
Com a presença de uma delegação de alto nível enviada pela Casa Rosada e chefiada pelo vice-presidente Amado Boudou, a Corte de Apelações dos Estados Unidos fez nesta quarta-feira a última audiência entre o governo argentino e um grupo de credores que não participou das operações de reestruturação da dívida do país e exige o pagamento de US$ 1,3 bilhão.
Cientes de que os tribunais americanos tendem a beneficiar os chamados “fundos abutres” pelo governo Kirchner, os advogados do Estado argentino pediram “uma solução factível” e asseguraram que o país não aceitará “voluntariamente” uma sentença que o obrigue a saldar a totalidade do montante demandado. A decisão final da Corte ainda não tem data para ser anunciada.
Leia mais em Argentina ‘não aceitará voluntariamente’ sentença para pagar dívida
Leia também Congresso argentino pode aprovar acordo bilateral com Irã

Quando e onde o Brasil apresenta ordem e progresso.

Paulo Justus, O Globo
Depois de mais de um ano de disputa , a Embraer finalmente foi declarada a vencedora da concorrência para fornecer aviões para a Força Aérea dos EUA. O contrato, no valor de US$ 427 milhões, inclui 20 aeronaves de apoio aéreo tático, equipamentos para treinamento de pilotos no solo, peças de reposição e apoio logístico.
Os modelos Super Tucanos serão fabricados em Jacksonville, Flórida, em parceira com a Sierra Nevada Corporation (SNC), e serão usados em missões de apoio às forças que estão no Afeganistão.
Leia mais em Embraer vai fornecer aviões para a Força Aérea dos EUA

Cerco aos planos de saúde

Daiane Costa, O Globo
A Agência Nacional de Saúde (ANS) publicou nesta quarta-feira uma instrução normativa com novas regras para a avaliação dos planos de saúde, sobre garantia de atendimento aos usuários. O texto publicado no Diário Oficial da União já está em vigor.
Ele substitui as normas anteriores, de 2012. A principal mudança estabelecida pelo documento é a ampliação das reclamações dos beneficiários a serem consideradas na avaliação dos planos. Todas as queixas sobre acesso e cobertura passam a contar no monitoramento. De dezembro de 2011 a dezembro de 2012, como projeto piloto, foram levadas em conta apenas as reclamações sobre descumprimento dos prazos máximos de atendimento
Leia mais em ANS aperta fiscalização aos planos de saúde

Mais uma do PT: Petrobras compra refinaria por valor dez vezes superior ao de mercado.


O Ministério Público apresentou ao Tribunal de Contas da União (TCU) representação contra a Petrobrás sobre a compra da refinaria de Pasadena, no Texas, em 2006. O procurador Marinus Marsico encaminhou ao ministro-relator do TCU, José Jorge, pedido para que apure responsabilidade da companhia no negócio. Após meses de investigação, o procurador considerou que houve gestão temerária e prejuízo aos cofres públicos.

O Estado apurou que o prejuízo da companhia pode ser de cerca de US$ 1 bilhão. A presidente Dilma Rousseff presidia o Conselho de Administração da Petrobrás na época da aquisição. A representação é uma denúncia, o pontapé inicial de um processo formal. "A representação foi encaminhada e saiu como sigilosa, pois contém informações que poderiam ser consideradas de ordem comercial. Mas defendo que não seja confidencial", disse Marsico.

O processo está tramitando internamente. É possível que o ministro-relator se posicione já na próxima semana. José Jorge pode, por exemplo, apontar em despacho indícios de responsabilidade, pedir novas investigações (diligências) ou abrir para defesa da empresa (contraditório). Caso o ministro aceite o pedido e a área técnica do TCU inicie fiscalização na Petrobrás, o resultado do trabalho, com eventual identificação de responsáveis, será julgado em plenário.

O processo foi motivado por reportagem do Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, de julho de 2012, mostrando que a refinaria foi adquirida em 2005 pela Astra/Transcor, uma trading belga da área de energia, por US$ 42,5 milhões. A mesma unidade foi vendida à Petrobrás no ano seguinte, em duas etapas, por US$ 1,18 bilhão, embora valha cerca de dez vezes menos.

As possíveis concessões à Astra foram feitas em ano eleitoral no Brasil. A belga contava em seus quadros com Alberto Feilhaber, um ex-executivo da Petrobrás. O caso também é acompanhado pelo Congresso Nacional e pelo Ministério Público Federal, de onde pode sair futuramente uma representação de ordem criminal. O deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA) questiona a compra, considerando o negócio prejudicial. Ele lembra que a Petrobrás pagou 28 vezes mais o valor inicial da empresa.

A refinaria é um dos ativos que a Petrobrás pretendia vender no exterior de forma a angariar recursos para o pré-sal brasileiro. A venda está temporariamente suspensa. No balanço do quarto trimestre, a Petrobrás lançou uma baixa contábil de R$ 464 milhões referente à refinaria, portanto valor que já reconhece como perdido. A companhia agora pretende investir na unidade para melhorar seu preço de mercado antes de retomar as negociações, segundo a presidente Graça Foster informou na coletiva de divulgação do balanço. "Não vamos vender Pasadena ao preço que está", disse ela. (Estadão)


Lula quer uma impensa só para os corruptos


Observem bem a reprodução acima do site Brasil 247. Os três patrocinadores são do governo petista. Caixa, BRB e Banco do Brasil. Na matéria, Lula ataca a mídia e quer fazer uma mídia como a que Raul Castro tem. Amordaçada, censurada, comprada como a do Brasil 247. Leiam a matéria e vejam que estão pagando a ineficiência e a corrupção até de forma direta. Lula odeia a imprensa livre. O PT quer o controle social da mídia. Já existem veículos de comunicação e blogs que estão dentro deste conceito. Pagos pelas estatais. É hora de dar um basta nisso.

DEM completa o prontuário do PT

Deputados Ronaldo Caiado e Ônix Lorenzoni, do DEM, inauguram painel que faltava na exposição do PT na Câmara dos Deputados. As lideranças petistas justificaram a fama e também substraíram o painel que retrata o maior escândalo de corrupção do País. O PT acha que também pode subtrair a inteligência do povo e a independência da oposição e da imprensa.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Nasceu o segundo Jacó Magalhães

Acaba de nascer, no Real Hospital Português, na capital pernambucana, Eduardo Antônio Jacó Magalhãses, filho de Cristiane Jacó e Tontonho Magalhães. Mãe e filho passam bem. Gerente da Supergesso, Cristiane teve o segundo filho aos 40 anos. Trabalhou até a véspera do parto. O pai deu cinquenta voltas na maternidade do RHP em menos de uma hora, mas já parou de rodopiar e agora está treinando as cantiguinhas do passado.

Malas de dinheiro

O analista Roberto Leandro Grobman, 41, afirmou em entrevista à Folha ter presenciado a chegada de malas de dinheiro ao apartamento do deputado federal Gabriel Chalita (PMDB-SP) em 2005, quando ele era secretário da Educação de São Paulo. As malas, diz ele, foram levadas ao apartamento pela advogada Marcia Alvim, uma das principais assessoras de Chalita. Na época, Grobman mantinha relacionamento com ela. "Vi Marcia trazendo malas de dinheiro. Jogava o dinheiro no chão e separava."

A Folha revelou no sábado que o Ministério Público instaurou 11 inquéritos para investigar Chalita por enriquecimento ilícito, corrupção e fraude em licitação a partir de depoimentos de Grobman. Ele diz que era assessor informal de Chalita na secretaria, com telefone, e-mail e cartão do Estado. Apresentou fotos de viagem oficial que fez com Chalita e Marcia a Paris, para evento da Unesco.

O início
Montei a empresa Interactive com Nilson Curti, superintendente do COC [grupo educacional privado], em 1999. Em 2003, fui apresentado por Chaim Zaher [ex-dono do grupo COC] a Chalita. Fui trabalhar na secretaria e tinha sala, e-mail e cartão do governo.

Estratégia
Chaim colocou pessoas de sua confiança em cargos estratégicos. O Milton Dias Leme, na diretoria da Fundação para o Desenvolvimento da Educação [FDE], o Farid Mauad, diretor da COC, no Conselho Estadual da Educação, e eu na secretaria. Era para a gente direcionar contratos do governo com o COC.

Assessor informal
Como domino várias línguas, passei a acompanhar Chalita ao exterior. A gente acordava cedo, corria e fazia ginástica, compras. Como conheço informática, fui incumbido por ele de cuidar da automação da cobertura em Higienópolis.

O custo
Nilson Curti um dia comentou comigo que o "custo Chalita" já era de R$ 11,6 milhões. Era a despesa do Chaim com ele. Curti cuidava de toda a parte financeira. Mas a Interactive era uma empresa de caixa dois, para operação política.

As malas
Eu ficava no apartamento de Higienópolis acompanhando a reforma. Vi a Marcia Alvim trazendo malas de dinheiro, eram malas de propagandista, de couro, grandes, grossas. Ficavam guardadas no armário espelhado em frente ao banheiro. Jogava o dinheiro no chão e separava, pagava o estúdio do programa de TV. Também levavam o dinheiro na sala do Paulo Barbosa [braço direito de Chalita, adjunto na época] na secretaria. Ele guardava num cofre verde do lado esquerdo da mesa.

O rompimento
Ele já tinha feito toda a reforma no apartamento [em Higienópolis] com dinheiro do empresariado. Eu fazia vista grossa, mas aí a Márcia me falou que ele tinha comprado o apartamento no Rio. Foi o que me fez brigar com ele. Eu fui falar que não era ético e ele respondeu que a ética é relativa, que podia provar isso para mim pela semiótica, que eu deveria calar a boca. Me senti humilhado.

As ameaças
Quando disse ao Chaim que havia procurado o Ministério Público, ele começou a me ameaçar, disse que sabia onde meus filhos moram, que o ministro da Justiça [José Eduardo Cardozo] era funcionário dele, dava aula na EPD [Escola Paulista de Direito] e ele tinha a PF na mão. Mas não vou me calar. Acredito na cidadania.

A compra de livros
O COC comprou 34 mil livros da "Pedagogia do Amor" [de autoria do ex-secretário]. Os livros eram uma moeda de troca do Chalita. Colocamos tudo na minha sala e na sala do Chaim num escritório de operações do Chaim e do Chalita. Havia 34 mil livros e eu tinha medo que a estrutura do prédio não aguentasse. Fui até perguntar para o zelador. Falei que precisava tirar de lá, e quem tirou foi o motorista do Chaim.

A buraqueira em Araripina e a OTL na justiça

Para toda ação, uma reação. A ação da OTL foi fazer buraco nas ruas de Araripina e não reparar adequadamente. A ação da população foi reclamar, esbravejar, exigir mudança de comportamento e atitude da empresa e da prefeitura. E a ação do prefeito foi entrar na justiça cobrando a conta pelos transtornos e prejuízos.
Resultado: Quando a OTL for receber a próxima parcela, poderá levar um belo susto. Desta forma, restará mais uma vez provado que todo sabido de mais é besta. Teria sido melhor não tratar o araripinense como se otário fosse.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Eduardo Campos recebe um empurrãozinho externo




















O jornal inglês Financial Times publicou, na semana passada, uma lista dos 25 brasileiros que devem ser observados. Segundo o Blog da Folha, no seleto grupo indicado  pela publicação, o governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, marca presença. Pré-candidato à Presidência da República, o líder socialista divide a atenção, entre os políticos citados, com o potencial adversário Aécio Neves (PSDB-MG).
Em seu breve comentário, o Financial Times ressalta que Eduardo Campos “tem um registro impressionante como governador de Pernambuco, em um estado em expansão no Nordeste” e ressalta que o líder socialista, embora aliado do PT desde 2002 – no primeiro governo do ex-presidente Lula – e da presidente Dilma Rousseff (PT), é potencial candidato ao Palácio do Planalto, em 2014.
Esta é a segunda vez que o governador Eduardo Campos é citado em uma publicação estrangeira. A primeira ocorreu em uma entrevista perfil publicada na revista  The Economist, em outubro do ano passado. A reportagem descreve o socialista como um gestor moderno e um chefe político antiquado.
Além de Eduardo Campos, outros dois nomes pernambucanos também são citados pelo jornal inglês: o artista plástico Romero Britto e o jornalista e cineasta Kléber Mendonça Filho. A publicação destaca a produção artística feita por Britto e que sua obra está exposta em mais de 100 países, enquanto que joga luz sobre o filme “O Som ao Redor”, escrito e dirigido pelo pernambucano.
A lista com os 25 nomes é dividida em seis temas: política, esportes, artes, entretenimento, social e negócios. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Joaquim Barbosa, a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, além do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo (PCdoB), também integram o grupo.

A palavra do deputado Raimundo Pimentel e a minha

Um pouco abaixo segue informação colhida na imprensa regional refletindo a resposta do deputado Raimundo Pimentel à postagem que fiz anteriormente. Um outro blog postou desaforo que não parece ter sido autorizado pelo parlamentar.

MINHAS FONTES informaram que o deputado Raimundo Pimentel, em passagem pelo Portal da Cidade, quando jantou e festejou (?) ao lado de vereadores da situação e da oposição, disse desacreditar na força e disposição de Eduardo Campos para enfrentar Dilma na disputa presidencial, demonstrando sentimento completamente diferente da maioria dos socialistas locais e nacionais.
Fica novamente repetido o que minhas fontes afirmaram. Acredito nelas e não preciso postar vídeos oferecidos para provar o alegado, até porque minha palavra vale por dez provas ou testemunhos. Basta  relembrar que o deputado por muitos anos fez uso da credibildiade do Jornal Voz do Sertão, por mim editado, para se projetar na região e finalmente se eleger pela primeira vez.
Ademais, não é novidade para ninguém na região que a relação de Raimundo Pimentel com o PSB não é e nunca foi das melhores, sendo mais deteriorada agora do que quando do seu ingresso no partido. Isto é fato e não intriga nem futrica, embora o Meu Araripe não tenha relatado nada sobre tal assunto na postagem que tanto impacientou o parlamentar.

Mesmo acreditando nas minhas fontes e também tendo oferta de conteúdos que provariam as informações que dei, jamais o Meu Araripe negaria espaço para a versão do deputado, dando o assunto por encerrado em seguida. Tanto é que, mesmo sem solicitação, posto a versão de Raimundo Pimentel logo a seguir, cabendo a cada leitor que conhece a realidade local fazer o seu juízo de valor.

ASO deputado estadual Raimundo Pimentel (PSB) afirmou que faz parte do projeto político do governador Eduardo Campos e que em nenhum momento disse o contrário, como noticiou o blog Meu Araripe, do blogueiro Ronaldo Lacerda.
De acordo com ele, os palanques municipais já foram desarmados e que como parlamentar da base governista e filiado ao PSB não poderia ter comportamento político diferente. “Pertenço ao partido do governador Eduardo Campos e não tem nenhum fundamento dizer que não concordo com a provável candidatura dele à presidência da república. Ao contrário, o governador é o melhor avaliado do Brasil e tem todas as prerrogativas e legitimidade para concorrer ao Palácio do Planalto. Como partidário e aliado que sou do governador sou parte integrante do projeto político de Eduardo Campos”, afirmou Pimentel.
Pimentel também aproveitou para dizer que estas informações infundadas tem a conotação e o objetivo de tentar desestabilizá-lo junto ao Palácio do Campo das Princesas (referindo-se ao Blog Meu Araripe). “Temos que pensar política de forma grande. Os palanques foram desarmados e a eleição municipal passou. O objetivo meu e do meu grupo é ajudar Araripina a sair da situação em que se encontra. O meu gabinete está á disposição do prefeito Alexandre Arraes e das lideranças de Araripina”, pontuou Pimentel.
Por outro lado, o parlamentar disse que conta com a total confiança do governador Eduardo Campos e das lideranças que integram o PSB e os partidos aliados. “No nosso mandato temos contribuído com o fortalecimento de Pernambuco, seguindo a orientação do nosso governador, que é o líder maior do grupo político”, concluiu.
MEU ARARIPE NOVAMENTE
Lendo a nota da assessoria do deputado, fica a impressão de que o mesmo acredita que o Meu Araripe tem força bastante para tentar desestabilizá-lo junto ao governador, e que também tem ese interesse. Faltou inteligência ou cuidado, até porque me senti o dono da Rede Globo por um segundo. É claro que o Palácio tem acesso a conteúdos postados neste blog, embora pouco ou nada se deixe influenciar por ele. Contudo, só hoje fiquei sabendo da reação de Pimentel e também só hoje fiquei sabendo que o Palácio tomou conhecimento da sua opinião sobre a candidatura de Eduardo Campos na mesma noite em que ele esteve no Portal da Cidade na companhia de vereadores. Aí já outro assunto.  

sábado, 23 de fevereiro de 2013

A opinião de Raimundo Pimentel sobre candidatura de Eduardo Campos

Por enquanto, Raimundo Pimentel acredita pouco no sucesso de Eduardo Campos, caso o pernambucano decida mesmo peitar Dilma Roussef na disputa pela presidência. Foi o que disse ontem à noite, em encontro com os vereadores de Araripina, em jantar no Portal da Cidade. Contudo, o deputado poderá mudar de ideia caso consiga se viabilizar como deputado federal apoiado pelos dois grupos.
Segundo fontes ouvidas pelo blog, Pimentel disse que espera Eduardo Campos resolver a questão da disputa regional.
Já outras correntes partidárias que conhecem mais de perto as pretensões e as ferramentas que Eduardo Campos terá para usar, dizem abertamente que o próximo paradeiro do neto de Arraes é o Palácio do Planalto. E dão exemplo: "Jorge Gerdal está juntando 6 mil empresários do Sul brasileiro para ouvir e aplaudir o governador de Pernambuco".  Só faltou dizer que quem ouve e aplaude financia.
É a política.

Prefeito visita barragem quebrada e come bobe

O prefeito Alexandre Arraes não está com vida fácil. Hoje, em pleno sábado, visitou o sítio  Alto Novo, em Rancharia,  para ver de perto os estragos da única chuva digna deste nome que caiu em 2013.
Lá prometeu recuperar a parede de barragem que a chuva levou, prometeu solução para uma linha de transporte escolar e.... comeu bobe. Estava acompanhado de gente que come dizendo que não pode - que é Bringel (que só para de comer para dizer que não pode), Luis Brás, Lelão, Bringel Filho, Ricardo Arraes e muita gente feliz do lugar.
De lá, Alexandre e Ricardo seguiram para a Serra do Simões II, onde participariam de reunião ordinária da associação presidida por Geraldina.
A nótícia da recuperação da baragem e da linha de ônibus aumentou o consumo de 'água benta' nos arredores do Pajeú.
É uma coisa engraçada. Figura de prefeito no interior do município tem efeito de bálsamo. Fica uma impressão de que só o prefeito tem a solução. E o povo de lá é generoso. Além do bode que morreu hoje, um carneiro e um boi já estão na corda para virar churrasco na semana que entra, quando o serviço ficar pronto.

GÁS DA REFORMA
Alexandre Arraes está com muita fé de que muitas ações serão destravadas a partir de agora. Explica-se: Ontem foi aprovada a reforma administrativa proposta pelo poder executivo. O socialista também aposta na parceria com o governo do Estado, em particular na parcela extra de FPM que Eduardo Campos prometeu aos municípios pernambucanos.

UPA
Araripina conquistou uma UPA, que funcionará no pacto do SUS (municípios, estado e União). O prefeito ainda tenta descobrir o melhor lugar para implantar. Cogita o Centro de Saúde e o Hospital Santa Maria.

IDA À CODEVASF
Um exército de políticos baterá à porta do superintendente da CODEVASF, em Petrolina. Todos os vereadores da bancada de situação irão àquele órgão solicitar obras para Araripina. Mas Alexandre, aparentemente, vai chorar de barriga cheia: Já conseguiu vários poços e sistemas simplificados de abastecimento, que logo começará a implantar. Os vereadores, estes sim, podem se queixar: Só Evilásio Matheus e companhia se deram bem até agora na indicação de aguadas. Os vereadores 'alexandrinos' querem empatar o jogo.


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

A mandarová, a seca e o fracasso do "Terra Produtiva"



 
Lagartas vorazes se proliferam com o desequilíbrio ecológico provocado pela longa estiagem e devoram as poucas plantas existentes. Em se tratando de mandiocultura, 2014 pode ser pior que  2013.

Deu a lógica. A estiagem se prolongou, o planejamento deu lugar à sede por lucro rápido, a rama não foi preservada em lugar nenhum do Nordeste e em Araripina a mandarová começa a destuir o pouco que restou do ano passado e dos poucos plantios deste ano. A combinação de fatores é preocupante. Em 2014, poderemos não ter rama alguma, diferente de 2013, quando algumas roças em Araripina serviram de alento para quem planejava fazer semente para a próxima safra.
TUDO DESENHADO
Todos sabiam que o inverno seria fraquísimo. Todos sabiam que não havia rama suficiente para aproveitar as poucas chuvas. Todos sabiam que a mandarová viria com força em virtude do desequilíbrio ecológico causado por estiagens sucessivas. O certo seria aproveitar a pouca rama para plantar em obediência às técnicas e cercado de cuidados. Poucos plantadores bem organizados e esclarecidos; áreas próximas para facilitar o combate às pragas; bom aproveitamento das poucas chuvas; boa mecanização; correção e adubação; tratos culturais impecáveis e veneno nas pragas. Só assim teríamos rama boa e suficiente para ganhar 2014. Assim não foi feito. A pouca rama foi 'atomizada'. Corremos o risco de nada ou muito pouco colher. Com certeza, aqueles que conseguirem salvar suas pequenas lavouras, certamente não terão resultados satisfatórios, nem de produção nem de formação de rama. Tudo como o previsto. Tudo como o discutido e alertado.

O encontro de Gravatá e o Aeroporto de Araripina


O prefeito de Araripina, Alexandre Arraes está participando do encontro Todos por Pernambuco na cidade de Gravatá. O evento tem promoção do Governo do Estado e reúne os prefeitos dos 184 municípios do Estado.
Durante dois dias o Governo do Estado através dos seus Secretários está dando palestras, oficinas e reuniões para alinhar as estratégias do Estado com os municípios em diversas áreas como saúde, educação, assistência social, infraestrutura, segurança e outras.
O Governador Eduardo Campos anunciou ajuda para os municípios baseado no Fundo de Participação dos Municípios – FPM para realizarem obras de interesse da população. Os recursos serão liberados em quatro parcelas que serão creditadas de acordo com o andamento da obra escolhida. De acordo com Alexandre Arraes esta ajuda financeira vem em boa hora para dar fôlego financeiro para que os municípios possam executar obras de interesse social.
Ainda para o prefeito Alexandre Arraes a área que carece de mais investimentos e terá atenção redobrada por parte da Prefeitura será a saúde. “Estamos visitando todos os Secretários para levantar nossas demandas, mas vamos focar as ações na área da saúde”, afirmou.
AEROPORTO
Ainda ontem o Ministro de Estado Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Wagner Bittencourt emitiu parecer favorável à construção do Aeroporto Regional do Araripe. A notícia veio por meio do Deputado Federal Jorge Côrte Real que está contribuindo com o projeto.
De acordo com a Secretaria de Aviação Civil, a construção do Aeroporto Regional do Araripe é de interesse do Governo Federal e as próximas medidas serão avaliar a estrutura do atual aeródromo com o objetivo de inventariar a infraestrutura e em seguida montar o projeto de construção.
Para o prefeito Alexandre Arraes o anúncio da aprovação do Aeroporto Regional do Araripe é um grande avanço para toda a região, pois trará desenvolvimento para todas as cidades que integram o Araripe.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

'CONFISCO' DE SUAPE: Eduardo Campos garante que vai reagir

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, em encontro com prefeitos de todo estado que acontece em Gravatá, garantiu que pretende dialogar, mas se o diálogo não for suficiente, recorrerá à justiça para manter a boa gestão estadual à frente do Porto de SUAPE.
Numa espécie de perseguição arquitetada pelo PT, a presidente Dilma iniciou procedimentos para tirar dos estados o direito de gerir seus portos. Há quem garanta que se trata de guerra declarada a Pernambuco. O certo é que os petistas querem mais cargos para acomodar companheiros e parte da turma de Renan Calheiros, que estica a corda visando mais comamando de empresas que dão lucro.
SUAPE vem sendo a mola propulsora do desenvolvimento de Pernambuco. Dilma pretende emparedar Eduardo com esta ameaça?

Gesto de presidenciável: Eduardo libera 228 milhões para municípios e deixa Dilma na poeira

ec gde
No discurso de abertura do lançamento do “Juntos por Pernambuco”, nesta quinta-feira (21), o governador Eduardo Campos (PSB) anunciou a criação do Fundo Estadual de Apoio e Desenvolvimento Municipal. Ao todo, serão R$ 228 milhões a serem distribuídos às prefeituras, com o objetivo de impulsionar obras, projetos e ações da esfera municipal.

A principal novidade do programa é o fato de os recursos serem transferidos na modalidade fundo-a-fundo, ou seja, diretamente do tesouro estadual para uma conta criada especificamente para este fim pela prefeitura, desburocratizando o processo e reduzindo as exigências formais típicas das parcerias entre unidades da federação.
Cada município vai receber o equivalente a 1/12 do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) recebido em 2012, que será disponibilizado em quatro parcelas. O Recife, por exemplo, vai ficar com R$ 26 milhões. “Com ajuda de técnicos, estamos desenvolvendo, de maneira objetiva e inovadora, esse fundo para ajudar o Brasil a crescer, para vocês fazerem obras, ações, de acordo com as prioridades da população local”, disse Eduardo.

O governador explicou ainda que o fundo vai apenas disponibilizar as verbas, mas sem preocupação com o projeto em si. “Não vamos analisar projetos. A responsabilidade é do município. A única exigência nossa é que o processo licitatório obedeça à tabela de preços utilizada pelo Tribunal de Contas do Estado”, afirmou. O Projeto de Lei que cria o Fundo Estadual de Apoio e Desenvolvimento Municipal já foi enviado à Assembleia Legislativa e deve ser aprovado no começo de março.

Eduardo festejou a “participação maciça dos prefeitos”, e aproveitou para orientar os líderes locais na gestão da máquina pública. “A primeira lição é deixar em paz quem perdeu a eleição e ir cuidar do serviço, sempre ouvindo a população para governar junto com o povo”, assegurou.

O governador sugestionou ainda aos prefeitos a focarem numa política que tenha foco e valorize o trabalho por mérito.
“É importante ter um Mapa da Estratégia, e saber o que se vai fazer nos próximos quatro anos. Ajuda a ser eficaz, a se organizar, a definir metas, valores e princípios. Não podemos abrir mão de chamar, para gerir ao nosso lado, pessoas competentes, sérias. Não é fácil, mas é possível. Tem de saber liderar, manter a gestão à vista: conferir os resultados, os indicadores, ser o primeiro a chegar e o último a sair”, ressaltou.


(Informações do Blog de Magno com título nosso)

Apoio Cultural


Ingressos do primeiro lote já à venda. Corra enquanto tem!
Será o maior show do ano, neste gênero.

Você também acretita nesse negócio?

Muita gente me ligou nas últimas horas indagando a respeito da postagem abaixo. Como há muita gente esperta, mais de vinte já sabem do que se trata e me pediram opinião.
Vou dizer quatro coisas:
1) Já entrei e estou gostando;
2) Não estou aconselhando ninguém, apenas relatando o que fiz;
3) Só ganha dinheiro quem tem e sobretudo quem quer ousar;
4) O blog não se transformará em canal de discussão sobre Telexfree. Cai na besteira de fazer a postagem abaixo e perdi o controle da situação, com muitas ligações para meu celular. Como preciso trabalhar no ramo de ofício e também estudar e expandir essa 'coisa nova e interessante', e também lucrativa, deixei de dar a devida atenção aos que me ligaram pedindo 'consultoria'. Já coloquei dois pés e é tudo que tenho a dizer. Amigos, amigos, negócios à parte.
Com a rede que tenho, acho que vai dar muito certo. Quem tiver inclinado, sabe como me encontrar fora daqui.  Um conselho: Se for entrar, procure uma rede forte e saudável. E não aceite gente pessimista ou barata por perto.
ASSISTA E DEPOIS ME PROCURE, INDEPENDENTE  DO LUGAR ONDE MORA.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Jeito fácil de ganhar dinheiro

Hoje participei de uma palestra inusitada. Ouvi relatos de gente que ganha dinheiro fácil e honestamente. No mínimo, se você for preguiçoso, conseguirá ganhar 800,00 por mês, durante um ano, através de uma aplicação mínima. Se tiver um pouco mais guardado e 'aplicar', poderá ganhar mais de 8 mil por mês sem sair de casa. Sempre ganhei com muito trabalho e muita dificuldade. A vontade foi entrar com pés e cabeça. Nunca vi tanta facilidade. Mas serei prudente. Vou entrar só com um pé e depois colocar o resto aos pouqinhos. De preferência, vou atirar com a pólvora do homem forte que está nos EUA.
Se tudo der certo, chamarei meus melhores amigos para entrar com pé e cabeça. Nem precisa diploma de economista.
É tanta facilidade que estou estranhando. Vou testar e depois converso com os mais íntimos.
Um médico amigo alerta que curiosidade mata.

Secretário de Administração com um pé fora

Secretário de pasta equivalente a de administração estaria com boa proposta de recolocação no mercado de trabalho e por isto receioso de atuar formalmente em importante município da nossa região. O dilema seria: Se assinar algo como secretário perderia a recolocação em empresa multinacional da qual saiu para compor secretariado.
Salário de secretário não está entusiasmando muito. A falta de perspectiva de melhora desse salário é menos estimulante ainda. Fica então exposto o gargalo: Gente que não consegue emprego de salário mínimo por incompetência ou preguiça na iniciativa privada acha muito um salário pago pelos municípios a profissionais tarimbados. Já os profissionais tarimbados acham merreca e se negam a trabalhar por tão pouco para estruturas arcaicas que negam reconhecimento.
Não é por outro motivo que as administrações Brasil à fora estão emperradas.
O nome, se confirmado, causará surpresa.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Muriçoca: Ataque aéreo

Hoje teve início o trabalho de combate às muriçocas por via aérea. Carros e homens tentam matar por envenenamento as nuvens de insetos que infernizam a população urbana de Araripina.
A crítica deu resultado.

DILMA FEZ ISSO: O elemento que foi à Cuba com nosso dinheiro a fim de receber instruções para atacar blogueira.


O servidor da Secretaria-Geral da Presidência da República, Ricardo Augusto Poppi Martins, recebeu exatos R$ 5.095,10 dos cofres públicos para se hospedar em Havana, capital de Cuba. De acordo com a ONG Contas Abertas, a viagem aconteceu poucos dias depois de o servidor ter participado de uma reunião na embaixada de Cuba em Brasília.
Durante o encontro, foi distribuído um polêmico cd com conteúdo difamatório sobre a bloggueira Yoani Sánchez, que chegou ao Brasil na última segunda-feira (18) e desde então tem sido alvo de protestos por parte de manifestantes que defendem o governo dos irmãos Castro.
Matins está na Secretaria-Geral da Presidência há cerca de dois anos e recebe um salário bruto de R$ 6,8 mil. O servidor viajou a Cuba no último dia 10 e reservou hotel por oito dias, recebendo cerca de U$ 320 para cada diária. O Governo Federal não revela a natureza da viagem.

Na Caixa

No ano em que acirrou a disputa com os bancos privados, a Caixa Econômica Federal teve lucro de R$ 6,1 bilhões, resultado 17,1% maior do que no ano anterior e recorde histórico do banco estatal.
O banco público terminou 2012 com crescimento de 42% na carteira de crédito, que atingiu R$ 353,7 bilhões. De longe, foi a maior expansão de crédito do mercado em 2012, que cresceu em média 15% no ano passado.

Cuba manda no Brasil do PT

Mesmo sem saúde e cambaleante, Fidel Castro cresceu de tamanho político com a fragilidade moral do governo brasileiro. As pilhas  de dinheiro que enviava ao Brasil nos tempos de guerra fria, dinheiro que vinha da antiga União Soviética, agora tira a autonomia dos que receberam aquele recurso sujo para promover a luta armada.
Lula já provou no passado que não tem como encarar Fidel Castro e deportou dois atletas olímpicos de volta à ilha. Agora, no governo de Dilma, outra que recebeu financiamento sujo para fazer guerrilha nos anos 70, o Brasil passa vexame ao dividir com Cuba a  missão de infernizar a vida de uma ativista de direitos humanos que cobra liberdade na Ilha. Em solo brasileiro, maconheiros sem emprego atrapalham a mando da embaixada cubana e do aparelho do PT a vida da blogueira Yoani.
Logo ela, que tem o mundo a seus pés e é aguardada com tapete vermelho em todos os países civilizados e livres da ingerência dos ditadores caribenhos.
Se abaixando mais um pouquinho o Brasil lamberá as botas dos aprendizes de ditador de Equador e Bolívia.
A verdade é uma só: Com o rabo preso, todos os petistas graúdos são obrigados a ir à Cuba quando Fidel ordena e a fazer papel sujo sempre que é de interesse da ilha. Por último, o dinheiro enviado à guerrilha nos anos 70 está sendo pago por todos os contribuintes. Vez por outra o BNDES manda sem retorno milhões de Dólares para Fidel torrar e sustentar seu regime falido.
Se tem uma coisa que Fidel sabe fazer é chantagear. O PT cede a todas.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Números estranhos: Negros são contra cota para negros.

Pesquisa do Ibope, publicada hoje pelo Estadão, mostra que mesmo entre negros, que se beneficiariam diretamente delas, as cotas por cor recebem apoio menor que as cotas por renda e escola de origem: 26% dos negros são contra as cotas para negros. No entanto, 62% dos brasileiros apóiam as cotas.

A conta alta

O congressista brasileiro é o segundo mais caro em um universo de 110 países, mostram dados de um estudo realizado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em parceria com a UIP (União Interparlamentar). Cada um dos 594 parlamentares do Brasil -513 deputados e 81 senadores- custa para os cofres públicos US$ 7,4 milhões por ano.
 
Para permitir comparações, o estudo usa dados em dólares, ajustados pela paridade do poder de compra -um sistema adotado pelo Banco Mundial para corrigir discrepâncias no custo de vida em diferentes países. O custo brasileiro supera o de 108 países e só é menor que o dos congressistas dos Estados Unidos, cujo valor é de US$ 9,6 milhões anuais.
 
Com os dados extraídos do estudo da ONU e da UIP, a Folha dividiu o orçamento anual dos congressos pelo número de representantes - no caso de países bicamerais, como o Brasil e os EUA, os dados das duas Casas foram somados. O resultado não corresponde, portanto, apenas aos salários e benefícios recebidos pelos parlamentares. Mas as verbas a que cada congressista tem direito equivalem a boa parte do total. No Brasil, por exemplo, salários, auxílios e recursos para o exercício do mandato de um deputado representam 22% do orçamento da Câmara.
 
Entre outros benefícios, deputados brasileiros recebem uma verba de R$ 78 mil para contratar até 25 assessores. Na França -que aparece em 17º lugar no ranking dos congressistas mais caros- os deputados têm R$ 25 mil para pagar salários de no máximo cinco auxiliares. Assessores da presidência da Câmara ponderam que a Constituição brasileira é recente, o que exige uma produção maior dos congressistas e faz com que eles se reúnam mais vezes -na Bélgica, por exemplo, os deputados só têm 13 sessões por ano no plenário. No Brasil, a Câmara tem três sessões deliberativas por semana.
 
No total, as despesas do Congresso para 2013 representam 0,46% de todos os gastos previstos pela União. O percentual é próximo à média mundial, de 0,49%. Em outra comparação, que leva em conta a divisão do orçamento do Congresso por habitante, o Brasil é o 21º no ranking, com um custo de cerca de US$ 22 por brasileiro. O líder nesse quesito é Andorra, cujo parlamento custa US$ 219 por habitante.
 
O estudo foi publicado em 2012, com dados de 2011. O Brasil não consta no documento final porque o Senado atrasou o envio dos dados, que foram padronizados nos modelos do relatório e repassados à Folha pela UIP. Ao todo, a organização recebeu informações de 110 dos 190 países que têm congresso. Alguns Estados com parlamentos numerosos, como a Itália, não enviaram dados. (Folha de São Paulo)

Sonháticos

A festa foi bonita, cara e paga por patrocinadores de peso. Agora chegou a hora dos sonháticos buscarem assinaturas de verdade, não aquelas que as ongs inflam com robôs na internet. O resultados é que o partido da Marina Silva está tendo menos adesões do que o previsto, pelo menos entre parlamentares, o que significa pouco tempo de TV e um grave problema para a reeleição. Políticos precisam de partidos políticos. e das suas estruturas para sobreviverem.

Na rede, em Minas.

Com todo o respeito que merece o falecido ministro Fernando Lyra, a sua biografia não é motivo de artigo de segunda-feira, na Folha de São Paulo, escrito por um presidenciável que prometeu que, depois do carnaval, "viria quente". No máximo uma nota de rodapé.  Aécio Neves continua desconectado da militância que ainda pulsa, aquela mínima militância que deu ao PSDB um legado de 44 milhões de votos na eleição de 2010.

Escolas municipais iniciam ano letivo

Começou hoje (18) o ano letivo das escolas municipais de Araripina. Durante os meses de janeiro e início de fevereiro a Prefeitura Municipal por meio de Secretaria de Educação realizou reuniões, capacitações e oficinas com os professores e gestores das escolas de maneira a planejar o ano letivo.
Para abrigar com mais conforto os alunos da rede municipal um convênio firmado entre Prefeitura e o Ministério da Educação – MEC trouxe para Araripina 6.300 novas carteiras de estudos e em breve o município receberá 12 novos ônibus de Transporte Escolar.
Na abertura do ano letivo hoje pela manhã o que se observou foram ambientes escolares organizados com estrutura para dar mais qualidade de ensino aos alunos com salas limpas, material de estudos organizado e o principal, alunos nas salas de aula estudando e aprendendo com seus professores.
A determinação do prefeito do município é que as escolas possuam estrutura física e humana para dar a melhor qualidade de ensino aos alunos. “Vamos trabalhar intensamente para proporcionar que nossos alunos tenham acesso a educação de qualidade com professores capacitados”, destacou Alexandre Arraes.

Prefeito de Araripina cumpre agenda administrativa em Recife


O prefeito de Araripina, Alexandre Arraes encontra-se na capital Pernambucana onde executa intensa agenda de reuniões. Logo pela manhã esteve na Secretaria Estadual de Saúde com o Secretario Executivo da pasta, Jorge Araújo.
Na reunião Alexandre Arraes reforçou a necessidade de investimentos na saúde municipal dando ênfase ao Hospital que atenderá aos distritos de Nascente e Gergelim e também a unidade de Hemodiálise que se instalará no Hospital e Maternidade Santa Maria, na sede da cidade.
O prefeito de Araripina também irá protocolar junto ao Gabinete do Governador Eduardo Campos o pedido de criação da Delegacia da Mulher além de uma equipe para que os plantões judiciais durante os finais de semana sejam realizados na cidade, sem a necessidade de deslocamento para o vizinho município de Ouricuri.
Já no início da tarde o prefeito participou da eleição da Associação Municipalista de Pernambuco – AMUPE que elegeu o prefeito da cidade de Afogados da Ingazeira, José Patriota como o presidente da AMUPE.
Liderando a comitiva de prefeitos da região do Araripe, Alexandre Arraes reforçou a importância da AMUPE como fundamental para o pleito de melhorias para os municípios pernambucanos.

Faltam dois e um é nosso

Leiam as duas notinhas da coluna de Inaldo Sampaio. Trata da eleição de três deputados federais da cota de Eduardo Campos. Se soubermos nos articular, uma delas será nossa.
Segue:
Vácuo 1 – É intenção do PSB-PE eleger três deputados federais na quota de Eduardo Campos, vez que ele tem apenas um: Danilo Cabral (cujo suplente é Severino Ninho). Fernando Filho é da quota do pai, Gonzaga Patriota não tem dono e o pastor Eurico é da Assembleia de Deus.
Vácuo 2 – Dos três novos parlamentares que o partido deseja eleger, apenas um já está em campanha: João Fernando Coutinho, que é deputado estadual e 1º secretário da Assembleia Legislativa. Ele está “plantado” na região da Mata Sul, que era reduto de Ana Arraes (TCU).

MEU ARARIPE
Tem tudo para ser Ricardo Arraes, vez que Alexandre é prefeito e ainda não terá cumprido sequer dois anos de mandato. Contudo, se dependesse de Eduardo Campos, o prefeito de Araripina sentaria na cadeira deixada por sua mãe Ana Arraes. O Araripe precisa de um deputado federal para deixar de ser currral de Petrolina e ter direito a obras importantes, sobretudo a principal delas, que é o Canal do Sertão, única intervenção capaz de tirar dezenas de milhares de pessoas da miséria e tornar nosso lugar rico e próspero, bem diferente deste lugar miserável que deve esmolas ao PT. Mas é preciso dertubar o PT de cima do cavalo, antes que ele transforme todo país em terra de pedintes e devedores de favor eleitoral.

As muriçocas correram do canal. E isso ajuda.

Sobre publicação que fiz sobre o ataque das muriçocas, recebi a seguinte informação:
"O serviço de drenagem e limpeza do Canal São Pedro realizado pela prefeitura eliminou o principal habitat das muriçocas. Com isto, elas se deslocaram em massa para outros lugares, causando aquele desconforto todo. Segundo Lelo Alencar, que acompanhou os serviços e garante que a outra parte do riacho também será drenada, a vida curta dos insetos permite supor que em poucos dias eles estejam mortos em função do ciclo de vida e das demais ações de combate. Talvez pouco procriem, o que seria bastante para diminuir radicalmente a sua presença na cidade.

A informação procede realmente. Resta saber se na outra ponta os agentes de endemias estão atuando na eliminação de focos espalhados pelas casas e terrenos.
Lelão também informou que o ataque aéreo vai começar.
Fogo!

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Prefeitos têm desafio de universalizar a pré-escola até 2016

Da Agência Brasil

Brasília – Os prefeitos que assumiram o cargo no início deste ano terão um desafio a cumprir até o fim do mandato, em 2016: universalizar a pré-escola. A matrícula de todas as crianças na faixa etária de 4 a 5 anos tornou-se obrigatória em 2009. O prazo final foi fixado para 2016 e a responsabilidade recai sobre os municípios aos quais cabe a educação infantil.

O desafio dos prefeitos será garantir vagas para as crianças na rede pública. Alguns municípios, entretanto, não têm unidades suficientes e precisarão construir novos prédios. Além disso, virão mais gastos com os profissionais contratados e a manutenção das novas instalações.

Os dados mais recentes do Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que, em 2010, havia 1.154.572 crianças na faixa de 4 a 5 anos fora da escola. A matrícula na pré-escola, no entanto,  avançou na última década. Em 2000, 51,4% das crianças nessa faixa etária tinham acesso à educação, patamar que saltou para 80,1% em 2010.

Há pouco mais de um mês exercendo o mandato de prefeito de Araguapaz, município goiano com 8,5 mil habitantes, Fausto Luciano antecipa que será difícil cumprir a meta sem mais recursos do governo federal. “Hoje é quase impossível. Os recursos do Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação] são escassos. Com os recursos de que dispomos hoje, será preciso existir algo mais até 2016 para que isso seja implementado. É um desafio para os gestores que estão entrando agora”, disse Luciano.

As prefeituras recebem apoio federal por meio do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (ProInfância). O objetivo é financiar a construção de unidades de educação infantil para atender a crianças de até 5 anos, faixa etária da creche à pré-escola.

Pelo programa, a prefeitura providencia o terreno e o Ministério da Educação (MEC) financia a construção, os equipamentos e o mobiliário. A meta do atual governo é construir 6 mil novas creches e pré-escolas até 2016. Dados do MEC indicam que 742 unidades de educação infantil foram entregues nos dois primeiros anos de gestão da presidenta Dilma Rousseff e cerca de 5,6 mil estão em construção.

Mesmo assim, alguns gestores se preocupam com o custo da manutenção. É o caso do prefeito de Cachoeira Grande, no Maranhão, Francivaldo Souza. “Estamos construindo uma creche, mas, para fazer funcionar, temos que ter a ajuda do governo federal. Não falo só nos equipamentos, mas também da manutenção”, disse ele.

A secretária municipal de Educação de Colinas, no Tocantins, Odaléa Sarmento, considera a meta ambiciosa e acredita que uma alternativa seria apoiar a ampliação dos prédios municipais. “Os municípios têm prédios com infraestrutura de escola de ensino fundamental. Temos que adaptar esses ambientes para a educação infantil, para essa faixa etária”. Ela também defende que o governo do estado assuma a responsabilidade pela etapa final do ensino fundamental, para que os municípios concentrem esforços na educação infantil.

Embora a questão financeira seja a mais citada entre as dificuldades a serem superadas, a diretora executiva do movimento Todos pela Educação, Priscila Cruz, aponta que a gestão nos municípios terá importância fundamental para viabilizar a infraestrutura e contratação de profissionais para a universalização da pré-escola até 2016. “Se a gestão e a implementação não forem muito rigorosas e competentes, no espaço de quatro anos, não se dá conta de colocar em pé toda a estrutura necessária para garantir vagas para essas crianças todas.”

A inclusão do pré-escolar ocorreu por emenda à Constituição. Antes da mudança, o ensino fundamental era a única fase escolar obrigatória no Brasil. Desde então, o ensino passou a ser obrigatório dos 4 aos 17 anos, abrangendo a pré-escola, o ensino fundamental e o médio.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


Acordo de peso


Ruth Costas, BBC Brasil
A eventual aprovação de um acordo de livre comércio entre os Estados Unidos e a União Europeia pode representar o surgimento de novos desafios internacionais para o Brasil e outros países emergentes, de acordo com analistas ouvidos pela BBC Brasil.
O mundo assistiu a uma proliferação de pactos comerciais bilaterais e regionais nos últimos anos. Mas os analistas concordam que poucos têm um peso geopolítico e econômico tão grande quanto o esperado do acordo comercial EUA-Europa, que recebeu um pontapé inicial nesta semana.






Guerra também cansou

Nem mesmo Sérgio Guerra, o presidente do PSDB que empurrou José Serra ladeira abaixo, está aguentando a inércia de Aécio Neves. Para ele, o mineiro precisa ter mais atividade política pelo País. O deputado, que até defende o neto de Tancredo na presidência do tucanato, passa a demonstrar simpatia pela candidatura de Eduardo Campos e falta de crença na força de trabalho do mineirinho boêmio.
Vai ser difícil alguém convencer Aécio a acordar cedo. Daí ser quase impossível forçá-lo a rodar o País. É o mesmo que brigar com a sua natureza preguiçosa. Melhor deixá-lo dormir até que aceite ser vice de Eduardo Campos.

Corram lá que tem















De acordo com o secretário estadual de Saúde, Antônio Figueira, a cidade de Santa Cruz do Capibaribe está cada vez mais próxima de receber uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e um novo hospital municipal. O anúncio foi feito após reunião, na manhã desta sexta-feira (15), e que contou com as presenças do prefeito do município, Edson Vieira (PSDB), e do deputado estadual Diogo Moraes (PSB).

“Estamos caminhando bem para a concretização das ações. Em breve vamos apresentar a nova planta do hospital junto com a UPA e também o cronograma da obra. Já é o primeiro passo para o cumprimento de nossa meta de campanha que foi a humanização e qualidade no atendimento em Santa Cruz do Capibaribe”, disse o tucano.

A obra, que tem o apoio do Governo do Estado, vai dispor de um acompanhamento especial para que cada etapa seja realizada no prazo. “Estarei periodicamente na Secretaria de Saúde para que a obra saia o mais rápido possível. Já marcamos outras reuniões com o secretário Antônio Figueira e ele está verdadeiramente comprometido com o hospital e a UPA”, garantiu o deputado Diogo Moraes.

MEU ARARIPE
Araripina não precisa de mais paredes. O que precisamos é de mais médicos, especialistas principalmente, dentro do Hospital Santa Maria. 

Muriçoca

As muriçocas de Araripina estão se acostumando com a cara dos Agentes de Endemias. Pelo visto, as terríveis estão transformando o veneno em vitamina. Ação enérgica, com as autoridades à frente e maior monitoramento se faz necessário, de preferência com a 'autoridade' para o assunto subordinada diretamente ao gabinete do prefeito e independente da corporação.  A 'coisa' não pode sair do controle.

Prefeitura intervém no centro da cidade para disciplinar comércio ambulante e melhorar trânsito


A Prefeitura de Araripina está recuperando o calçamento e a praça localizados na área da feira livre no centro da cidade.

A ação da Prefeitura é fruto de um intenso processo de participação
popular, especialmente dos feirantes e comerciantes daquela região que
foram ouvidos em diversas reuniões com as Secretarias de Projetos e
Desenvolvimento Econômico, Obras e Infraestrutura e com a Autarquia de
Trânsito de Araripina – ATTA.

Os comerciantes e feirantes opinaram a respeito das mudanças e melhorias
que deveriam ser executadas na região de maneira a organizar o comércio,
melhorar o fluxo de pedestres e veículos. Para isto a Prefeitura mobilizou
uma equipe para auxiliar os feirantes a mudarem, temporariamente, suas
barracas para uma rua paralela e atualmente executa obra de reforma nos
calçamentos e na praça.

O prefeito Alexandre Arraes falou a respeito das obras e das melhorias
destacando que todas as ações foram tomadas com base na opinião dos
feirantes e comerciantes. “Convidamos a população para participar de
várias reuniões com o objetivo de captar a opinião e tomar as decisões em
conjunto. O resultado está sendo esta ação transparente e bem planejada
que trará benefícios para todos”, destacou.

Enquanto as obras estiverem em execução os feirantes estão com suas
barracas montadas na rua logo abaixo do antigo local. Com mais espaço,
organização e limpeza o fluxo de clientes aumentou e os próprios
frequentadores da feira livre elogiam a ação da Prefeitura.

São Pedro deu tempo a São Paulo, mas Haddad não aproveitou.

São Pedro deu a Fernando Hadadd, prefeito de São Paulo, exatamente o número do PSDB de prazo para ele desentopir boeiros, córregos e canaletas. Mas os 45 dias de generosidada não foram aproveitados e São Paulo sofre com as enchentes. O Fernando de Lula começa a provar que é ruim neste quesito. Talvez acredite piamente que Lula também manda no céu.

 
CLUBE SUBMERSO - Leiam o que diz a Folha
No Morumbi, a sede social do São Paulo foi tomada pelo barro. "O rio que corre ao lado do clube transbordou e destruiu o muro. A enchente atingiu quadras, piscinas, sala de fisioterapia e até o vestiário do estádio", disse o diretor social, Roberto Natel.(Folha de São Paulo)

Vetos e votos: A oposição virou cobra de duas cabeças

Dilma vetou o projeto que diminui os impostos da cesta básica e agora tenta fazer graça com os eleitores, falando justamente que é preciso desonerar os alimentos. Mas o veto pode ser derrubado pelos partidos de oposição, sobretudo pelo PSDB, que apresentou o projeto. Dilma pode guarda sua viola no saco e não se apoderar de mais uma bandeira da oposição.
O PT vetou o projeto de partilha do imposto do petróleo e, mais que isso, vetou o projeto dos aposentados, aquele que prever reajuste das aposentadorias pelo mesmo índice de correção do salário mínimo.
Mas a oposição é uma cobra de duas cabeças. É incompetente e medrosa. Mesmo assim, precisa usar a tribuna do congresso para falar de alguns vetos que vai derrubar, a começar pelo da cesta básica e pelo dos aposentados. Afinal de contas, falar de 3 mil vetos soa bisonho, mas falar de salário maior e cesta básica mais barata todo mundo entende e apoia.
Resta saber quando Aécio Neves vai decidir falar para o povo e esquecer FHC.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Não é piada.

Até Argentina cresce mais que Brasil.
 

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, deve ter enfurecido sua colega Dilma Rousseff. Em pronunciamento na tarde desta quarta-feira, Cristina antecipou que o Produto Interno Bruto (PIB) argentino foi praticamente o dobro do brasileiro no ano passado - que foi chamado de 'pibinho' e, segundo projeções, ficou abaixo de 1%. Os dados argentinos serão confirmados pelo Indec, o instituto oficial de estatística que realiza estudos econômicos, na próxima sexta-feira. Não dá para acreditar. O problema é que falta credibilidade às informações econômicas da Argentina.
Nas últimas semanas, Cristina Kirchner foi cobrada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) pela falta de transparência na divulgação dos dados econômicos do país. Segundo números oficiais, a inflação em 2012 era de 10,8%. Mas cálculos de consultorias privadas mostram que a inflação real no país é de 25,6%.

Se a situação no PIB repetir o caso da inflação, a presidente Dilma pode ficar descansada: o crescimento da Argentina será metade dos dados oficiais e ficará em linha com o desempenho do Brasil. O que, em todo o caso, não minimiza a baixa expansão da economia de dois países-chave da América Latina. (Site de VEJA)

FBC aperta o cerco e descobre maracutaias, Dilma 'quebra o pé na Bahia e suspende viagem a Pernambuco.

Auditoria de Fernando Bezerra descobriu desvios. Dilma cancelou sua vinda a Serra Talhada alegando 'pé quebrado'. 2014 já começou.
fernando bezerra coelho - foto Alexandra Martins
O que segue saiu do blog de Inaldo Sampaio.
Informa a “Folha de São Paulo” desta quarta-feira que o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, contratou uma empresa privada para fazer uma auditoria nas obras de transposição do rio São Francisco.
E que o relatório elaborado por ela encontrou indícios de fraude em 05 dos 14 lotes “da principal obra do PAC no Nordeste e cuja realização está atrasada em cinco anos”.
Cópia do relatório foi enviada ao TCU e ao Ministério Público Federal para as providências legais cabíveis.
A auditoria foi iniciada em maio de 2012, “quando empreiteiras contratadas tentavam receber por serviços não realizados, incluindo desde escavações até a retirada de pedras de locais onde não havia canteiros”.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Economia e política. Dilma não quer ganhar 2013, como sugere Eduardo Campos.

A projeção de inflação medida pelo IPCA para 2013 subiu pela sexta semana consecutiva, de 5,68% para 5,71%, de acordo com a pesquisa Focus divulgada nesta quarta-feira pelo Banco Central. Há quatro semanas, a estimativa estava em 5,53%. Para 2014, a projeção segue em 5,50% há 13 semanas. A projeção de alta da inflação para os próximos 12 meses subiu de 5,47% para 5,49%, conforme a projeção suavizada para o IPCA. Há quatro semanas, estava em 5,53%.
 
Entre todos os analistas ouvidos pelo BC, a mediana das estimativas para o IPCA em fevereiro de 2013 subiu de 0,40% para 0,41%, abaixo do 0,45% previsto há um mês. Para março de 2013, segue em 0,40%. Há quatro semanas, estava em 0,40%.
 
Já a projeção de crescimento da economia brasileira em 2013 recuou de 3,10% para 3,09%. Para 2014, a estimativa de expansão subiu de 3,70% para 3,80%. Há quatro semanas, as projeções eram, respectivamente, de 3,20% e 3,60%. A projeção para o crescimento do setor industrial em 2013 caiu de 3,17% para 3,10%. Para 2014, economistas seguem prevendo avanço industrial de 3,70%, mesma projeção da pesquisa anterior. Um mês antes, a Focus apontava estimativa de expansão de 3,24% para 2013 e de 3,90% em 2014 para o setor.
 
Analistas elevaram ainda a previsão para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB em 2013, de 34% para 34,25%. Para 2014, a projeção caiu de 33,10% para 33%. Há quatro semanas, as projeções estavam em, respectivamente, 34% e 33% para esses dois anos.
 
Juros - Quanto à taxa básica de juros, a Selic, os economistas consultados na pesquisa Focus do Banco Central mantiveram a previsão dos 7,25% atuais ao ano até o fim de 2013. Para o fim de 2014, as projeções seguem em 8,25% ao ano há sete semanas. A projeção para Selic média em 2013 segue em 7,25% ao ano. Para 2014, a Selic média subiu de 8,21% para 8,23% ao ano, ante 8,35% há quatro semanas.
 
(Veja com Estadão Conteúdo)

Sem repetição: Sóoobrio!

Nunca gostei de utilizar técnicas de repetição. Na verdade, rejeitei emprego de bancário antes de virar o que quase sou, lá nos anos 80, justamente porque não tolero repetir tarefas à exaustão, indefinidamente. Quem entrou na mesma época não aguentou a motonia e caiu fora. Quem ficou arranjou a companhia de doenças que atacam os nervos dos braços de tanto contar dinheiro dos banqueiros. Acho que eu estou certo e não sou o errado.
Quando decidi entrar na política, 'certa vez', dava nos nervos saber que algumas palavras teriam que ser repetidas em discursos.  O número e o 'mantra' são obrigatórios. Mas sempre fui disciplinado, até para ouvir a repetição de discursos dos outros.  Faz parte.
Neste carnaval, quem me salvou foi a TV por assinatura. Até parece que não há carnaval fora do Brasil. Naquele 'mundo atrasado' que fica do outro lado do Atlântico ou do Pacífico as pessoas pulam menos e não conseguem ficar tão diferentes na festa de Momo. Vai ver que é falta de cultura.  O que eles sabem fazer bem é filme e documentários. Coisa de gente que não evoluiu, eu acho. "Caceteiro" mesmo é o povo brasileiro.

VOLTANDO À CIVILIZAÇÃO
Globo, Band, SBT e até a TV do Bispo 'se acabam' na folia. É uma overdose  de fantasia. Outra coisa não passa. O Brasil é uma fantasia. Renan Calheiros, que recebeu férias da imprensa, está dando risadas a esta hora, e inclusive do Papa, que não aguentou sequer um 'sequestro' de documentos  por um de seus homens de confiança - Assim dizem por lá.
Por falar em Papa, o próximo deve ser de Alagoas. Só assim saberá enfrentar a oposição, com ou sem 'rabiscos' em mãos estranhas.
PERNAMBUCO está em evidência, tanto na folia quanto na política. Na falta de um tucano que sirva para o gasto, a imprensa do Sudeste adotou o neto de ARRAES. Somente Eduardo Campos conseguiu quebrar a hegemonia dos blocos de carnaval nas editorias dos grandes jornais no período momesco. Uma coluna fala da Mangueira e a vizinha fala de Eduardo Campos. Outra coluna fala da Portela e a vizinha fala de Eduardo. É um homem de sorte. Vai terminar sentando na cadeira que foi de Lula, esta mesma que Dilma não gosta de usar. Cem em cada cem repórteres estão de caso com o governador de Pernambuco, numa explícita ''chifrada' no neto de Tancredo Neves. Nenhum profissional da imprensa consegue perdoar Aécio pela sua fraqueza. Como sabem, todos querem um opositor forte fazendo e se articulando para encher as colunas diárias. Aécio não gera fatos sequer para as colunas sociais das revistas semanais.  Enquando Eduardo é a notícia, ele é a ausência dela.
Viva Pernambuco!
Como gosta de cantar a turma mais enraizada no arraesismo: "Madeira que cupim não rói".....
Sóoobrio!